24 de novembro de 2014

Funcionários da AeC realizam protesto por melhores salários
















Funcionários da empresa de Call Center AeC iniciaram, na manhã desta segunda-feira (24), um protesto em frente à porta da empresa, que funciona no José Américo, para reivindicar melhores salários e condições de trabalho.

Informações dão conta que a empresa teria adiado para janeiro do próximo ano o reajuste dos salários que estava previsto para acontecer em setembro. Além disso, os funcionários se queixam da falta de condições de trabalho e da prática de assédio moral por parte dos coordenadores.

A AeC opera em João Pessoa e em Campina Grande. Na capital paraibana, a empresa possui duas unidades: uma no José Américo e a outra no bairro de Mangabeira.

Uma funcionária que não quis se identificar confirmou que a pressão dentro da empresa é muito grande. Ela disse que os funcionários são impedidos de atender os seus telefones celulares e têm apenas vinte minutos para almoçarem. “Além dos baixos salários, trabalhamos sob pressão”, revelou.



Imagens de nudez e sexo com policiais são apuradas no Parana 













As polícias do Paraná investigam pelo menos três casos que envolvem imagens de nudez e sexo com pessoas vestindo uniformes das corporações.

No caso mais recente, a imagem de uma mulher seminua vestindo um colete da Polícia Militar está sendo vinculada a uma foto do rosto de uma policial militar.

As imagens começaram a circular inicialmente em grupos fechados do WhatsApp que reúne policiais e se espalhou pela internet. A foto da mulher seminua era enviada aos destinatários e, na sequência, também era compartilhada a foto com o rosto da policial, como se fossem a mesma pessoa. O Comando da PM quer identificar o autor da associação.

Além da investigação interna da PM, o caso também está sendo investigado pelo Núcleo de Combate aos Ciber Crimes (Nuciber), onde a policial registrou um boletim de ocorrência por crime contra a honra. Ela nega ser a pessoa fotografa sem roupa.

A militar também utilizou seu perfil no Facebook para comentar o caso. No texto, ela alerta que o caso não ficará esquecido e adverte o autor da postagem da foto que "você mexeu com polícia e não com criança".

A assessoria de comunicação da PM informou que a corporação está estudando as medidas legais para identificar o autor da postagem. Em nota encaminhada à reportagem, a PM afirma que "ao funcionário público ofendido em situações de divulgação de imagens cabe buscar os seus direitos conforme legislação vigente e representar contra seu ofensor em uma delegacia, conforme o caso da policial militar citada nas mídias sociais".

Em relação a foto da mulher seminua, a PM diz que "se ficar comprovado que seja uma policial, ou um policial que emprestou as vestimentas para a foto, fica este passível de responsabilização severa já que fere ética e moralmente a legislação castrense".

Policia Civil

Em outro caso, a imagem de uma mulher ajoelhada sobre uma cama e vestindo uma camiseta preta semelhante às utilizadas por policiais civis do Paraná também circula por grupos do WhatsApp.

Na foto, a mulher porta uma arma, presa em uma calcinha branca. A arma se assemelha a uma pistola, também utilizada pela Policia Civil.

De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, a foto não contém elementos que possa levar a identificação da mulher, que está de costas. A coordenação da Polícia Civil admite haver semelhanças entre a camiseta e a arma -marca Taurus calibre .40- utilizadas na instituição, mas ressalva que a pistola pode ser um simulacro e o vestuário pode ter sido confeccionado sem o conhecimento da polícia.

Sem a identificação da mulher, a Polícia Civil coleta dados para saber a origem da foto, sem instauração de procedimento oficial. A assessoria de imprensa do órgão afirma que se for comprovada a condição de policial da mulher, ela poderá responder a procedimento interno e ser suspensa da função por um período de até 60 dias, por infração às normas da polícia.

Se a mulher não pertencer à instituição e se for comprovada que a arma é verdadeira, ela poderá ser indiciada por posse ilegal de arma. Quanto ao uso da camiseta, a Polícia Civil informou que não existe padronização das camisetas e apesar das semelhanças, cada delegacia pode confeccionar o vestuário para os policiais.




Traficante acusado de espancar mulher com pedaço de madeira é preso no Rio










O homem que aparece em imagens de um vídeo gravado por celular espancando uma mulher com um pedaço de madeira, que teve a cabeça raspada, identificado pelo vulgo de “Sombra”, foi preso por policiais do 7º BPM, comunidade do Jóquei, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

De acordo com matéria publicada, Sombra que também seria traficante contou com a participação de um menor que foi apreendido pela polícia por participação gravando o vídeo. Na segunda-feira (17), a SPM (Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República) informou que pediu a apuração do vídeo. A delegada da Delegacia de Alcântara (74ª DP), Mônica Areal, afirma que só teve conhecimento do vídeo ao apreender o adolescente, de 15 anos, por porte de drogas.

A delegada declara que iria liberar o adolescente porque a quantidade de drogas era pequena e configurava apenas uso, mas um policial militar mostrou a gravação no celular e o adolescente confessou que foi ele que filmou a cena.

O vídeo divulgado nas redes sociais é apenas um recorte. No vídeo original, o homem raspa os cabelos da mulher e começa a sessão de espancamento com ela sentada em um banco. O adolescente preso afirma que o motivo da tortura foi “uma fofoca com um menor” que a mulher teria feito.

O adolescente também confessou que faz parte do tráfico na favela da Linha, também em São Gonçalo. Segundo a delegada, ele foi apreendido por envolvimento com o tráfico. A mulher que aparece no vídeo ainda não foi localizada pelos policiais.



POSTADO POR GENILDO ALVES.

23 de novembro de 2014

NOTICIAS DA ULTIMA HORA.

União Ex-líder de grupo contra homossexuais se casa com homem
Durante 18 anos defendeu a “cura gay”. Contudo, John Smid acabou de oficializar a união com o seu parceiro Larry McQueen, avança a agência de notícias The Lone Star Q.
Ex-líder de grupo contra homossexuais se casa com homem
John Smid pertenceu durante 18 anos ao grupo ‘Love Action’, em que considerava a homossexualidade “um pecado”. O que acontece é que o discurso … caiu por terra. Smid assumiu união com o seu parceiro, Larry McQueen.
Através do Facebook, ele contou como iniciou este interesse pelo parceiro.
 “Conheci McQueen gradualmente, até que chegou um momento em que descobrimos que queríamos conhecer melhor um ao outro por meio de uma relação amorosa. Conforme saiamos, compartilhávamos as mesmas expectativas de vida, filosofias pessoais e nossos valores de fé. Encontramos uma compatibilidade que era confortável e emocionante”, contou. 



Inglaterra Grávida mata três filhos e se suicida de seguida
Fiona Anderson, que estava grávida, matou os três filhos e de seguida se suicidou. O caso aconteceu em abril do ano passado, na Inglaterra, mas na altura as mortes foram investigadas e finalizadas. Porém, um inquérito aberto recentemente dá conta que a mãe, que afogou os três filhos, de 3, 2 e 11 meses, na banheira da casa, mantinha problemas com entidades de proteção à criança desde a primeira gravidez.
Grávida mata três filhos e se suicida de seguida
A cidade de Lowestoft, na Inglaterra, entrou em choque em abril do ano passado após três crianças aparecerem mortas. Na altura o caso foi investigado e o caso foi devidamente finalizado.
Contudo, um inquérito aberto recentemente mostra que Fiona Anderson, de 23 anos, grávida na altura, teve problemas com entidades de proteção à criança desde o nascimento do seu primeiro filho.
Fiona afogou os três filhos, de 3 anos, 2 e 11 meses, na banheira de casa e os deixou depois na cama do quarto.
No corpo eles tinham escrito com batom:“eu te amo” e na testa desenhado um coração.
Na parede da casa estava escrito: "Eu os coloquei na cama com as pelúcias porque eles amavam os ursinhos".
Já em outro recado a mulher escreveu: "Eu os amo e estou fazendo isso para mantê-los seguros”.
Depois, saiu de casa e foi até um estacionamento local, onde cometeu o suicídio. Ela foi encontrada com a palavra “Eve” no corpo, o nome da criança que ela esperaria e não sobreviveu.
Segundo informações do Daily Mail, momentos antes do crime, ela e o ex-namorado, pai das crianças, brigaram porque ele estava se relacionando com nova mulher. 



Geisy Arruda Geisy Arruda deslumbra em biquíni branco
Geisy Arruda voltou a deslumbrar no Instagram, desta vez com uma foto de biquíni.
Geisy Arruda deslumbra em biquíni branco
Geisy Arruda não perde uma oportunidade para exibir sua boa forma e este sábado não foi exceção.
Com um reduzido biquíni branco, a loira causou sensação no Instagram, recebendo inúmeros comentários elogiosos dos usuários.
"2015 está chegando e ainda tem gente que acha que eu sou Obrigada! #Causadora de problema", escreveu Geisy na legenda da gravura.




Funkeira Anitta salta para o colo de fotógrafo
Anitta continua se dando bem com o fotógrafo que realizou sem ensaio em Santa Bárbara e registrou seus momentos no Instagram.
Anitta salta para o colo de fotógrafo
Raul Aragão, fotógrafo profissional, se tem entendido e muito com a funkeira Anitta. Os dois passaram o dia na praia, nos Estados Unidos e fizeram questão de tirar umas fotos.
"Fotografando hoje a Nicki Minaj segundo a margem de erro do ibope", escreveu o fotógrafo na legenda.
Mais cedo, os dois posaram juntos, com a funkeira a publicar diversas fotografias com o possível interesse amoroso.
"Encerrando a sessão de fotos em Santa Monica/Venice. Resultado incrível com meu favorito @raularagao", escreveu a morena em uma das legendas.




STF Barroso suspende decisão que permitia viagem de Dirceu
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Roberto Barroso suspendeu a autorização dada pelo juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal Nelson Ferreira Junior, ao pedido de viagem do ex-ministro da Casa Civil e condenado no processo do mensalão José Dirceu.
Barroso suspende decisão que permitia viagem de Dirceu
Ele solicitou autorização para viajar entre os dias 21 de dezembro e 4 de janeiro para passar o período natalino na cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais, com a família, bem como ir, entre 7 e 21 de dezembro, para a cidade de São Paulo e Vinhedo, em São Paulo, a fim de tratar de assuntos relativos à sua empresa.
Publicada neste sábado (22), a decisão do ministro do STF aponta que não houve qualquer comunicação oficial sobre a liberação ao Supremo, que tomou conhecimento dos fatos por meio da página do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). Relator da Ação Penal 470, Barroso pede ao Juízo da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas, “com a máxima urgência, informações acerca do pedido, da manifestação do Ministério Público e dos fundamentos da decisão”.
A solicitação de Dirceu havia recebido parecer contrário do Ministério Público, que considerou que viagem a passeio não condiz com o cumprimento da pena privativa de liberdade. Já o juiz Nelson Ferreira Junior acatou parcialmente o pedido, permitindo a movimentação de Dirceu, por tratar-se de viagem a trabalho. Estabeleceu, contudo, que ele deveria se apresentar à autoridade policial tanto ao chegar quanto ao sair das cidades.
Já a análise do pedido de saída no Natal foi adiada, "seja pela distância da data referida pela Defesa, seja pela necessidade de se aferir a responsabilidade e o senso de autodisciplina do Condenado, mediante a sua experimentação com a viagem a São Paulo/SP", conforme a decisão. 
Condenado como mentor do esquema de compra de parlamentares que ficou conhecido como mensalão, Dirceu começou a cumprir pena em prisão domiciliar no início deste mês. Ele obteve o direito à progressão do regime semiaberto para o aberto no dia 20 de outubro, ao completar 11 meses e 14 dias de prisão, um sexto da pena, requisito exigido pela Lei de Execução Penal. Ele foi condenado a sete anos e 11 meses por corrupção ativa no processo do mensalão. 



Relatório Mudanças climáticas dificultam redução da pobreza
O Banco Mundial considera que as mudanças climáticas estão dificultando a redução da pobreza no mundo, colocando em risco a subsistência de milhões de pessoas. É o que aponta relatório divulgado hoje (23) pela instituição.
Mudanças climáticas dificultam redução da pobreza
Para o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, o documento "confirma o que os cientistas vêm dizendo: as recentes emissões [de gases de efeito estufa] criaram um curso inevitável para o aquecimento nas próximas duas décadas, o que afetará mais os pobres e vulneráveis".
O relatório refere que os impactos das mudanças climáticas, tais como eventos de calor extremo, podem ser inevitáveis, uma vez que o sistema atmosférico da Terra está 1,5 graus Celsius acima dos níveis registrados em meados da era pré-industrial e que, mesmo que hoje se tomem medidas de mitigação muito ambiciosas, os impactos não vão ser alterados.
"As mudanças climáticas dramáticas e de calor extremos estão afetando as pessoas em todo o mundo, prejudicando lavouras e litorais e colocam em risco a segurança da água", destaca o relatório intitulado Turn Down the Heat: Confronting the New Climate Normal. "Essas mudanças tornam mais difícil reduzir a pobreza e colocam em risco a subsistência de milhões de pessoas".



Comunicado Operações do Exército no Afeganistão deixam 30 talibãs mortos
Cerca de 30 militantes talibãs foram mortos em operações militares no Afeganistão, informou hoje (23) o Ministério do Interior do país por meio de comunicado.
Operações do Exército no Afeganistão deixam 30 talibãs mortos
Na nota, lê-se que as forças de segurança do Afeganistão “executaram operações em algumas áreas para limpá-las de terroristas e inimigos da paz e da estabilidade” no país.
As operações foram desencadeadas nas províncias de Nangarhar, Baghlan, Farah e Helmand, onde 30 talibãs foram mortos, três ficaram feridos e um foi detido.
As forças de segurança apreenderam ainda munições, dez motociclos e oito automóveis durante as operações.
O comunicado não refere baixas do lado oficial e salienta que foram desativadas sete bombas colocadas em estradas da região.
A violência dos talibãs é visível no Afeganistão e, à medida que as forças de segurança procuram desmantelar as posições dos rebeldes, eles respondem com ataques à bomba e armados.
Até a manhã de hoje, pelo menos dois civis ficaram feridos em mais um ataque no Leste da província de Khost.




Medida Governo canadense anuncia expulsão de criminosos estrangeiros
O governo do Canadá anunciou hoje (23) um conjunto de medidas na Lei de Expulsão de Criminosos Estrangeiros, que visa "proteger os canadenses e a integridade do sistema de imigração do país".
Governo canadense anuncia expulsão de criminosos estrangeiros
"O Canadá continua a facilitar o comércio e os deslocamentos legítimos. No entanto, não vai tolerar o abuso do sistema de imigração ou colocar nosso país em risco", referiu, em comunicado, o ministro da Cidadania e da Imigração do país, Chris Alexander.
Segundo a nota, as novas medidas introduzidas pelo governo devem "aumentar a capacidade de proteger a segurança e a integridade dos canadenses".
Com o anúncio, o governo espera impedir abusos no sistema de imigração, impondo a todos os condenados a proibição pelo período de cinco anos de acesso ao estatuto de residente permanente no país.
Parentes de criminosos acusados por questões relacionadas à segurança nacional, violações dos direitos humanos ou internacionais e ao crime organizado terão a entrada temporária restrita no Canadá. A ideia é que a medida assegure que os parentes não possam expandir redes criminosas no país.


POSTADO POR GENILDO ALVES.