23 de março de 2013

Órgãos públicos e empresas da PB aderem à 'Hora do Planeta'.


Em 2012, segundo os organizadores, mais de 6.525 cidades e municípios, em 150 países e territórios, apagaram suas luzes.


Das 20h30 às 21h30 de hoje, no horário de cada país, acontece a quinta edição do movimento mundial 'Hora do Planeta' (Earth Hour), quando empresas e pessoas físicas apagam as luzes por uma hora em combate ao aquecimento global, de iniciativa da Organização Não Governamental World Wildlife Fund (WWF). Na Paraíba, órgãos públicos e empresas particulares participarão do movimento.

Em 2012, segundo os organizadores, mais de 6.525 cidades e municípios, em 150 países e territórios, apagaram suas luzes. No Brasil, 580 monumentos tiveram suas luzes apagadas em 133 cidades. Desde 2009, um número crescente de cidades, empresas e pessoas no Brasil aderiu ao movimento, apagando as luzes de seus monumentos, escritórios ou casas e organizando atividades especiais para mostrar apoio na batalha contra as mudanças climáticas.

João Pessoa foi primeira capital do Nordeste a formalizar adesão oficial à edição 2013 da Hora do Planeta, através da assinatura de adesão, no último dia 7, pelo titular da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), Edilton Rodrigues Nóbrega, pela secretária-adjunta, Wellintânia dos Anjos, e pelo diretor de operações da ONG Projeto Semente, que atua no Brasil como parceiro do movimento, Fernando Papa.

A Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura Arte, no bairro do Altiplano, comunica ao público que vai fechar às 20h, como ato simbólico pela redução do consumo global de energia, antecipando-se em meia hora à convocação da WWF e encerrando as atividades uma hora mais cedo que o normal.

Para Wellintânia dos Anjos, “a ação mostra o envolvimento e o compromisso da Prefeitura de João Pessoa na luta contra as mudanças climáticas, além de contribuir para tornar o movimento global muito mais significativo”.

Empresas particulares também irão participar do movimento, como o Hotel Verdegreen, eleito o Hotel Sustentável de 2012 pelo Guia Quatro Rodas, que irá reforçar a preocupação com a sustentabilidade pelo quinto ano consecutivo, desligando toda a energia do hotel no intervalo de uma hora. “A Hora do Planeta é um momento importante para reflexão sobre as alterações climáticas que estamos passando. É uma ação simbólica, mas que diz muito sobre nossa preocupação e nosso amor pelo planeta", afirmou a assistente de sustentabilidade do hotel, Marlone Gonzaga.

Outros exemplos de empresas privadas a participarem do movimento são a Renner e o Instituto Lojas Renner, que vão interromper a operação do e-commerce e do site. As redes sociais da empresa também irão aderir à causa. O Instagram (@lojasrenner) e o Facebook da marca (facebook.com/Lojas_Renner) incentivarão os clientes com dicas de como aproveitar a Hora do Planeta.

Para o titular do Comitê Municipal pelas Metas do Milênio de João Pessoa, Michael Rodrigues, apesar de todos os problemas ambientais, existem pessoas dispostas a fazer sua parte para salvar o planeta. “A responsabilidade é de todos.

Participe da Hora do Planeta, cadastre-se no site, apague suas luzes e reflita sobre como você pode mudar seu estilo de vida para ser mais sustentável”, disse.

Neste ano, a Hora do Planeta no Brasil convida empresas, governos e toda a sociedade para responder uma pergunta em especial. “O que você faria para salvar o planeta?”.






POSTADO POR: GLYCIMAR/JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário