30 de março de 2013

NOTICIAS RÁPIDAS DO FOCOPB.


Homem ameaça esposa com facão em procissão e PM atira no agressor.

Cercado, o homem levou tiros de borracha, mas não parou a ameça. PMs decidiram ferir o agressor na perna, para que ele soltasse a arma. Tudo isso ocorreu na Rua Professor Azarias Ribeiro na esquina com a Francisco Salles, por onde passavam os católicos que saíram da Paróquia Santana de Lavras




Fieis que participavam da procissão na sexta-feira da Paixão em Lavras, no Sul de Minas Gerais, levaram um grande susto durante a celebração. Um homem de 44 anos, armado com um facão, tentou atacar a esposa no meio da multidão e foi contido por policiais militares que precisaram atirar para dominar o agressor. A confusão aconteceu à noite, na Rua Professor Azarias Ribeiro esquina com a Francisco Salles, por onde passavam os católicos que saíram da Paróquia Santana de Lavras.

De acordo com o subcomandante do 8º Batalhão da PM, capitão Breno de Souza Reis, a corporação foi acionada para uma ocorrência de briga generalizada. Quando chegaram ao local, militares dispersaram a confusão e perceberam que um homem estava ameaçando a esposa. Com um facão grande a afiado, ele tentou partir para cima da mulher. Os PMs cercaram o agressor para que ele não atingisse a esposa e também não ferisse os fiéis da procissão.

Segundo o capitão, o homem estava descontrolado e não se rendeu às ordens dos militares, mantendo o facão em punho. Um militar armado com uma taser – arma não letal – se posicionou para atingir o agressor e tomar dele o facão. Ao perceber que seria contido, o homem avançou novamente com a lâmina tentando ferir a companheira. Nesse momento, militares optaram pelos tiros de bala de borracha na perna do agressor. Nem mesmo o ferimento foi suficiente para controlar o homem.

“Diante de tanta adrenalina, ele continuou com o intuito e posicionou novamente o facão”, relata o militar. Com um novo avanço do homem armado, PMs atiraram duas vezes contra e perna e o pé do agressor. Somente os disparos de pistola .40 fizeram o homem se entregar. Ele foi imobilizado e a lâmina apreendida.

Conforme o capitão Reis, o homem foi tão resistente à prisão que conseguiu quebrar a chave da algema ao forçar a trava. Ele foi encaminhado para o pronto-atendimento da cidade, onde os militares precisaram cortar a algema para que ele fosse medicado. De acordo com a PM, o homem passa bem e continua internado sob escolta policial. Militares ainda não conseguiram identificar o agressor, que não portava documentos. “Militares fizeram uso regular da força para evitar um mal maior”, conclui o capitão.

Susto

O fieis, assustados por causa dos tiros, acabaram se dispersando durante a celebração. Pelo Facebook, moradores da cidade comentaram a confusão. “Povo num ta respeitando nem dia santoo!”; “QUE FALTA DE RESPEITO”, “É FIM DO MUNDO!!”, “Cara ..foi correria gente descendo correndo no escadao Muita gente correndo caindo e se machucandoo”.








Vereador solicita inspeção em elevadores da Capital

 


Foi aprovado na Câmara Municipal de João Pessoa, requerimento de autoria do vereador 
Marmuthe Cavalcanti (PTdoB), solicitando ao Corpo de Bombeiros, Conselho Regional de Engenharia, 
Arquitetura e Agronomia, e Defesa Civil a verificação nas condições de segurança e 
estrutura física de todos os elevadores no município João Pessoa.
Segundo o vereador o natural desgaste provocado pelo passar dos anos, e em face da constante utilização
 dos elevadores instalados em prédios comerciais e residenciais no nosso município
 já são motivos suficientes para estas inspeções.
Marmuthe fez questão de informar que conforme veiculado na imprensa nacional 
um elevador caiu no último dia 05 de dezembro de 2012 na Rua da Passagem, número 123,em Botafogo 
na cidade do Rio de Janeiro, segundo informações dos Bombeiros, sete pessoas ficaram feridas. 
Seis delas tiveram ferimentos leves e uma com gravidade.
 De acordo com os fiscais, a causa do acidente não foi sobrepeso, mas um erro no controle do equipamento.
Para Marmuthe Cavalcanti este episódio serve de alerta para que essa inspeção
 que tem um caráter altamente preventivo seja realizada, 
a fim de assegurar a todos que utilizam o elevador a devida segurança e comodidade.




POSTADO POR GENILDO ALVES







Nenhum comentário:

Postar um comentário