26 de janeiro de 2013

Projeto ‘Casa do Pai’ contempla apenado regime semi-aberto na cidade de Sapé


O diretor do presídio Regional de Sapé, Silva Neto, realizou, o lançamento do projeto “A Casa do Pai”, que vem dando continuidade aos relevantes projetos de ressocialização naquela casa penitenciária naquele município, beneficiando  50 famílias de apenados
 O lançamento do projeto “A Casa do Pai” foi oficializado no Fórum Municipal na presença do Juiz da vara de execuções penais de Sapé,  Vlademir Alcibíades, representante da Igreja Católica Waldir Meireles, Ziza Maia gerente de ressocialização representando o secretário de administração penitenciária Walber Virgulino, e o coordenador do núcleo de trabalho da secretária de administração penitenciária Marconi Amorim, além das autoridades locais, familiares de apenados e a população em gera.
 O projeto “A Casa do Pai” tem como objetivo principal de ressocializar  o apenado á sociedade com a mão de obra qualificado após apena, principalmente aqueles apenados quem estão em regime semi-aberto e aos seus familiares. O projeto será financiado com recursos do Banco Mundial, através do projeto cooperar do governo do estado.
 O diretor do presídio de Sapé que o projeto será desenvolvido dentro dos próximos dias em uma granja que já foi alocada no município, aonde será desenvolvido um trabalho na agricultura a exemplo de plantações de mamão, maracujá e plantação de hortaliças, os produtos produzidos pelos apenados serão comercializados e a renda será destinada aos  seus familiares.
Silva Neto ressaltou ainda que, tem implementado diversos projetos naquela casa penitenciária de ressocialização que contempla os apenados com a mão de obra qualificada com parcerias  com o apoio do governo Estado, a exemplo do  SENAI, SESI e SENAC.
confira ao fotos;

Nenhum comentário:

Postar um comentário