17 de janeiro de 2013

EM NOTA, ESTELA REPÚDIA REPORTAGEM DA REVISTA ISTO É.



Após a publicação da revista ISTO É contra o Governador Ricardo Coutinho e sua esposa, Estela repúdia a revista e diz: "Pior que não ter memória, não ter história, é não ter caráter."; veja na integra a nota:





                                                            Declaração de Estela
_________________________________________________________________________________

Prometi fazer das redes sociais um espaço de diálogo e construção com respeito à diversidade, sobretudo de ideias, mas não dá para ficar calada vendo tanta injustiça e preconceito sendo utilizados contra Pâmela Bório por que sou secretaria de governo.

A reportagem da revista Isto É enviou na última quinta-feira (dia 10) no final da manhã, quatro questões para a Secretaria de Comunicação. Respondemos mas não utilizou nenhuma das respostas, o que deixa claro que a matéria estava pronta contra a primeira dama. O detalhe que chama atenção é que a reportagem, por exemplo, não fala que o relatório do Tribunal de Contas do Estado - TCE constata economia de 12,9% de 2011 na Granja do Governador. Daí a inevitável pergunta diante dessa omissão de fatos: Quem paga tal reportagem da Isto É? A quem interessa desconstruir a imagem real de homem público correto e zeloso com o dinheiro público que é Ricardo Coutinho?

Quem mora na Paraíba sabe o quanto Ricardo é austero e respeitoso com o dinheiro do povo. Quando prefeito, os investimentos feitos na cidade de João Pessoa e hoje na Paraíba na condição de Governador é resultado disso. Moro nessa cidade e Estado desde que nasci nunca vi na cena pública um político com tanta coragem e tão trabalhador quanto Ricardo Coutinho.

O fato é notório: Como não há maneira de atingir o Governador na vida pública e na sua gestão, procuram atacar sua vida privada. E mais essa mentira e preconceito contra Pâmela Bório vêm disso.

“Deixa o Mago trabalhar!” certamente é uma boa mensagem para quem aposta fazer de 2013 um ano de futricas. A Paraíba quer dias melhores. Por fim nossa autoestima passa por sabermos discernir a realidade e fazermos escolhas. A verdade não se verga aos que negociam a consciência. E pensam que com dinheiro e mentiras apagam a história e a construção de vida de quem faz da política um lugar honrado.

Pior que não ter memória, não ter história, é não ter caráter.







POSTADO POR: MAISPB/GRUPO DE JORNALISTAS  AMIGOS DO FOCOPB.




Nenhum comentário:

Postar um comentário