19 de janeiro de 2013

CORPO DE WALMOR CHAGAS É CREMADO EM SÃO PAULO.



ATOR PODE TER COMETIDO SUICIDIO.


SÃO PAULO -  O corpo do ator Walmor Chagas foi cremado na tarde deste sábado (19), por volta das 17h, no crematório do cemitério Parque das Flores, em São José dos Campos, em São Paulo. Apenas parentes e amigos próximos puderam assistir a cerimônia.
Segundo informações de vizinhos que estão no velório, as cinzas do ator devem ser jogadas na Serra da Mantiqueira, como ele desejava.

O Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Guaratinguetá - onde ele residia, liberou o corpo do artista por volta de meia-noite, depois de duas horas do trabalho de necropsia. Logo em seguida, ele foi levado à sede da funerária São Benedito, em Taubaté, para a preparação da cremação.

Única artista a passar pelo local, aa triz Lucélia Santos estava muito abalada. Aos prantos, ela lamentou a morte do amigo. “Ele era um ator perfeito, um intelectual, uma referência para todos nós. E como se ele estivesse em cima de um poste e a gente olhasse, desejando estar lá. O Brasil perdeu um mestre".

O delegado Antônio Luiz Marcelino, que está cuidando do caso da morte de Walmor Chagas, informou que o perito tem quase  certeza de que o ator cometeu suicídio. A arma que Chagas usou para se matar já teria passado por perícia.

Adriane Chagas Bianchi, sobrinha do artista, disse que sua mãe, Jussara Chagas, veio para São Paulo para acompanhar de perto as investigações sobre a morte do tio, anunciada no início da noite de sexta-feira (18).

“É muito recente, ninguém sabe o que aconteceu, na verdade. Estamos um pouco em choque ainda.

Ultimamente minha mãe tinha uma relação muito próxima com ele”, disse a sobrinha do ator.

Walmor Chagas morava em uma chácara na cidade do interior paulista, e foi encontrado morto dentro da residência com uma perfuração na cabeça. Segundo a investigação, pode ter sido ocasionada por um tiro. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de suicídio.

De acordo com as autoridades, foi recolhida uma arma calibre 38, que teria sido usada por ele para atirar na própria cabeça. O revólver estava no colo de Walmor Chagas.

O delegado Juramir Alves, que registrou a ocorrência, informou que ainda não foi investigado de quem era o porte da arma.

"Abrimos o inquérito e já iniciamos a investigação. Foi registrada a ocorrência como suicídio, no entanto foi tomada a cautela de solicitar exame residuográfico tanto da vítima, quanto do caseiro para se ter certeza disso", contou o delegado.

A investigação tem prazo de 30 dias para ser concluída.






POSTADO POR: FAMOSOS/MARTINS

Nenhum comentário:

Postar um comentário