7 de junho de 2012

PROCURA-SE: Presidente do PSB desaparece para não ser notificado da decisão judicial cancelando Convenção.

PROCURA-SE: Presidente do PSB desaparece para não ser notificado da decisão judicial cancelando Convenção O oficial de justiça encarregado em notificar o presidente municipal do PSB, Ronaldo Barbosa, atendendo despacho do juiz da 13ª Vara Cível de João Pessoa, Josivaldo Félix, que concedeu liminar ao prefeito Luciano Agra (PSB) suspendendo a convenção municipal do PSB, que estava marcada para o próximo domingo (10), ainda não conseguiu localizar o dirigente partidário nem em sua residência, nem na sede do PSB na Lagoa e até no Canal 40, local da reunião de ontem da Executiva do Partido

"Ele simplesmente sumiu e o que é pior, o advogado de uma das partes, Marcelo Weick, fica falando pela imprensa como se fosse o advogado do PSB, afirmando que o Congresso está mantido porque ninguém foi notificado. Ora, como o presidente vai ser notificado se ele desapareceu?", relatou o vice-presidente do PSB, Alexandre Urquiza, ao protestar contra a situação inusitada que está vivendo o seu partido neste momento.

A decisão do magistrado em conceder a liminar aconteceu devido às inúmeras irregularidades cometidas pela direção municipal quando da convocação da Convenção, a partir da própria chamada do evento, além da publicação do edital no jornal de menor circulação na Paraíba e a não entrega da lista dos filiados aos pré-candidatos.

No entendimento do juiz, o diretório municipal violou dois artigos do estatuto da legenda. O artigo 10, que diz que 'os congressos do PSB serão convocados por edital, publicados no jornal de maior circulação na respectiva jurisdição´; e o artigo 51, ao delegar competência que seria exclusiva e intransferível da convenção partidária.


POSTADO POR FOCO PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário