21 de junho de 2012

CORDA BAMBA: racha deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’

CORDA BAMBA: racha deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’ CORDA BAMBA: racha entre Agra e Ricardo Coutinho deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’ do ex-girassol



No mundo político um ditado é muito aplicado em situações de crises: para toda ação há uma reação. Este ditado condiz com o atual momento vivido pelo vereador pessoense Zezinho do Botafogo (PSB), que declarou publicamente votar em Estelizabel Bezerra (PSB).  A situação não é vista com bons olhos pelos integrantes do ‘coletivo’ ligado ao prefeito de João Pessoa Luciano Agra (PSB), por isso, Zezinho é tido como um dos socialistas com a reeleição ameaçadíssima.

Considerado por muitos como um vereador ‘pidão’, Zezinho ao optar por Estela, esta vendo suas bases eleitorais serem invadidas por aliados leais ao prefeito Luciano Agra como: Bira (PSB), Raoni Mendes (PDT) e Benilton Lucena (PT).

Em tempos de sobrevivência política, Zezinho vê um cenário nebuloso a sua frente: ter que reconquistar os espaços políticos, em negociações com o intransigente governador Ricardo Coutinho (PSB), seu novo padrinho político.

Outro ponto que atrapalha os planos de reeleição do vereador, ocupante do terceiro mandato, é o desempenho pífio do seu clube, o Botafogo de João Pessoa, que sequer chegou a disputar as finais do Campeonato Paraibano.  Outro fantasma eleitoral que podemos citar é o poderio financeiro do seu rival, o atual presidente do clube, Nelson Lira, pré-candidato pelo PT.

Gozando de prestigio na Câmara Municipal, pois atualmente é o vice-presidente do Poder, Zezinho é visto transitando de carro locado nas comunidades, demonstrando certa ‘empáfia’ e indiferença com os problemas enfrentados no seu principal reduto eleitoral: o bairro de Cruz das Armas, pois de uma década para cá, pouco ou quase nada, foram trazidos de melhorias aos moradores.

Mais uma situação que atormenta Zezinho é trazer para si a ‘impopularidade’ da pré-candidata do PSB Estelizabel Bezerra, pois como está sendo prestigiado, terá que demonstrar ‘lealdade’ e não fazer ‘corpo’ mole no embate eleitoral. O ‘silencio’ tem sido companheiro inseparável do vereador após o racha entre o prefeito Luciano Agra e o governador Ricardo Coutinho;

“Ele está se fazendo de morto e não dá declarações para ver se consegue segurar alguns cargos na gestão”, pontuou um ‘colega’ na CMJP que pediu anonimato.

Por falar em situação delicada, quem não passa por um bom momento na gestão municipal é o secretário adjunto de esporte e juventude de João Pessoa Ademílson Maia, o professor União, que está literalmente na corda bamba. Pode-se dizer que o secretário anda tentando acender uma vela para o santo e outra para o diabo, pois é indicação pessoal de Zezinho do Botafogo.

Portanto, os dois ‘aliados’ passam por situações distintas, porém complicadas, com a cabeça muito bem colocada na ‘guilhotina’ girassol. Novidades deverão acontecer nos próximos dias, pois na vida é preciso tomar decisões. Zezinho tomou a dele e receberá os ônus e os bônus políticos por sua escolha.




PSB orienta filiados a permanecerem na Prefeitura










QD3MW-audio by user2569645
O presidente municipal do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa, orientou hoje os filiados do partido a permanecerem nos cargos que ocupam na prefeitura da capital. Este foi o saldo da reunião socialista realizada ontem à noite no auditório do Hotel Xênius, na praia do Cabo Branco. Ele argumentou que os filiados ajudaram a eleger a chapa de Agra e também a implementar as políticas da atual gestão e, por isso, não devem deixar suas funções, apesar da desfiliação do prefeito, ocorrida na última segunda-feira depois de uma longa crise em que Luciano Agra foi preterido para disputar a reeleição e não se conformou com a escolha de Estelizabel Bezerra para substitui-lo.
- Definimos que o projeto é nosso. A cidade de João Pessoa mudou com nosso pessoal trabalhando neste projeto. Então, não tem porque a gente deixar o governo. A posição de Luciano se desfiliar do partido tem que ser separada da gestão. Se até agora nosso pessoal contribuiu para a cidade melhorar, não tem razão para deixar de ajudar - disse Barbosa.
Ele acrescentou que se os dissidentes - a exemplo do vereador Ubiratan Pereira e do secretário de Transparência Alexandre Urquiza - quiserem se incorporar à candidatura de Estelizabel Bezerra, serão bem vindos:
- Espero que eles venham para o partido. O caminho para resolver questões é o partido e não por fora.
O dirigente acrescentou que o anúncio do vice de Estelizabel Bezerra e o fechamento da coligação em torno da chapa socialista serão feitos na convenção do dia 30 de junho.

A cidade de João Pessoa mudou com nosso pessoal trabalhando neste projeto. Então, não tem porque a gente deixar o governo
Ronaldo Barbosa, presidente do PSB





BOMBA: Folha diz que Daniella Ribeiro ganhou apoio do PT como “recompensa” pelo cargo que o irmão deu a Maluf.

 

 A edição impressa do jornal Folha  de São Paulo desta quinta-feira (21) trouxe matéria na qual afirma que a pré-candidata do Partido Progressista (PP) à Prefeitura de Campina Grande, Daniella Ribeiro (que a Folha chamou de Daniella Ribeiro) ganhou o apoio do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande como “recompensa” pelo cargo no Ministério das Cidades que o irmão, Aguinaldo Ribeiro deu a Maluf, para acomodar um aliado.

 Segundo a reportagem, Daniela foi beneficiada pelo trabalho de articulação que o irmão Aguinaldo Ribeiro fez para levar o apoio de Maluf e do PP a Fernando Haddad, candidato a Prefeito de São Paulo pelo PT. “A operação petista para atrair o ex-prefeito foi combinada há cerca de 20 dias entre o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff”, disse a Folha.

 A reportagem, assinada pelos jornalistas Bernardo Mello Franco, Daniela Lima, Diógenes Campanha e Andreia Sadi, tem um sub-tópico intitulado “RECOMPENSA”, no qual relata que a irmã de Aguinaldo foi beneficiada com o apoio do PT graças ao cargo dado pelo irmão a Maluf.

 “Ao intermediar sua mudança de lado, o ministro das Cidades obteve a adesão do PT à sua irmã, Daniella Ribeiro, que disputará a Prefeitura de Campina Grande (PB)”, disse o jornal Folha de São Paulo.

 

 

Prefeito da Paraíba emprega irmão, primo e sobrinhos como secretários.

ESCÂNDALO CONTINUA: transporte de crianças para escola é feito em carro de lixo


Com cerca de quatro mil habitantes, a cidade Poço de José de Moura, a 98 Km de João Pessoa, é administrada pelo prefeito Manuel Alves Neto, o conhecido "Peixe Moura" (DEM). Além de chamar atenção por sua posição política, o chefe do Executivo vem atraindo a atenção para a sua gestão por outro motivo: dos oito secretários municipais que tem, sete são seus parentes (apenas um não conseguimos a confirmação que seja de sua família). Além disso, outra situação vem revoltando os moradores da cidade: o transporte escolar está sendo feito em um carro de lixo.

A 'peixada' do "Peixe Moura" pode ser conferida no próprio site da Prefeitura, onde estão como secretários: um irmão, um primo e vários sobrinhos. O registro foi feito na página oficial da prefeitura na internet.


 

O irmão é o Secretário de Finanças e Projetos, Clodoaldo Alves de Moura, um dos mais influentes na administração de Peixe Moura. O primo é o secretário de Infraestrutura, Amaral Gonçalves Pinheiro.

A secretária de Administração, Antonia Jaluska Cibele de Moura Dias; secretária de Ação e Promoção Social, Ana Neyre de Moura Alves ; secretária de Educação, Nubia Naiete Moura Dantas e o secretario de Transportes, Aureliano Egídio de Moura, são sobrinhos do prefeito.

Ao que parece, o cuidado que o prefeito teve em colocar os parentes no primeiro escalão da Prefeitura não é o mesmo com os estudantes da cidade. Uma aluna da Escola Municipal Professor Francisco Cassiano Sobrinho passou mal durante o trajeto de sua casa até a unidade de ensino esta semana. Detalhe: a jovem de 14 anos estava sendo transportada em um caminhão, que momentos antes havia feito a coleta de lixo na cidade.

De acordo com Maria de Lurdes, tia da menina, há mais de três anos que o transporte irregular vem sendo feito, onde os estudantes são colocados em carros abertos da zona rural até o centro da cidade para ter acesso a escola - que tem alunos até o nono ano primário.

 "Cerca de 50 alunos, entre crianças de cinco anos e adolescentes, são transportados no ‘pau de arara’", afirmou.

Veja imagens do transporte escolar:


 










Com nove vereadores na cidade, o prefeito conta cota com cinco em sua bancada de situação. Porém,  o vice-prefeito Valmir Quaresma (PSB) compõe o grupo de opositores na cidade.





“Homem bolha” volta a ter esperança de curar doença misteriosa na pele.

Indiano despertou atenção de um médico dos Estados Unidos


Chandra Wisnu, um indonésio de 57 anos, finalmente pode encontrar a cura para sua misteriosa doença de pele — que o fez ficar conhecido como o "homem bolha".

A doença começou, segundo o tabloide britânico The Sun, quando ele tinha apenas 19 anos. Aos 24, as costas já estavam preenchidas e, aos 32, quase o corpo todo.

Durante os primeiros estágios do problema, os pais de Chandra o levaram para vários médicos e dermatologistas, mas ninguém conseguia resolver o problema.

— Não havia tratamento especial para minha doença, então me disseram para ver um dermatologista atrás de outro porque eles não sabiam como cuidar de mim. Depois disso, meu pai achou que não havia razão para me levar ao hospital mais, e eu nunca mais vi nenhum médico.

Pai de quatro filhos, ele raramente sai de casa e é obrigado a cobrir o rosto para não assustar (ou ser ridicularizado por) outras pessoas.

— As pessoas nunca zombaram ou me ridicularizaram diretamente, mas eles ficam olhando e me evitam, ou agem de forma estranha perto de mim. Sinto-me muito inseguro e nervoso quando me tratam de forma diferente. As pessoas ficam com medo, com medo de minha cara horrível e com medo de pegar a doença.

Só que agora ele pode ter esperança de viver normalmente outra vez. Seu filho mais velho, Martin, de 32 anos, e sua filha, Lis Candra, de 26, começaram a mostrar sinais da doença.

Para evitar que os filhos sofram do mesmo problema, Chandra foi a público. E conseguiu a atenção do doutor Anthony Gaspari, um dos principais especialistas em pele dos Estados Unidos.

O médico se predispoz a ajudar no dianóstico de Chandra, e agora ele tem novamente esperança de se livrar da doença.






Nenhum comentário:

Postar um comentário