30 de junho de 2012

CONVERSÕES NA PARAIBA VEJAM!

Ricardo Coutinho visita poeta e diz que está orando por Ronaldo Cunha Lima.

O governador Ricardo Coutinho (PSB), visitou o poeta Ronaldo Cunha Lima na última ontem (29.06). A confirmação foi dada pelo próprio gestor estadual  neste sábado (30), após a convenção lançou a chapa formada por Estelizabel Bezerra e Efraim Filho.

De acordo com Ricardo Coutinho, o encontro com Ronaldo ocorreu antes dele embarcar para viagem no interior do estado, para participar das convenções socialistas nos demais municípios. Tenho feito orações para que Ronaldo possa continuar vivendo e vivendo bem. A Paraíba toda hoje reza e ora pela melhoria do estado de saúde de Ronaldo Cunha Lima”, declarou o governador.

Ainda segundo o socialista, constantemente ele entra em contato com o senador Cássio Cunha Lima para ter notícias sobre o estado de saúde do poeta: “Tenho falado muito com Cássio, sempre tenho falado com ele”.

O ex-governador Ronaldo Cunha Lima segue ao lado da família em seu apartamento no bairro de Tambaú em João Pessoa. Na última semana, seu estado de saúde agravou e por conta disso, Cássio Cunha Lima cancelou seus compromissos no senado federal.

Há quase um ano Ronaldo Cunha Lima luta contra o câncer no pulmão. Ele já esteve internados por diversas vezes, tanto em hospitais de São Paulo quanto da Capital paraibana.



PPS homologa candidatura de vereadores e Nonato Bandeira como vice do PT.

A convenção do PPS, realizada na manhã deste sábado (30), na sede da Asplan, reuniu militantes dos partidos aliados e simpatizantes da chapa encabeçada pelo PT de Luciano Cartaxo, e Nonato Bandeira, do PPS, na vice. A chapa majoritária está formada com os seguintes partidos: PP, PPS, PT, PRB e PSC, no entanto, a proporcional ainda será discutida hoje com a possibilidade da formação de duas ou três alianças entre esses partidos. Na coligação, estão inscritos cerca de 150 candidatos a vereadores ao todo.

O prefeito Luciano Agra, sem partido, fez questão de participar da convenção e manifestar o apoio à aliança. “Viemos desejar boa sorte a todos e dizer que a união entre PT e PPS é mais progressista na extensão da palavra. Eu tenho certeza que os nossos candidatos vão fazer um bom governo e que João Pessoa estará em boas mãos. São mãos limpas e sem ressentimento”, referendou Agra. A convenção contou ainda com a presença de Francisco Pereira, presidente da UGT, e membro da executiva nacional do PPS, representando o deputado Roberto Freire.

Durante seu discurso, Luciano Cartaxo reafirmou que a coligação será uma renovação, embora vá manter todas as conquistas da gestão de Agra. “Estamos pensando no futuro da nossa cidade com continuidade do trabalho, mas ampliando o que foi realizado. Vamos unir a experiência administrativa do prefeito Luciano Agra e a de Nonato Bandeira para buscar uma gestão realmente inovadora e que melhore ainda mais a vida dos pessoenses”, ressaltou o candidato.

Já Nonato Bandeira aproveitou o momento para agradecer a toda militância do PPS e externar confiança entre os correligionários. “A partir de já, colocamos o nosso bloco na rua. Com muita humildade digo que estamos confiantes nesta vitória e que nossa postura será de paz, sem desrespeito aos adversários, nem uso de palavras bélicas ou de baixo calão. Somos da paz e pela paz”, explicou Nonato.



Convenção confirma Estelizabel, do PSB, e Efraim Filho, do DEM; Ricardo diz que gestão entrará para história.

O ginásio do Clube Branco está lotado na convenção municipal do PSB em João Pessoa. A candidata a prefeita, jornalista Estelizabel Bezerra, chegou acompanhada do seu candidato a vice-prefeito, deputado federal Efraim Filho (DEM), e do governador Ricardo Coutinho.

Quem está presente na convenção é o deputado estadual Hervázio Bezerra (PSDB). O vereador Bira (PSB) , candidato á reeleição, afirmou que foi obrigado a comparecer à convenção do seu partido. Ele é dissidente e apoio a candidatura do deputado estadual Luciano Cartaxo (PT), que tem como candidato o jornalista Nonato bandeira (PPS). Segundo a direção municipal, Bira não garante a legenda se não estiver presente.

Em seu discurso, o governador atacou adversários. Mesmo sem citar nomes, cobrou ética nas relações políticas e disse que a aliança com o DEM segue a fidelidade de um projeto que sustenta a base aliada do Governo do Estado. Ele considerou a candidata Estelizabel Bezerra como a mais preparada da disputa
Ricardo Coutinho afirmou que João Pessoa quer compromisso com o futuro e seriedade.

“Todo mundo lembra como era a Paraíba. Quebraram o Estado e agora quem voltar para a Prefeitura”, bradou. Ainda em seu discurso, Ricardo afirmou que o seu governo “vai entrar para a história da Paraíba, como a nossa gestão entrou para história de João Pessoa”.




Cícero faz homenagem a Ronaldo Cunha Lima e lança Kumamoto como seu vice.


Senador não esquece do amigo Ronaldo Cunha Lima e lança Kumamoto como vice



Cícero lançou Kumamoto como vice Com uma homenagem e mensagem dirigida ao ex-governador Ronaldo Cunha Lima o senador da República Cícero Lucena confirmou o médico Ítalo Kumamoto (PSL) como candidato a vice do PSDB na chapa encabeçada por ele.

Na convenção o senador Cícero Lucena exibiu uma foto onde ele está ao lado de Ronaldo Cunha Lima, tocou a música da campanha de 1990 e fez questão de afirmar que foi através do ex-governador entrou na vida pública.
No seu discurso, Cícero disse que “João Pessoa precisa voltar a ter um prefeito com alma e coração e que não se alimentar de ódio”. Ele prometeu uma campanha de paz e uma administração humanizada.
O tucano declarou ainda que sofreu injustiças, mas que elas o fortaleceram. “Aprendi com Ronaldo Cunha Lima que política não é negócio, é sacerdócio”, discursou.

Impasse no PSC
Apesar de apresentar o seu vice, o médico Ítalo Kumamoto, Cícero e o PSC ainda deve enfrentar uma peleja jurídica por conta de uma intervenção na direção nacional do partido, que quer a aliança com o PT de Luciano Cartaxo. Sobre este assunto, Cícero se disse tranquilo e confia que a justiça vai manter o que foi decidido pela maioria dos filiados do PSC.

O presidente da legenda em João Pessoa, Rômulo Soares, disse que a intervenção não deve prosperar, pois se isso acontecer o partido fica sem candidato a prefeito, a vereador e ainda não poderá se coligar com outros partidos.

Soares explicou que ata da convenção está assinada, inclusive pelo presidente do diretório estadual, deputado Marcondes Gadelha, que defendia a aliança com o PT. “Foi tudo conduzido na instância responsável e de forma clara e transparente. Se houver intervenção, teremos o respaldo da Justiça”.

Vice
Já o médico Ítalo Kumamto disse que aceitou ser vice de Cícero por que quer contribuir com a melhoria da Saúde de João Pessoa. “Não queremos que ninguém mais espere um ano por um consulta”, destacou.
Kumamoto também prestou homenagem a Ronaldo Cunha Lima pedindo um minuto de silêncio para todos os presentes.

 

Maranhão confirma escolha de Gervásio Maia Filho como vice na chapa do PMDB.


Maranhão afirmou que mesmo Gervásio sendo PMDB a chapa não é puro sangue



Maranhão ao lado de Miguel Temmer e lideranças ex-governador José Maranhão confirmou o deputado estadual Gervásio Maia Filho como seu companheiro de chapa na disputa pela Prefeitura de João Pessoa. A escolha aconteceu agora a pouco na convenção do PMDB que acontece no Jangada Clube, na avenida Cabo Branco em João Pessoa.
A confirmação foi feita após o nome de Gervásio ter sido escolhido durante reunião na residência do ex-governador no Altiplano Cabo Branco. “A escolha foi consensual entre todos os partidos”, disse Maranhão. Para ele, o nome do deputado estadual não representa uma chapa puro sangue, apesar de Gervasinho ser do PMDB.

Maranhão disse que apesar de estar na liderança das pesquisas a campanha vai ser com os pés no chão e sem salto alto. Até às 15h o deputado estadual Gervásio Filho, ainda não havia chegado ao local da convenção, no entanto, havia informação de que ele estava viajando de Catolé do Rocha para João Pessoa e por conta disso estava demorando.

Várias lideranças políticas estão no Jangada Clube acompanhando a convenção do PMDB, entre elas o vice-presidente da República, Michel Temmer, senador Valdir Raupp, pelo estado de Rondônia, senador Vital do Rego, deputado federal Manoel Júnior e o ex-senador Wilson Santiago.

No local da convenção foram notadas as ausências do deputado federal Wellington Roberto (PL) e Armando Abílio (PTB). Segundo comentários os dois ficaram insatisfeitos com a escolha do vice-prefeito.



PSOL lança candidato a prefeito de Bayeux.


Os filiados do PSOL de Bayeux realizam convenção municipal neste sábado (30) para escolher os nomes da chapa majoritária e os candidatos a vereadores.
Na Associação Educativa da S. Vicente, situada na rua Hemerson Cabral Bernardo, 440, no bairro São Vicente, os filiados e dirigentes partidários vão homologar hoje à noite, a partir das 19 nome do filiado Rodrigo Alves de Lima como o candidato do PSOL  a prefeito de Bayeux.
Evangélico, 29 anos, o jovem Rodrigo Alves foi o nome sugerido pelo Diretório Estadual, em diálogo com os filiados do partido na cidade, para encabeçar a chapa majoritária, ficando a escolha do vice para a decisão da convenção.
O presidente do PSOL na Paraíba, Fabiano Galdino afirmou que há uma forte expectativa de o partido eleger seu primeiro vereador pelo município. “Os mais de 20 candidatos a vereador que  serão confirmados na convenção estão embalados na luta  por uma vaga à Câmara Municipal de Bayeux”, disse.

Nos braços do povo, Sara diz que dia primeiro de janeiro de 2013 Bayeux vai voltar a sorrir.



Uma multidão compareceu na tarde deste sábado (30) ao ginásio do Jaime Caetano, em Bayeux, na convenção do Democratas que oficializou o nome de Sara Cabral como candidata a prefeita de Bayeux em 2012. Conforme temia a oposição, a popularidade e a receptividade do povo ao nome da ex-prefeita é o grande diferencial da candidatura do DEM com o PSDB.

Ao lado do deputado estadual Domiciano Cabral, Sara mostrou disposição e coragem para enfrentar a campanha eleitoral no município. “Volto em 2012 com muito mais força, madura e com a coragem de governar Bayeux para o povo como sempre fiz porque todos sabem que amo essa cidade. Venho atender a um chamamento popular, por isso estou hoje neste palanque”, afirmou.

Mesmo ainda se recuperando de uma cirurgia, a ex-prefeita e pré-candidata teve entusiasmo para dar o mote de sua campanha. “No dia primeiro de janeiro de 2013 Bayeux vai voltar a sorrir”, sentenciou Sara recebendo o carinho do povo.

Domiciano Cabral afirmou que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) participará ativamente da campanha de Sara em Bayeux e já se comprometeu a estar presente no primeiro grande comício do grupo na cidade.
O vice-prefeito Cariolando (PSDB) assegurou que a aliança com Sara é pelo bem de Bayeux porque ela tem as melhores propostas para governar a cidade.

Em seu discurso empolgante, o líder jovem do Democratas, Leo Micena, enfatizou que a administração de Sara é um marco na história do município afirmando que construiu mais de 20 postos de saúde em apenas dois anos.

“Essa é a chapa da esperança e não a chapa dos exterminadores do futuro. Eles fazem aliança de última hora visando apenas o poder. Aliciam partidos. O desespero está tomando conta dos doutores fajutos. Acham que a campanha está ganha. O povo vai dar a resposta nas ruas”, criticou.











Solenidade marca o lançamento oficial das candidaturas majoritária e proporcional do PTN Bayeux.


O Partido Trabalhista Nacional de Bayeux marcou o dia 29 deste mês a sua Convenção municipal quando foi homologados as candidaturas majoritária e proporcional, para as eleições deste ano naquele município, localizado na região metropolitana de João Pessoa.

O PTN de Bayeux decidiu lançar o nome do ativista cultural e relações públicas, Gutemberg Lima (PTN).

A convenção  foi no Auditório da Escola Estadual Irineu Pinto, situado no bairro do SESI, a partir das 18hs. A solenidade marco o lançamento oficial das candidaturas majoritária e proporcional do PTN Bayeux.

“Renovação de verdade tem ter projetos, acho que a cidade tem que ultrapassar o período do atraso administrativo acumulados nesses últimos 20 anos de gangorra política”, defende Berg Lima.

Além de professor, Berg Lima é idealizador de um projeto sócio cultura chamado Atitude Cultural: Bayeux precisa e vem se destacando no cenário local pela sua visão idealista.





29 de junho de 2012

FOCO PB AS BOMBAS ESTAO AQUI EM PRIMEIRA MÃOS.

FICHAS LIMPAS: TSE libera candidatura de político com conta de campanha reprovada.

Votação apertada revoga decisão do próprio TSE

 Os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiram nesta quinta-feira (28) que a aprovação das contas eleitorais apresentadas em eleições passadas não será exigida para o registro da candidatura nas eleições municipais de outubro.

A decisão foi tomada por quatro votos a favor e três contra, e revoga a decisão de 1º de março do próprio TSE, que condicionava a emissão da certidão de quitação eleitoral à aprovação das contas de campanha. A certidão é fundamental para os políticos obterem o registro das candidaturas.
O julgamento havia começado na terça-feira (26), e foi interrompido por um pedido de vistas do ministro José Antônio Dias Toffoli quando a votação estava com um placar de três votos favoráveis à anulação da resolução e dois contra.
Após o pedido de vistas de Toffoli a presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, adiantou seu voto e acompanhou o voto da relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, contra a revogação, o que havia deixado a votação empatada. Nesta quinta-feira Toffoli apresentou seu voto, a favor da revogação.
O caso, que ficou conhecido como o registro das candidaturas "conta suja", voltou à pauta do TSE após 14 partidos entrarem com um recurso contra a resolução original do TSE, que fixou a exigência.
O pedido de reconsideração foi apresentado pelo PT e depois assinado por outros 13 partidos: PMDB, PSDB, DEM, PTB, PR, PSB, PP, PSD, PRTB, PV, PCdoB, PRP e PPS.
As siglas defendiam que a exigência da aprovação das contas não é determinada por lei, e que as penalidades pela reprovação da contabilidade eleitoral só podem ser aplicadas após a instauração de processo judicial.
A ministra Nancy Andrighi propôs uma reforma para a manutenção do dispositivo, que não foi aceita no plenário. O ministro Marco Aurélio Mello acompanhou o voto da relatora. "Caso a resolução seja revogada, viveremos o inverno da nossa desesperança", afirmou o ministro.
Os ministros Henrique Neves, Gílson Dipp e Arnaldo Versiani votaram a favor do pedido dos partidos políticos.
Idas e vindas
Nas últimas eleições, o TSE exigia apenas a apresentação da prestação das contas de campanha para a obtenção da certidão de quitação eleitoral, sem a exigência de que as contas tivessem sido aprovadas. As votações sobre a questão no tribunal, porém, nunca foram unânimes.
Em 2009, a jurisprudência do TSE foi fixada na lei nº 12.034, que determinou que para obter a certidão de quitação eleitoral seria exigido, entre outros pré-requisitos, era necessária "exclusivamente" a "a apresentação de contas de campanha eleitoral". A lei não fez nenhuma referência explícita sobre a aprovação das contas.
Este entendimento jurídico continuou a ser aplicado pelo TSE também nas eleições de 2010.
A proposta para que a aprovação das contas eleitorais fosse determinante para o registro da candidatura foi apresentada no TSE em fevereiro deste ano pelo ministro Arnaldo Versiani, que relatou o caso.
A inovação foi rejeitada pelo ministro Gílson Dipp, que votou contrário ao relator. “Ficou muito claro que a vontade do legislador realmente foi a de limitar [a emissão da certidão] apenas à apresentação e não necessariamente à aprovação [das contas]”, afirmou o ministro, na sessão do TSE de 28 de fevereiro.
Com a retomada do julgamento, em 1º de março, o TSE publicou a resolução que exige a aprovação das contas eleitorais para obter a certidão de quitação eleitoral e com ela o registro da candidatura.
“O candidato que foi negligente e não observou os ditames legais não pode ter o mesmo tratamento daquele zeloso que cumpriu com seus deveres. Assim, a aprovação das contas não pode ter a mesma consequência da desaprovação”, afirmou a ministra Nancy Andrighi ao declarar seu voto, no julgamento de março.
Câmara dos Deputados
A Câmara dos Deputados aprovou em 22 de maio um projeto de lei (PL 3839/2012) que permite aos políticos conseguirem o registro de suas candidaturas mesmo com as contas eleitorais rejeitadas. O projeto foi aprovado com o apoio de todos os partidos, à exceção do PSOL.
A proposta seguiu para o Senado, onde ainda deve ser votada. Caso seja aprovada, só vira lei depois da sanção da presidente Dilma Rousseff. Mesmo que seja aprovada e sancionada antes do prazo final para o registro de candidaturas, a lei não deve ser aplicada ainda nas eleições deste ano.
Isto porque a Constituição determina que toda lei que modificar as regras do processo eleitoral só será aplicada nas eleições realizadas um ano após sua entrada em vigor. Cada caso específico, no entanto, deve ser decidido pelo TSE.

Luciano Agra tira mais dois aliados de Ricardo da Prefeitura de João pessoa.

Ordem advinda do Gabinete de Luciano Agra, foi repassada por terceiros, através de ligações telefônicas


  O Secretário Adjunto da Habitação, Gildemar Santos, e o Assessor Especial da Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Jaílton Paiva, foram surpreendidos nesta quinta-feira (29) com o aviso de exoneração dos respectivos cargos.

A ordem advinda do Gabinete do Prefeito Luciano Agra (sem partido), foi repassada por terceiros, através de ligações telefônicas.

No caso de Jaílton Paiva, que trabalha na Sedec desde o dia 03 janeiro de 2005, quando do inicio do primeiro mandato do então prefeito Ricardo Coutinho (PSB), um telefonema do Secretário Adjunto, Genildo Lucena, que está assumindo interinamente a pasta após a saída da Professora Ariane Sá, comunicou que o prefeito Luciano Agra estava “aceitando o seu pedido de exoneração”.

Jaílton, estranhou a informação pois jamais solicitou qualquer saída. “Como é que ele está aceitando o que eu não pedi?”. Segundo Jaílton, Agra está invertendo a situação: “Ele não tem coragem de olhar na cara da gente e manda outros fazerem o trabalho sujo. Essa tal limpeza é uma perseguição aos antigos aliados e a quem apoia Estelizabel”, disse.

Nesses quase 8 anos em que trabalha na Sedec, Jaílton Paiva tem tido um trabalho respeitado por todas as Direções, tendo sido o responsável pela reestruturação das instalações físicas encontradas em ruínas no início da gestão, acompanhou a implantação dos laboratórios de informática em toda a rede e foi também um dos responsáveis pelo combate ao desvio de materiais da Sedec, que culminou com a formalização de processos e a prisão de alguns envolvidos.

Gildemar Santos vem desde o início da gestão atuando fortemente nas áreas de infraestrutura e habitação, trabalhando junto aos movimentos de moradia, tendo acompanhado o desenvolvimento de grandes projetos habitacionais como o Gervásio Maia, sendo nomeado Secretário Adjunto e assumido por diversas vezes a interinidade da Secretaria de Habitação.

  JaíltonPaiva, assim como Gildemar Santos, são filiados ao PSB da capital e após a renúncia da Agra sempre defenderam a pré-candidatura de Estelizabel Bezerra para prefeita de João Pessoa, como continuidade do projeto iniciado pela gestão Ricardo Coutinho.

Essas exonerações somam-se às de Lau Siqueira (SEDES), Coriolano Coutinho (Emlur), Laura Farias (SEMOB), Ronaldo Barbosa (Articulação), Maristela Viana (Sedurb) além da própria Estelizabel Bezerra (Plenejamento) e de dezenas de outros servidores históricos da Prefeitura de João Pessoa.

Ítalo sai da disputa e PSC deve oficializar apoio a Cícero

Partido marcou reunião para o final da manhã desta sexta em João Pessoa.

  O pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo PSC, ítalo Kumamoto, retirou a intenção de entrar no pleito em reunião na tarde desta quinta-feira (28), com isso, o PSC deve oficializar, como, a indicação do ex-senador Marcondes Gadelha para vice de Cícero Lucena (PSDB).

A oficialização acontece em reunião agendada para às 11 horas, no Creci, antes de formalizar a aliança com o PSDB, os filiados do partido vão buscar tirar as arestas que ainda existe.

Acontece que alguns defendem a aliança com José Maranhão (PMDB) e a indicação do ex-deputado Neto Franca para vice do peemedebista, tese defendida por parte dos pré-candidatos a vereador do partido.


O detalhe é que Gadelha é o presidente estadual do partido e Neto o vice-presidente municipal.






MP divulga lista de envolvidos e pede a saída dos prefeitos de Sapé, Alhandra e Solânea. 

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai solicitar à Justiça o afastamento dos prefeitos de Sapé, Solânea e Alhandra. Eles foram presos na manhã desta quinta-feira (28), durante a Operação “Pão e Circo”, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco/MPPB) e Polícia Federal, com o apoio da Controladoria Geral da União (CGU).

O Tribunal Regional Federal da 5a Região já determinou a suspensão do repasse de recursos federais do Ministério do Turismo para as 13 prefeituras paraibanas, onde foi constatado esquema criminoso para desviar dinheiro público através de irregularidades nas contratações de bandas e serviços para eventos festivos.

As prefeituras envolvidas são as de Mamanguape, Sapé, Solânea, Santa Rita, Itapororoca, Conde, Jacaraú, Mulungu, Boa Ventura, Capim, Cuité de Mamanguape, Cabedelo, Alhandra. As irregularidades também foram constatadas na Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), a Capital. As investigações apontaram direcionamento nos processos de licitação para contratar empresa responsável pelo show pirotécnico do último Réveillon, em João Pessoa, por exemplo.

Segundo o assessor da CGU em Brasília, Israel Carvalho, estima-se que tenham sido desviados, desde 2008,  cerca de R$ 65 milhões dos cofres públicos (entre verbas municipais, estaduais e federais).  “A CGU esteve em loco em três municípios e constatou as irregularidades e desvios de dinheiro público. Só um grupo criminoso de empresas movimentou cerca de R$ 14 milhões. As investigações deverão apontar a participação de outros grupos”, exemplificou.

O procurador-geral de  Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, as fraudes ocorreram em vários eventos festivos de municípios quem têm baixos IDHs (índices de desenvolvimento humano) e que têm vários problemas sociais, com escolas sucateadas e serviços de saúde precários. “O esquema envolvia duas estruturas: a iniciativa privada e as prefeituras. Pudemos ver o tamanho da influência dos empresários na administração pública e o sentimento de impunidade que os envolvidos tinham”, disse.

Ele agradeceu o apoio do Tribunal de Contas do Estado (que disponibilizou um banco de dados), das Polícias Civil e Militar e dos órgãos envolvidos na operação.

Investigações
As investigações feitas durante um ano pelo Gaeco remetem a contratações realizadas pelas prefeituras desde 2008, com verbas municipais e estaduais. Já as investigações da PF são referentes a contratações feitas com recursos federais desde 2009. “São duas investigações paralelas, distintas, que ocorreram concomitantemente e que, para o sucesso dessa operação, houve a troca de informações entre PF e MPPB”, esclareceu o superintendente da PF, Marcello Diniz Cordeiro.

Mais de 40 mil escutas foram feitas com autorização judicial e foi possível constatar a participação direta de prefeitos, seus familiares e servidores públicos, além de empresas “fantasmas” que foram constituídas com a finalidade de desviar dinheiro público e fraudar procedimentos de contratação de serviços para a realização de eventos festivos (Ano Novo, São João e São Pedro, Carnaval e Carnaval fora de época, aniversários das cidades etc).

As fraudes eram feitas em licitações, dispensas e inexigibilidades de licitação, contratos com bandas musicais, montagem de palcos, som, iluminação, comercialização de fogos de artifício, shows pirotécnicos, aluguéis de banheiros químicos e serviços de segurança.
Além do superfaturamento dos objetos contratados, as investigações constataram a não prestação de serviços contratados e documentos forjados atestando a falsa exclusividade de artistas e bandas para justificar irregularmente o procedimento de inexigibilidade de licitação.

Mandados cumpridos
Segundo o delegado de repressão aos crimes financeiros da PF, Fabiano Martins, os 28 mandados de prisão, os 65 mandados de busca e apreensão e os sete mandados de condução coercitiva expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba e pelo Tribunal Regional Federal da 5a Região foram cumpridos em 18 municípios paraibanos e no Estado de Alagoas.

Também foram apreendidos imóveis, armas sem registro, uma lancha, carros nacionais e importados, R$ 56 mil em espécie, HDs e documentos. Os bens sequestrados serão encaminhados à Justiça. Cerca de 300 policiais federais, 30 policiais militares, 20 auditores da CGU e 12 promotores de Justiça participaram da operação.

Além dos três prefeitos, a primeira-dama de Solânea e mais dez servidores públicos (sendo três secretários municipais) também foram presos, durante a operação. Outras duas primeiras-damas foram conduzidas coercitivamente para prestar esclarecimentos e liberadas em seguida. Os mandados de prisão também tiveram como alvo empresários que atuam no ramo de eventos festivos e outros servidores públicos. Um dos mandados foi cumprido em Alagoas, contra o empresário Carlos Abílio Ferreira da Silva.

As 35 pessoas (alvo dos mandados de prisão e condução coercitiva) serão ouvidas nesta quinta e sexta-feiras pelos promotores de Justiça no Núcleo Criminal do MPPB, localizado no centro de João Pessoa.
Eles são acusados de falsificar documentos públicos e privados, falsidade ideológica, crimes contra a ordem tributária (sonegação), corrupção ativa e passiva, fraude em licitação, desvio de verba pública, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. A pena para esses crimes pode chegar a 48 anos de prisão.
O material será analisado pela PF, Gaeco e CGU e poderá revelar o envolvimento de mais empresas, prefeitos e servidores públicos no esquema criminoso.

Confira abaixo a lista das pessoas que foram alvo de mandados de prisão
1. Ozimar Berto de Araújo
2. Maria do Carmo Régis de Araújo
3. Daniel Gomes da Silva
4. Felipe Silvestre Pordeus
5. Márcio de Melo
6. Djalma da Silva Toscano
7. Andressa Ingrid Amâncio de Lima
8. Severino Justino da Silva (“Menudo”)
9. Marcos Antônio Bezerra da Silva
10. Geraldo Félix da Silva
11. Carlos Abílio Ferreira da Silva
12. Gilmar Sales Cordeiro
13. Renato Mendes Leite
14. Vinícius Lemos de Sousa Melo
15. Rosiberto Carlos da Silva Santos
16. José Walter da Costa
17. Lúcia de Fátima Lemos de Sousa Melo
18. Francisco de Assis de Melo
19. Jacy da Silva Mendonça
20. João Clemente Neto
21. Edivaldo Rodrigues de Lima (“Peninha”)
22. José Antônio Azevedo Melo
23. Antônio Edson da Silva (“Edinho”)
24. Marcos Elpídio Pereira Portela
25. Ednaldo de Sousa Lima
26. Manoel Ferreira Sobrinho
27. Marinézio Ferreira da Silva
28. Cláudia Izabel da Silva Maia

27 de junho de 2012

O NOSSO RÉPORTE ABSURDO FALANDO DOS PROBLEMAS NA RUA EM MANGABEIRA E CENTRO VEJAM!

O descaso da Prefeitura de João Pessoa em Mangabeira .

Após vinte dias  do primeiro post do descaso da Prefeitura de João pessoa em refazer o asfalto das duas principais avenidas do bairro de Mangabeira e não inserir novamente a sinalização é um absurdo e já faz mais de TRINTA DIAS ..VEJAM O PRIMEIRO VÍDEOS QUE FIZ ...


Como morador de Mangabeira faço isso pela minha cidadania, pois alguém ter que fazer algo..alguém tem pelejar por um bairro melhor ... os políticos passam de dois em dois anos e nada vejo de melhoria em meu bairro .... não existe uma estrutura de ONG em Mangabeira ..nada... para o maior bairro da paraíba !! agora vejam a continuação do absurdo que refazer o asfalto e não inserir a sinalização ...

O que pelejo é algo que deveria ser o logico de fazer ..ao terminar o serviço de refazer o asfalto ..refazer toda a sinalização seria o essencial ...mas nem explicam como isso não ocorreu ...somos o GADO QUE RELATA  na musica de Zé Ramalho ... esse vídeo acima é referente a avenida Alfredo Rocha que fica entre Mangabeira I e Mangabeira III ... agora o segundo vídeo da avenida Josefa Taveira ...

 


Vejam a sequência de fotos o perigo de atravessar sem uma faixa de pedestre...
Após essa sequência de fotos podemos entender como a falta da sinalização torna o simples ato de atravessar uma avenida em algo muito perigoso ..pois com a faixa de pedestre já e perigoso ...sem a mesma e quase um suicídio ...

Ao passar (27/06/2012) a Prefeitura de João Pessoa tinha inserido a sinalização ao menos na avenida Alfredo Rocha que passa entre Mangabeira I até Mangabeira  III ... depois de mais UM MÊS SEM NADA FAZER !!!
 
 
 
 
 

O descaso do Mercado Central.

A 16 dias o nosso REPORTE ABSURDO passou no Mercado central de João Pessoa  fez um post denunciando o descaso total da Prefeitura Municipal de João Pessoa neste ..vejam a placa indicando está reforma ...

Placa indicativa da Prefeitura de João Pessoa
O primeiro vídeo que fiz não estava chovendo, mas mesmo assim o perigo da pessoa não ter calçada é muito grande ..pois a outra calcada é ocupada como estacionamento de um supermercado 

Passando de novo no Mercado Central novamente a situação nada mudou , mas até está mais grave pois estava molhado COM A CHUVA a rua é  de paralelepípedo fica muito escorregadia por ser muito antigo a sua estrutura e sem calçada para as pessoas andarem a situação fica muito complicada .. um senhor acima dos setenta anos caiu e duas pessoas ajudaram a levantar e levaram com segurança .. o descaso com o cidadão pela atual gestão da prefeitura de João pessoa reflete neste contexto e na falta de sinalização nas duas principais avenidas do bairro de Mangabeira  O REPORTE ABSURDO..absurdo em cima de absurdo !!
E ainda a calçada do outro lado da rua é ocupada com um estacionamento de um supermercado, outro absurdo ... mas não retira da Prefeitura de João pessoa sua responsabilidade por fazer uma reforma é tomar o espaço da calçada !!!


O buraco de Mangabeira ...ele voltou ....

O buraco de Mangabeira II voltou ... primeiro vamos a cronologia dos meus  como iniciou toda essa historia desta luta pela cidadania que tanto almejou para os vizinhos ... vejam as fotos do buraco... na rua João Rodrigues de Lima em frente ao número 230

O buraco de Mangabeira ... ele voltou
Vejam a profundidade do buraco...
O primeiro post foi 30/03/2012 quando relatei o buraco pela primeira vez devido a minha indignação de já estar aberto desde novembro de 2011 .. e nada acontecia para fechar ... iniciando uma peleja pelo Twitter com a CAGEPA e a PMJP  que nada fizeram por uma semana, depois de a rede social do TWITTER começar a replicar os meu twitter's começaram a surgir os primeiros indícios de ação até iniciaram o conserto no dia 18/04/2012 e fechando no dia 25/04/2012 ...mas de acordo com o SR Raimundo que mora em frente ao buraco o conserto foi feito sem as condições de sanar o problema de uma vez. e passou a desconfiança que poderia voltar... ele voltou e pelo que vejo a tubulação está toda comprometida 
 
 A celeuma do buraco de Mangabeira II está longe do seu fim, devido a infra estrutura desta região poder estar comprometida ..mora três ruas abaixo da do SR Domingo ... como irei saber o estado da tubulação da minha rua? A vida real  não existe SUPER HERÓI .. temos que nós unir para termos uma qualidade de vida sem isso .. seremos engolidos pelas FORÇAS OCULTAS que apenas querem apropriar do dinheiro publico para si e seus vassalos ... vejam o depoimento do senhor Domingo e sua indignação ...


A cidadania tem que ser exercida e pelejarmos por nossos direitos ... e  não temos que temer as FORÇAS OCULTAS que apenas querem poder e enriquecimento ilícito .... os escândalos que todos a mídia da Paraíba mostra todos os dias na TV e no rádio .... e com isso nossos recursos passam para os corruptos .. a previsão do ROMBO no Brasil está em torno de no mínimo de 5% do PIB que  da um valor aproximado de R$ 200 bilhões em todo o nosso país ....
O buraco está aumentando a cada dia ...desde o dia 31/05/2012 que fiz este post  já passaram mais quinze dias ...vejam como esta o buraco de Mangabeira II  ...

POSTADO POR REPORTE ABSURDO DIRETO DA FONTE.
 

26 de junho de 2012

FOCO PB


Luciano Cartaxo confirma Nonato Bandeira como vice do PT na disputa pela prefeitura de João Pessoa



Candidato a prefeito de João Pessoa pelo PT, o deputado estadual Luciano Cartaxo, acaba de confirmar o nome do ex-secretário de Comunicação do Estado, Nonato Bandeira (PPS), como seu companheiro de capa, na condição de vice, na disputa pela prefeitura da Capital.

A declaração foi dada durante a chegada de Cartaxo, Nonato Bandeira e do prefeito Luciano Agra (PSB) à sede da Asplan, onde será concedida a entrevista coletiva do gestor municipal e do Partido dos Trabalhadores.

Com largos sorrisos nos rostos, os três foram fotografados abraçados, no início do evento.

Com execessão de Agra - que está agora sem partido - setores dos pastidos de Agra e Cartaxo não concordam com a aliança, a exemplo do presidente municipal dos trabalhistas na Capital, Antônio Barbosa, e da presidente estadual do PPS, Gilma Germano, que publicou nota ‘ácida’ contra a posição "unilateral" de Bandeira.

 

O CASC - PB CONVIDA VOCE ASSOCIADO, COLABORADOR, PATROCINADOR A ESTA PRESENTE EM REUNIÃO EXTRAORDINARIA.

O CASC-PB convida voce a estar presente em reunião extraordinaria no dia 07 de Julho de 2012 as 09:00 da manhã no clube nova Querencia, em cruz das armas, em João Pessoa - PB, para fins de prestação de conta e assuntos de seu interesse, estará presente com nosco o Pr Roberto Nascimento cantando e louvando a DEUS e demais pastores que formam o CASC-PB.. A Entidade vem desenvolvendo um trabalho na área social ajudando as famílias carentes ao longo do estado da paraíba, que se encontra em estado de calamidade publica e vulnerabilidade social.
veja fotos da ultima reunião:




     

23 de junho de 2012

BOMBAS SO NO FOCO PB.


Agra corta presidente do PV da PMJP e anuncia substituto.

Prefeito demitiu pelo Twitter o secretário de Desenvolvimento Social


 O prefeito Luciano Agra também demitiu nesta sexta-feira (22) a Secretária adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDURB, , Maristela Viana, presidente municipal do PV e apoiadora da candidatura de Estelizabel Bezerra (PSB).

O comunicado da substituição de Maristela foi encaminhado pela Prefeitura de João pessoa na noite desta sexta.

O atual diretor de Serviços Urbanos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Américo Cabral Neto, será, a partir de agora, o novo secretário interino da pasta. Até então, respondia interinamente pela Sedurb a secretária adjunta, Maristela Viana, que foi exonerada nesta sexta-feira (22) pelo prefeito Luciano Agra. Cabral será interino até que Agra anuncie o nome do novo titular da pasta.




Nonato discute com presidente nacional do PPS aliança com o PT de Cartaxo.

Roberto Freire liberou o PPS para fazer qualquer aliança na Capital, mesmo retirando candidatura


 A especulação de uma aliança do PPS com o PT em João Pessoa está deixando de ser boato e virando fato. O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, disse nesta sexta-feira (22)  que estava discutindo o tema com o pré-candidato a prefeito do PPS em João Pessoa, Nonato Bandeira, e avisou: “não temos restrições”.

Freire afirmou que apesar de uma resolução nacional da legenda indicar que o partido deve ter candidato em cidades como João Pessoa, a “decisão é local” e “o PPS da Capital tem autonomia”. Ele deixou claro que o partido, ao contrário do PT, não restringe alianças. “O PPS não exige candidatura. A resolução diz que o partido deve lutar para ter candidato, mas não é uma exigência”, complementou.

“É uma hipótese que comentam aqui. Aqui se discute possibilidade desse tipo”, disse Freire, afirmando está com Nonato e tendo como um dos pontos da pauta a possibilidade de aliança do PPS com o PT.

A possibilidade de aliança do PPS e PT na Capital também deve ter desdobramento na decisão do prefeito Luciano Agra, que decidiu sair do PSB e está sem partido. Agra ainda não anunciou o palanque eleitoral em que deve subir nas próximas eleições.

Opositor do PT nacional, Freire aproveitou para criticar o Partido dos Trabalhadores. Ele disse que o PT faz restrições a alguns partidos, mas faz aliança com Paulo Maluf e que a única restrição do PPS é fazer aliança com “corrupto”.






Cícero admite dificuldade em conseguir aliados para sua campanha.
 

O senador Cícero Lucena (PSDB), pré-candidato as eleições municipais em João Pessoa, admitiu nesta sexta-feira (22) que está encontrando dificuldades de conseguir aliados para enfrentar o pleito de outubro. “Há uma tentativa de esvaziar minha candidatura”, garantiu Lucena.

Segundo ele, existe um grupo político agindo no sentido de minar suas pretensões eleitorais, mas que isso não o está impedindo de continuar buscando alianças. “Essa é uma razão pela qual eu não anuncio com que estou conversando e quem já está acertado comigo. Isso é para que não haja pressão por parte do governo no sentido de cooptar esses aliados”, explica.

Apesar das dificuldades, Cícero considera que a situação é natural e que todos os partidos estão em situação parecida. “Estamos num processo político onde muitos partidos estão conversando com outros partidos, quer seja para formalizar acordos na majoritária ou na proporcional”. Ele acrescentou, no entanto, que não há diálogos entre os que fazem oposição e os governistas.

Relação com Cássio - Entre as forças que devem integrar sua campanha, o senador afirmou que já conversou com o colega de legenda e parlamento, Cássio Cunha Lima, e que ambos teriam fechado aliança. “Tenho conversado com Cássio. Ele é um homem de partido. Tivemos uma divergência nas eleições de 2010 (quando houve apoio de Cássio a Ricardo Coutinho), mas nós resolvemos virar a página. Nessas eleições municipais temos que respeitar as questões de partido e vamos contar com o apoio dele nas eleições de João Pessoa”.

Novamente, Cícero Lucena aproveitou para alfinetar o governo socialista e disse que “o único projeto do PSB era colocar alguém no Palácio da Redenção”. O tucano também comentou a situação de correligionários que integram atualmente o governo do Estado. “Os tucanos estão com vontade de voltar, porque as sementes dos girassóis não são boas”, criticou.

Segundo Turno - O senador ainda deixou claro que não existe possibilidade de aliança com o PSB, nem mesmo em houver segundo turno em João Pessoa. "Se Deus quiser não haverá segundo turno porque quero ganhar no primeiro turno mesmo. Mas caso haja, eu não vou para os girassóis, porque nem eu quero, nem eles querem", declarou.





 PSD marca convenção para dia 27, mas antecipa apoio a Estelizabel.
 

Apesar do apoio público da vereadora Raíssa Lacerda, presidente do PSD de João Pessoa, ao movimento "Volta Agra", deflagrado pelo prefeito da capital paraibana, o partido decidiu seguir outro rumo. Em uma reunião realizada na noite da última quinta-feira, 27, na sede do partido, com a presença do presidente estadual, Rômulo Gouveia, os filiados e 32 pré-candidatos a vereador aprovaram a aliança com a candidata do PSB, Estelizabel Bezerra. Também ficou acertado que a convenção partidária será no dia 27 no auditório do Sebrae.
 
Rômulo Gouveia, que é vice-governador da Paraíba, explicou que a definição de composição com o PSB se deu seguindo a lógica do apoio prestado ao Governo do Estado e pelo desejo de dar continuidade às ações do PSB em João Pessoa. Segundo ele, as decisões municipais são tomadas em consonância com o entendimento da direção estadual.
 
O PSD também pretende indicar nomes para compor a chapa de Estelizabel Bezerra na condição de vice.
 
Outra definição surgida na reunião foi a de prestar apoio ao pré-candidato a prefeito de Belém, Tarcísio Marcelo, irmão do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo.

21 de junho de 2012

CORDA BAMBA: racha deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’

CORDA BAMBA: racha deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’ CORDA BAMBA: racha entre Agra e Ricardo Coutinho deixa ‘socialista’ em posição delicadíssima e secretário tem cabeça na ‘guilhotina’ do ex-girassol



No mundo político um ditado é muito aplicado em situações de crises: para toda ação há uma reação. Este ditado condiz com o atual momento vivido pelo vereador pessoense Zezinho do Botafogo (PSB), que declarou publicamente votar em Estelizabel Bezerra (PSB).  A situação não é vista com bons olhos pelos integrantes do ‘coletivo’ ligado ao prefeito de João Pessoa Luciano Agra (PSB), por isso, Zezinho é tido como um dos socialistas com a reeleição ameaçadíssima.

Considerado por muitos como um vereador ‘pidão’, Zezinho ao optar por Estela, esta vendo suas bases eleitorais serem invadidas por aliados leais ao prefeito Luciano Agra como: Bira (PSB), Raoni Mendes (PDT) e Benilton Lucena (PT).

Em tempos de sobrevivência política, Zezinho vê um cenário nebuloso a sua frente: ter que reconquistar os espaços políticos, em negociações com o intransigente governador Ricardo Coutinho (PSB), seu novo padrinho político.

Outro ponto que atrapalha os planos de reeleição do vereador, ocupante do terceiro mandato, é o desempenho pífio do seu clube, o Botafogo de João Pessoa, que sequer chegou a disputar as finais do Campeonato Paraibano.  Outro fantasma eleitoral que podemos citar é o poderio financeiro do seu rival, o atual presidente do clube, Nelson Lira, pré-candidato pelo PT.

Gozando de prestigio na Câmara Municipal, pois atualmente é o vice-presidente do Poder, Zezinho é visto transitando de carro locado nas comunidades, demonstrando certa ‘empáfia’ e indiferença com os problemas enfrentados no seu principal reduto eleitoral: o bairro de Cruz das Armas, pois de uma década para cá, pouco ou quase nada, foram trazidos de melhorias aos moradores.

Mais uma situação que atormenta Zezinho é trazer para si a ‘impopularidade’ da pré-candidata do PSB Estelizabel Bezerra, pois como está sendo prestigiado, terá que demonstrar ‘lealdade’ e não fazer ‘corpo’ mole no embate eleitoral. O ‘silencio’ tem sido companheiro inseparável do vereador após o racha entre o prefeito Luciano Agra e o governador Ricardo Coutinho;

“Ele está se fazendo de morto e não dá declarações para ver se consegue segurar alguns cargos na gestão”, pontuou um ‘colega’ na CMJP que pediu anonimato.

Por falar em situação delicada, quem não passa por um bom momento na gestão municipal é o secretário adjunto de esporte e juventude de João Pessoa Ademílson Maia, o professor União, que está literalmente na corda bamba. Pode-se dizer que o secretário anda tentando acender uma vela para o santo e outra para o diabo, pois é indicação pessoal de Zezinho do Botafogo.

Portanto, os dois ‘aliados’ passam por situações distintas, porém complicadas, com a cabeça muito bem colocada na ‘guilhotina’ girassol. Novidades deverão acontecer nos próximos dias, pois na vida é preciso tomar decisões. Zezinho tomou a dele e receberá os ônus e os bônus políticos por sua escolha.




PSB orienta filiados a permanecerem na Prefeitura










QD3MW-audio by user2569645
O presidente municipal do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa, orientou hoje os filiados do partido a permanecerem nos cargos que ocupam na prefeitura da capital. Este foi o saldo da reunião socialista realizada ontem à noite no auditório do Hotel Xênius, na praia do Cabo Branco. Ele argumentou que os filiados ajudaram a eleger a chapa de Agra e também a implementar as políticas da atual gestão e, por isso, não devem deixar suas funções, apesar da desfiliação do prefeito, ocorrida na última segunda-feira depois de uma longa crise em que Luciano Agra foi preterido para disputar a reeleição e não se conformou com a escolha de Estelizabel Bezerra para substitui-lo.
- Definimos que o projeto é nosso. A cidade de João Pessoa mudou com nosso pessoal trabalhando neste projeto. Então, não tem porque a gente deixar o governo. A posição de Luciano se desfiliar do partido tem que ser separada da gestão. Se até agora nosso pessoal contribuiu para a cidade melhorar, não tem razão para deixar de ajudar - disse Barbosa.
Ele acrescentou que se os dissidentes - a exemplo do vereador Ubiratan Pereira e do secretário de Transparência Alexandre Urquiza - quiserem se incorporar à candidatura de Estelizabel Bezerra, serão bem vindos:
- Espero que eles venham para o partido. O caminho para resolver questões é o partido e não por fora.
O dirigente acrescentou que o anúncio do vice de Estelizabel Bezerra e o fechamento da coligação em torno da chapa socialista serão feitos na convenção do dia 30 de junho.

A cidade de João Pessoa mudou com nosso pessoal trabalhando neste projeto. Então, não tem porque a gente deixar o governo
Ronaldo Barbosa, presidente do PSB





BOMBA: Folha diz que Daniella Ribeiro ganhou apoio do PT como “recompensa” pelo cargo que o irmão deu a Maluf.

 

 A edição impressa do jornal Folha  de São Paulo desta quinta-feira (21) trouxe matéria na qual afirma que a pré-candidata do Partido Progressista (PP) à Prefeitura de Campina Grande, Daniella Ribeiro (que a Folha chamou de Daniella Ribeiro) ganhou o apoio do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande como “recompensa” pelo cargo no Ministério das Cidades que o irmão, Aguinaldo Ribeiro deu a Maluf, para acomodar um aliado.

 Segundo a reportagem, Daniela foi beneficiada pelo trabalho de articulação que o irmão Aguinaldo Ribeiro fez para levar o apoio de Maluf e do PP a Fernando Haddad, candidato a Prefeito de São Paulo pelo PT. “A operação petista para atrair o ex-prefeito foi combinada há cerca de 20 dias entre o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff”, disse a Folha.

 A reportagem, assinada pelos jornalistas Bernardo Mello Franco, Daniela Lima, Diógenes Campanha e Andreia Sadi, tem um sub-tópico intitulado “RECOMPENSA”, no qual relata que a irmã de Aguinaldo foi beneficiada com o apoio do PT graças ao cargo dado pelo irmão a Maluf.

 “Ao intermediar sua mudança de lado, o ministro das Cidades obteve a adesão do PT à sua irmã, Daniella Ribeiro, que disputará a Prefeitura de Campina Grande (PB)”, disse o jornal Folha de São Paulo.

 

 

Prefeito da Paraíba emprega irmão, primo e sobrinhos como secretários.

ESCÂNDALO CONTINUA: transporte de crianças para escola é feito em carro de lixo


Com cerca de quatro mil habitantes, a cidade Poço de José de Moura, a 98 Km de João Pessoa, é administrada pelo prefeito Manuel Alves Neto, o conhecido "Peixe Moura" (DEM). Além de chamar atenção por sua posição política, o chefe do Executivo vem atraindo a atenção para a sua gestão por outro motivo: dos oito secretários municipais que tem, sete são seus parentes (apenas um não conseguimos a confirmação que seja de sua família). Além disso, outra situação vem revoltando os moradores da cidade: o transporte escolar está sendo feito em um carro de lixo.

A 'peixada' do "Peixe Moura" pode ser conferida no próprio site da Prefeitura, onde estão como secretários: um irmão, um primo e vários sobrinhos. O registro foi feito na página oficial da prefeitura na internet.


 

O irmão é o Secretário de Finanças e Projetos, Clodoaldo Alves de Moura, um dos mais influentes na administração de Peixe Moura. O primo é o secretário de Infraestrutura, Amaral Gonçalves Pinheiro.

A secretária de Administração, Antonia Jaluska Cibele de Moura Dias; secretária de Ação e Promoção Social, Ana Neyre de Moura Alves ; secretária de Educação, Nubia Naiete Moura Dantas e o secretario de Transportes, Aureliano Egídio de Moura, são sobrinhos do prefeito.

Ao que parece, o cuidado que o prefeito teve em colocar os parentes no primeiro escalão da Prefeitura não é o mesmo com os estudantes da cidade. Uma aluna da Escola Municipal Professor Francisco Cassiano Sobrinho passou mal durante o trajeto de sua casa até a unidade de ensino esta semana. Detalhe: a jovem de 14 anos estava sendo transportada em um caminhão, que momentos antes havia feito a coleta de lixo na cidade.

De acordo com Maria de Lurdes, tia da menina, há mais de três anos que o transporte irregular vem sendo feito, onde os estudantes são colocados em carros abertos da zona rural até o centro da cidade para ter acesso a escola - que tem alunos até o nono ano primário.

 "Cerca de 50 alunos, entre crianças de cinco anos e adolescentes, são transportados no ‘pau de arara’", afirmou.

Veja imagens do transporte escolar:


 










Com nove vereadores na cidade, o prefeito conta cota com cinco em sua bancada de situação. Porém,  o vice-prefeito Valmir Quaresma (PSB) compõe o grupo de opositores na cidade.





“Homem bolha” volta a ter esperança de curar doença misteriosa na pele.

Indiano despertou atenção de um médico dos Estados Unidos


Chandra Wisnu, um indonésio de 57 anos, finalmente pode encontrar a cura para sua misteriosa doença de pele — que o fez ficar conhecido como o "homem bolha".

A doença começou, segundo o tabloide britânico The Sun, quando ele tinha apenas 19 anos. Aos 24, as costas já estavam preenchidas e, aos 32, quase o corpo todo.

Durante os primeiros estágios do problema, os pais de Chandra o levaram para vários médicos e dermatologistas, mas ninguém conseguia resolver o problema.

— Não havia tratamento especial para minha doença, então me disseram para ver um dermatologista atrás de outro porque eles não sabiam como cuidar de mim. Depois disso, meu pai achou que não havia razão para me levar ao hospital mais, e eu nunca mais vi nenhum médico.

Pai de quatro filhos, ele raramente sai de casa e é obrigado a cobrir o rosto para não assustar (ou ser ridicularizado por) outras pessoas.

— As pessoas nunca zombaram ou me ridicularizaram diretamente, mas eles ficam olhando e me evitam, ou agem de forma estranha perto de mim. Sinto-me muito inseguro e nervoso quando me tratam de forma diferente. As pessoas ficam com medo, com medo de minha cara horrível e com medo de pegar a doença.

Só que agora ele pode ter esperança de viver normalmente outra vez. Seu filho mais velho, Martin, de 32 anos, e sua filha, Lis Candra, de 26, começaram a mostrar sinais da doença.

Para evitar que os filhos sofram do mesmo problema, Chandra foi a público. E conseguiu a atenção do doutor Anthony Gaspari, um dos principais especialistas em pele dos Estados Unidos.

O médico se predispoz a ajudar no dianóstico de Chandra, e agora ele tem novamente esperança de se livrar da doença.