19 de maio de 2012

NOTICIAS QUENTE DO FOCO PB VEJAM!

O PRESIDENTE E FUNDADOR DO CASC-PB E CONVIDADO A SER O LÍDER DOS DESEMPREGADOS DO ESTADO DA PARAÍBA.





O PRESIDENTE E FUNDADOR DO CASC-PB VEM DESENVOLVENDO UM ÓTIMO TRABALHO EM JOÃO PESSOA-PB, PRESTANDO TODO O APOIO AS FAMÍLIAS QUE SE ENCONTRA EM ESTADO DE CALAMIDADE PUBLICA, E HOJE RECEBE O CONVITE DE SER O LÍDER DO MOVIMENTO DOS DESEMPREGADO DO BRASIL A  NÍVEL ESTADUAL.
O PASTOR WASHINGTON ALENCAR, HOJE RECEBEU A HONRA DE SER O LÍDER DO MOVIMENTO DOS DESEMPREGADOS DO ESTADO DA PARAÍBA, E O 1º SECRETARIO A NÍVEL NACIONAL DA CLASSE, POR ELE ESTA DEMONSTRANDO UM ÓTIMO TRABALHO COM AS FAMÍLIAS EM ESTADO DE CALAMIDADE PUBLICA QUE VIVE PELAS PERIFERIAS EM NOSSO ESTADO, E EM SEU DISCURSO PROMETEU LUTAR ATE O FIM, PELA CAUSA DOS DESEMPREGADOS QUE SÃO MUITOS EM NOSSO ESTADO DA PARAÍBA. 
DISCURSO: `` VOU LUTAR ATE QUE PODEMOS ACABAR, O DESEMPREGO, TEMOS QUE LUTA PRA CONSEGUIMOS ACABA COM O DESEMPREGO, SEI QUE PODEMOS E DEVEMOS LUTAR ATE O FIM, GERANDO ASSIM COOPERATIVAS PARA INCENTIVAR O TRABALHO, PARA QUE AS FAMÍLIAS QUE VIVE EM ESTADO DE CALAMIDADE PUBLICA, EM VULNERABILIDADE SOCIAL, POSSAM SE MANTER GERANDO ASSIM DE SEU PRÓPRIO TRABALHO, ONDE ISSO E BÍBLICO ONDE JESUS DIZ QUE TODO TRABALHADOR E DIGNO DE SEU TRABALHO ´´  
NESTA REUNIÃO DE HOJE O SEU SECRETARIO PR GENILDO ALVES FOI ESCOLHIDO PELA MAIORIA SER O TESOUREIRO DA CLASSE, ONDE VAI ESTA ADERINDO O MOVIMENTO DOS DESEMPREGADOS DO BRASIL E LUTAR COM OS DEMAIS QUE ESTARÃO COMPONDO A MESA DIRETORA. 
O PASTOR, DEPOIS DESTA REUNIÃO ATENDEU HA MUITAS FAMÍLIAS QUE SE CADASTRARAM NO CASC-PB, A ENTIDADE A QUAL E PRESIDENTE E FUNDADOR SOLICITANDO AJUDA POR SE ENCONTRA PASSANDO POR DIFICULDADE SOCIAIS.
VOCÊ PODE AJUDAR DEPOSITANDO QUALQUER VALOR NA CONTA DA INSTITUIÇÃO AGENCIA 1635-7 CONTA CORRENTE 38.504-2 BANCO DO BRASIL S/A, AJUDE NÃO DEIXE ESSA OBRA PARAR, ELA PRECISA DE SUA AJUDAR!
 
POSTADO POR ASSESSORIA DE IMPRESSA DO CASC-PB:

 

 

Metade de todas as vítimas de mordidas de cachorro são crianças - brasil atento - CURITIBA ON.

Colaboração promove National Dog Bite Prevention Week® 
LOS ANGELES - Dos 4,7 milhões de americanos vitimados anualmente por mordidas de cachorro, mais da metade são crianças, de acordo com os Centers for Disease Control and Prevention (Centros para controle e prevenção de doenças). Veterinários, o Postal Service dos EUA (Os correios), a comunidade médica e o setor de seguros estão trabalhando em conjunto para orientar o público de que as mordidas de cachorro podem ser prevenidas. Como parte desta iniciativa, o Postal Service está lançando a classificação das 25 cidades mais importantes para ataques de cachorros a empregados dos correios para promover a National Dog Bite Prevention Week® (Semana nacional de prevenção de mordidas de cachorro), 19 a 26 de maio. O evento anual apresenta dicas para prevenção de ataques de cães, informações sobre propriedade responsável de bichos de estimação e dicas de tratamento médico se houver o ataque. Para ver o release completo, acesse: http://www.prnewswire.com/news-releases/half-of-all-dog-bite-victims-are-children-151899775.html


Prioridade a afrodescendentes e índios no Fies é rejeitado - Brasil Curitiba on.

A Comissão de Educação e Cultura rejeitou a proposta que altera regras do Fundo de Financiamento ao estudante do Ensino Superior (Fies) a fim de priorizar alunos afrodescendentes e ameríndios na concessão de bolsas de estudos. A proposta, PL 6630/02, do Senado, dá nova redação à lei que criou o Fies (10.260/01). Ao recomendar a rejeição do projeto, o relator, deputado Raul Henry (PMDB-PE), disse que o Brasil tem uma agenda de grandes desafios pela frente e o tema das cotas raciais não se incorpora a esse conjunto por ser inadequado, divisionista e ultrapassado. “Para combater o preconceito, o instrumento mais adequado não é uma lei racial, a qual poderia gerar ainda mais preconceito e fragmentação”, argumentou Henry. “O preconceito deve ser combatido com educação pública de qualidade, com o aprimoramento das instituições democráticas e com mais ativismo da cidadania”, acrescentou. Henry citou ainda o resultado de estudos recentes sobre o código genético dando conta de que é impossível definir raças sob o ponto de vista científico. “Tome-se, por exemplo, o caso dos gêmeos univitelinos e idênticos, da Universidade de Brasília: um foi aceito pelo sistema de cotas e o outro foi rejeitado pelo mesmo sistema, de acordo com o julgamento do tribunal racial da instituição”, disse. Tramitação - O projeto tem caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Íntegra da proposta: PL-6630/2002 


Brasil Carinhoso - O programa de Dilma Rousseff - Política Curitiba on.

Brasil Carinhoso 
Está em análise na Câmara a Medida Provisória (MP) 570/12, que contém as regras do programa Brasil Carinhoso, anunciado em 13 de maio pela presidente Dilma Rousseff. O objetivo do programa, integrante do Brasil sem Miséria, é tirar da pobreza extrema as famílias brasileiras, principalmente no Norte e no Nordeste, que tenham crianças com até seis anos de idade. São consideradas extremamente pobres as famílias com renda mensal igual ou inferior a R$ 70 per capita. Nesse sentido, o primeiro eixo do Brasil Carinhoso, que deve beneficiar cerca de 4 milhões de famílias, buscará garantir uma renda mínima maior que R$ 70 para cada membro dos lares extremamente pobres que tenham pelo menos uma criança nessa faixa etária e estejam inscritos no Bolsa Família. Outro eixo prevê o acesso dessas crianças a creches. Conforme a medida provisória, o benefício será definido por faixas de renda. Caberá ao Poder Executivo definir as faixas e os valores previstos para cada uma. Em linhas gerais, o benefício para superação da extrema pobreza na primeira infância corresponderá ao valor necessário para que a soma da renda familiar mensal e dos benefícios financeiros supere o valor de R$ 70 per capita. Dados do Censo 2010 indicam que, do total de crianças brasileiras com até seis anos, 13,3% são extremamente pobres. Com o benefício criado, o governo espera reduzir essa proporção para 5%. Impacto orçamentárioEm 2012, as despesas do programa serão asseguradas no orçamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, com a abertura de crédito adicional de R$ 1,29 bilhão, beneficiando mais de 2 milhões de famílias. Para 2013, o orçamento destinado ao programa está estimado em R$ 2,29 bilhões, atendendo a aproximadamente 2,2 milhões de famílias. Para 2014, estima-se R$ 2,3 bilhões para 2,3 milhões de famílias beneficiárias do Bolsa Família. Nos anos seguintes, os créditos serão previstos nos projetos das leis orçamentárias anuais. A MP altera a Lei 10.836/04, que criou o Bolsa FamíliaTrancamentoA medida passa a trancar a pauta da Casa (Câmara ou Senado) onde estiver tramitando a partir de 29 de junho. Continua: Medida também prevê mais matrículas em creche - Íntegra da proposta: MPV-570/2012.

Presidenta Dilma se encontra com Dom Paulo Evaristo Arns.


Presidenta Dilma Rousseff durante visita ao Arcebispo Emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns.
A presidenta Dilma Rousseff visitou hoje (18), em Taboão da Serra (SP), o Arcebispo Emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns. A visita ocorre na mesma semana em que a presidenta instalou a Comissão da Verdade, que terá prazo de dois anos para apurar violações aos direitos humanos ocorridas no período entre 1946 e 1988, que inclui a ditadura militar (1964-1985).
Dom Paulo foi o criador da Comissão Justiça e Paz para defender presos políticos e foi um dos coordenadores, na década de 1980, do projeto Brasil Nunca Mais, que coletou documentos sobre a repressão durante a ditadura militar. Devido ao temor de apreensão do material durante a ditadura, os documentos foram microfilmados e remetidos ao exterior. Em 2011, os documentos foram repatriados.





 Luciano Cartaxo debate Orçamento Participativo no “Inova João Pessoa”

 Exiba Inova JP.JPG na apresentação de slidesExiba Inova JP 2.JPG na apresentação de slides


Professores, profissionais liberais e representantes dos movimentos sociais lotaram o auditório do Sindicato dos Trabalhadores das Telecomunicações (Sinttel), na noite desta sexta-feira (18), quando foi realizado o primeiro debate do Inova João Pessoa, realizado pelo deputado estadual Luciano Cartaxo, pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa pelo PT. O debate contou com a presença de Vera Gomes, assessora institucional da Fundação Palmares, ligada ao Ministério da Cultura, Douraci Vieira, assistente social, Rossana Honorato, arquiteta e professora da UFPB, além do coordenador do programa de governo, professor Éder Dantas e do Secretário Nacional da Secretaria-Geral da Presidência da República, Vagner Caetano.

Vera Gomes mostrou a uma plateia atenta como funcionou o Orçamento Participativo na Cidade de Olinda, onde ela foi Secretária. Em sua exposição, Vera Gomes defendeu que o Orçamento Participativo não pode ser confundido com uma Ouvidoria ou uma simples consulta populista aos cidadãos. “A democracia direta transforma participação popular em participação cidadã. A intervenção direta do cidadão é onde a democracia realmente se estabelece. Assim, o povo constrói o programa de governo para depois transformá-lo em plano de governo”, comentou.

Ela destacou principalmente que um Orçamento Participativo precisa construir uma cultura do diálogo e da participação popular, que não pode ser maquiada. Esta foi a mesma tendência observada pela arquiteta Rossana Honorato. Ela observou que o futuro de João Pessoa passa pela necessidade de não maquiar o sentido democrático das experiências populares. “O futuro de João Pessoa passa por essa construção que está sendo elaborada por Luciano Cartaxo e é por isso que aceitei participar desse debate e dar a minha contribuição à sua pré-campanha”.

O deputado estadual e pré-candidato a prefeitura de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) explicou que o “Inova João Pessoa” é uma ação que tem o objetivo de discutir diversos temas como transparência pública, educação de qualidade, mobilidade urbana, cidadania, saúde e segurança pública, que comporão o programa de governo do pré-candidato. “O nosso programa de governo está sendo construído assim, com consultas aos especialistas e diálogo com setores populares”. “Estamos fazendo uma avaliação profunda do que está acontecendo com a cidade, juntando todas as ideias e projetos que contemple a população. O nosso programa vai ter a cara e alma da cidade de João Pessoa”, completou.

Segue o calendário do Inova João Pessoa:

24/05
Educação de Qualidade
25/05
Saúde Pública
31/05
Mobilidade Urbana
01/06
Inovando em Segurança e Cidadania






Leitor envia: DESACATAR FUNCIONÁRIO PÚBLICO É CRIME!

Leitor envia: DESACATAR FUNCIONÁRIO PÚBLICO É CRIME!
DESACATAR FUNCIONÁRIO E CRIME
Campina Grande revela programação completa do São João 2012; Confira!

Campina Grande revela programação completa do São João 2012; Confira!A Prefeitura de Campina Grande divulgou na manhã desta sexta-feira (18) a programação completa do Maior São João do Mundo. A edição 2012 terá 31 dias de shows no Parque do Povo, localizado no Centro da cidade, de 1º de junho a 1º de julho. Entre as principais atrações estão os cantores Dominguinhos, Elba Ramalho, Zé Ramalho, Alcymar Monteiro e as bandas Garota Safada e Magníficos.
Anderson Silva mira carreira de ator e descarta luta com Jon Jones

Anderson Silva mira carreira de ator e descarta luta com Jon Jones
Dilma veta venda de medicamentos em supermercados
Dilma veta venda de medicamentos em supermercadosA presidente Dilma Rousseff resolveu vetar a venda de medicamentos que não exigem prescrição médica para uso em supermercados, armazéns, empórios, lojas de conveniência e similares. A decisão, que teve como base a análise dos Ministérios da Saúde e da Justiça, foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União.


"A ampliação da disponibilidade de medicamentos nos estabelecimentos em questão dificultaria o controle sobre a comercialização. Ademais, a proposta poderia estimular a automedicação e o uso indiscriminado, o que seria prejudicial à saúde pública", argumentou a presidente em seu veto.


A publicação traz ainda a lista de lugares que poderão dispor de medicamentos que não dependam de receita médica, estabelecimentos hoteleiros e similares, para atendimento exclusivo aos seus usuários.








Eleições na UFPB: Margareth Diniz nega apoio de RC e diz que oposição criou factóides

Eleições na UFPB: Margareth Diniz nega apoio de RC e diz que oposição criou factóidesA professora Margareth Diniz, candidata a reitora da Universidade Federal da Paraíba – UFPB, afirmou que é professora da instituição há 27 anos, tem o apoio dos três segmentos da UFPB e garantiu que não tem apoio do Governador Ricardo Coutinho, como foi denunciado pelos demais candidatos a reitoria no primeiro turno da eleição.


Ela disse que foi acusada de ter a candidata do Palácio da Redenção por seus opositores, porque eles não tinham argumento para reverter o quadro eleitoral que é favorável a ela e para tentar reverter a situação, eles criaram “factóides” para confundir a comunidade acadêmica, um fato que considerou lamentável.


A professora Margareth declarou que é normal que as pessoas tenham ligação política partidária e sindical, o que é um direito de todo cidadão, revelando que a única vinculação política que tem é familiar, pois é prima do ex-governador já falecido Antônio Mariz.


No primeiro turno da eleição para reitor, a professora Margareth Diniz teve 49 por cento dos votos validos, contra 35 por cento dos votos da Professora Lúcia Guerra. A candidata a reitora da UFPB atribuiu o fato de 73 por cento dos estudantes não terém comparecido as urnas a centralização das urnas e ressaltou a necessidade de mobilizar os estudantes para o segundo turno.








Idoso dá troco errado em 50 centavos e acaba sendo assassinado junto com esposa

Idoso dá troco errado em 50 centavos e acaba sendo assassinado junto com esposaAgentes da Divisão de Homicídios (DH) prenderam ontem João Pedro Silva dos Anjos Santana, de 18 anos, acusado de assassinar a tiros o casal de comerciantes Anselmo Teixeira, 62, e Maria Alves de Souza, 60, segunda-feira, na comunidade do Mato Alto, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. João Pedro confessou o crime, mas alegou ter agido em legítima defesa. Segundo o rapaz, ele discutiu com o idoso por ter recebido 50 centavos a menos de troco e teria sido ameaçado.


Também foi preso ontem Leonardo Santos Conceição, de 20 anos, acusado de guardar a arma do crime em sua casa a pedido de João Pedro. A pistola 9 milímetros (com a numeração raspada), carregadores e munição estavam enrolados em um pano que foi escondido em um vaso de planta.
Na DH, João disse que Anselmo ameaçou matá-lo quando ele reclamou que faltavam 50 centavos no troco que havia recebido depois de comprar um refrigerante no estabelecimento do idoso. O preso afirmou ainda que a arma usada no crime seria do próprio comerciante.


"Comprei um guaraná e vi que meu troco estava errado. Fui reclamar com ele (Anselmo), que veio com arrogância, falou que ia me bater e me matar. Na hora que ele levantou a camisa, eu vi a arma. Fui para cima dele, peguei a arma e atirei. A senhora (Maria) foi para a cozinha pegar uma faca e atirei nela também", alegou João.


Investigação vai continuar


Anselmo e Maria mortos com 11 tiros - ela levou sete e ele, quatro. Todas as balas atingiram o peito e a cabeça das vítimas. "O número de tiros que as vítimas receberam demonstra uma violência muito grande por parte do assassino", afirmou o delegado assistente da DH, Giniton Lages, acrescentando que o caso ainda não está encerrado. "Os acusados estão presos, mas as investigações continuam".


Versão está descartada


Para Giniton Lages, a versão contada por João Pedro é mentirosa. O delegado afirma que as investigações descartam a possibilidade de o criminoso ter agido em legítima defesa.


"Quando a senhora correu para a cozinha, ele podia ter fugido, mas foi atrás dela. E as gavetas, prateleiras e armários da casa das vítimas estavam revirados, o que pode indicar que após o crime ele ainda tentou pegar algo", disse Lages.








Frei Anastácio solicita audiência pública para discutir retirada de areia de rios na Paraíba

Frei Anastácio solicita audiência pública para discutir retirada de areia de rios na ParaíbaO deputado estadual Frei Anastácio (PT) está solicitando Audiência Pública, na Assembleia Legislativa da Paraíba, para discutir denúncias de retirada, indiscriminada, de areia do rio Paraíba e de outros que estão passando pelo mesmo problema, bem como denúncias de concessão de licenças ilegais, que estariam sendo concedidas. “Nós já demos entrada ao requerimento e estamos discutindo uma data para realização da sessão”, disse Frei Anastácio.


Segundo denúncias do Ministério Público e das populações de Salgado de São Félix e Itabaiana, diariamente, dezenas de caçambas retiram areia daquele rio, para outros estados. Essa extração desordenada vem provocando desairosamente do manancial. Segundo o Deputado Frei Anastácio, o problema é uma cena repetida.


Em 2003, as populações de Salgado de São Félix e de Itabaiana já reclamavam o problema da retirada de areia do leito do rio. Fizemos uma audiência, onde autoridades, representantes de entidades e professores expuseram o problema.


Inclusive, a partir do debate, apresentamos um projeto de lei que regulamentava o processo, mas a Assembléia não aprovou a matéria, e o problema agora se repete”, frisou o deputado,acrescentando que vai reapresentar um projeto de lei para regulamentar a retirada de areia e estabelecer normas para outras questões ligadas aos rios.


Para a Audiência serão convidados a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Ministério Público, o secretário-chefe do Governo do Estado, Walter Aguiar, o Departamento Nacional de Mineração (DNM), IBAMA, Secretaria de Meio Ambiente dos Municípios, envolvidos, populações e Câmara de Vereadores dos municípios de Itabaiana e Salgado de São Félix, Associação Paraibana dos Amigos da Natureza (Apan), Segundo o deputado, “a audiência será um importante momento onde autoridades e populações vão expor os problemas e discutirem soluções junto com o Poder Legislativo”, afirmou.








Como o sexo com camisinha pode ser melhor.

Como o sexo com camisinha pode ser melhor
Sexo seguro (com camisinha) parece ser um sinônimo perfeito para algo ruim, como aponta pesquisa do Instituto Guttmacher, que mostra que 25% dos homens e mulheres entrevistadas nos Estados Unidos consideram sexo com camisinha chato.


No Brasil, não é diferente. Segundo estudo do Ministério da Saúde, o brasileiro passou a fazer mais sexo casual (sem relacionamento fixo) entre 2004 e 2008, mas fez menos uso do preservativo. Apenas 46,5% dos brasileiros utilizavam camisinha.


Mas ainda existe esperança. Pesquisa recente da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, revela que o prazer sexual obtido com o uso da camisinha masculina depende de vários fatores, como, por exemplo, do conforto do(a) parceiro(a), o que depende, inclusive, do tamanho adequado da camisinha.


Por isso, tudo que você tem que fazer é escolher a camisinha certa para você, testar o que lhe faz melhor, e ter confiança.


“A ideia de que usar camisinha diminui a sensitividade ou a diversão do sexo é completamente errada”, afirma a médica Devon Hensel, autora do estudo norte-americano. Mesmo assim, atitudes contra o uso da camisinha ainda são amplamente vistas.


Melhora no sexo seguro


Hensel coletou dados de mais de 1.500 homens e dedicou especial atenção aos relatos diários de suas atividades sexuais.


Em 85% das relações sexuais, os pacientes utilizaram camisinha. Entre esses casos, os homens mais velhos reportaram experiências mais prazerosas.


De acordo com o estudo de Hensel, quanto maior a estimulação oral e manual, maior a satisfação. Fica a dica.






Ministério da Saúde confirma casos de dengue tipo 4 na Paraíba.

Ministério da Saúde confirma casos de dengue tipo 4 na ParaíbaO Ministério da Saúde (MS) confirmou ontem que na Paraíba já está em circulação o vírus da dengue tipo 4. Segundo o MS, já circulam no Estado os quatro tipos de vírus da dengue, sendo os tipos DENV 1 (dengue viral tipo 1) e DENV 4 (dengue viral tipo 4) os mais comuns, com 64,3% e 21,4%, respectivamente. Os dados fazem parte do boletim da dengue, divulgado nacionalmente ontem pelo ministério. Na Paraíba, foram avaliadas 76 amostras, sendo 14 casos confirmados, desses, nove são do tipo 1 e três do tipo 4.
Invadir computador no Brasil não é crime, diz procurador de Justiça.

Invadir computador no Brasil não é crime, diz procurador de JustiçaEm apenas cinco dias, as fotos íntimas de Carolina Dieckmann roubadas e divulgadas na internet tiveram 8 milhões de acessos, segundo a ONG Safernet. O panorama está mudando rapidamente. Além dos computadores pessoais e das trocas de email, cresce o número de celulares com internet, tablets e também de usuários nas redes sociais. Nessa imensa teia que estamos conectados todos os dias, os perigos se intensificam. Bullying cibernético, ataque de hackers, roubos de senhas de dados pessoais, nada nem ninguém está a salvo. Nem os antivírus são capazes de nos livrar dos ataques.


O especialista em segurança digital André Carrareto diz que o antivírus instalado no computador vai elevar a proteção geral no acesso. “O último elo dessa corrente de segurança é o próprio usuário. No caso da Carolina Dieckmann, o antivírus não detectou que o link em que ela clicou e forneceu seus dados era infectado. A tecnologia está ali para proteger o usuário, mas ele tem que contribuir com o bom hábito da navegação segura para reduzir o risco de ser atacado”, explica.


O procurador de Justiça Paulo Ferreira Lima aponta que a legislação para proteger o crime na internet é insuficiente no Brasil. "Os crimes pelos quais os hackers que invadiram o computador da atriz Carolina Dieckmann podem ser condenados são os crimes tradicionais, como tentativa de extorsão ou estelionato. Invadir computador no Brasil não é crime, não importa se for o da presidência da República ou não”, aponta o procurador.








Veja Resultado preliminar do Concurso Público da Câmara de João Pessoa.

Veja Resultado preliminar do Concurso Público da Câmara de João PessoaJá está disponível no site da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto/SP – Faperp (www.faperp.org.br/cmjp) o resultado preliminar das provas objetivas do concurso público da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) para provimentos de 28 vagas, 17 de nível médio e 11 de nível superior.


CLIQUE AQUI e veja o Resultado Preliminar.


“O resultado preliminar das provas objetivas já está disponível. A versão resumida do edital 04/2012 já foi enviada ao Diário Oficial do Estado (DOE), e a versão integral ao Semanário Oficial do Município (SOM). Os gabaritos definitivos das provas objetivas do concurso público, após análise e julgamento de todos os recursos impetrados pelos candidatos, também estão disponíveis no mesmo endereço (www.faperp.org.br/cmjp). As razões dos indeferimentos aos recursos serão enviadas por e-mail diretamente aos candidatos que os havia interpostos”, informou Paulo Eduardo, presidente da Comissão Organizadora e de Acompanhamento do Concurso Público (COACP).


Paulo Eduardo ainda esclarece que, após a publicação do resultado preliminar, haverá um prazo de dois dias úteis para recursos, e a Faperp terá 10 dias úteis para analisá-los. “No entanto, acreditamos que a análise será rápida, já que os recursos são contra o resultado, e não contra gabaritos de questões, que exigem uma complexidade maior na análise”, disse.


Ainda de acordo com a COACP, o resultado definitivo das provas objetivas deve ser publicado ainda este mês, e permanece a estimativa inicial de homologar os resultados finais do concurso antes do dia 20 de junho.




Polícia apreende 16 celulares e cinco armas brancas em penitenciária de Patos-PB.

Projeto idealizado pelo Promotor Marinho Mendes concorrerá ao prêmio Innovare.

Projeto idealizado pelo Promotor Marinho Mendes concorrerá ao prêmio InnovareO Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai concorrer ao IX Prêmio Innovare com o projeto “Fundo de Cela”. O promotor de justiça, Marinho Mendes, inscreveu o projeto que é desenvolvido na Cadeia Pública de Jacaraú. O Innovare valoriza projetos e pesquisas voltados para a modernização da Justiça Brasileira.


“Estamos com uma boa expectativa, pois esse projeto trabalha a construção da cidadania, contribuindo para a ressocialização dos detentos por meio de novos valores”, destacou o promotor, frisando que o “Fundo de Cela” é realizado em parceria com o diretor da cadeia, José Adriano, com artistas da localidade e com a comunidade.


Marinho Mendes ainda acrescentou que outro projeto, o “Fundo de Sala”, atua de forma complementar ao “Fundo de Cela”: “por ele, levamos conceitos referentes à educação ambiental por meio da cultura popular para os estudantes da cidade e os familiares dos detentos. É muito importante porque a partir disso, os filhos não aceitarão condutas equivocadas por parte dos pais”.


Em 2008 outro projeto desenvolvido pelo promotor na cidade de Guarabira, “Atendimento ao público com arte popular”, foi finalista do prêmio Innovare.


“Fundo de Cela”


O projeto foi implantado na Cadeia Pública de Jacaraú, em dezembro de 2011. Através dele, os apenados participam de debates feitos pelo promotor de Justiça sobre os direitos previstos na Lei de Execução Penal (LEP), ouvem música popular, poesia e produzem textos, que são anexados em seus processos de execução para auxiliar na concessão de benefícios. Trinta e cinco apenados estão participando.


O objetivo do “Fundo de Cela”, segundo o promotor Marinho Mendes, é levar a experiência às unidades penitenciárias de todo o Estado. Inclusive, o projeto já foi apresentado apresentado na Cadeia Pública de Mamanguape, aos detentos, representantes da sociedade civil organizada, ao juiz e a ao promotor de Execução Penal da cidade que fica a 48 quilômetros da Capital, no mês passado.


Ainda este mês, a iniciativa será apresentada em Guarabira e Sapé.


De acordo com o promotor de Justiça, além de colaborar para a ressocialização, o projeto tem garantido a disciplina e o bom comportamento dos apenados na unidade prisional. Foi criado um gabinete da promotoria dentro da cadeia e, às quintas-feiras, ele se reúne com os apenados no pátio do local para analisar os processos de cinco presos.


Promotor Marinho Mendes




  Jornalista Rachel Sheherazade comenta condenação de tuiteira e faz belo comentário.

Veja vídeo: Jornalista Rachel Sheherazade comenta condenação de tuiteira e faz belo comentário
Rancorosa, alienada e ignorante, Mayara coitada é digna de pena. Esses foram alguns dos adjetivos proferidos pela jornalista paraibana Rachel Sheherazade, no Jornal do SBT, na noite de quinta-feira (17), para comentar a condenação da tuiteira Mayara Petruso.


A jovem estudante não vai ficar presa por ter discriminado o povo nordestino em sua página no twitter, quando postou que ‘Nordestino não era gente’.


A pena de um ano, cinco meses e 15 dias foi convertida em prestação de serviços comunitários e pagamento de multa de R$ 500.








Prefeitura e Governo se unem para tornar João Pessoa subsede da Copa.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa irá garantir apoio ao projeto do Governo do Estado da Paraíba que visa tornar a Capital paraibana uma subsede da Copa 2014. A adesão ao projeto foi confirmada pelo prefeito Luciano Agra durante reunião na noite de quarta-feira (16) com o secretário estadual de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fábio Maia.


“O Governo Municipal adere à proposta do Estado pela seriedade e qualidade do projeto de incentivo a que João Pessoa possa participar de maneira efetiva como subsede da Copa 2014. Vamos contribuir, na medida do possível, com o que pudermos para que isso possa se tornar realidade e, no final, algo positivo para a população de nossa cidade”, enfatizou Luciano Agra.


O secretário Fábio Maia informou ao prefeito algumas das ações que estão sendo efetivadas pelo governo estadual para que João Pessoa possa vir a ser reconhecida como Centro de Treinamento de Seleções (subsede). Entre os requisitos da Federação Internacional de Futebol (Fifa), é necessário que a cidade possa oferecer um hotel de grande porte e a 20 minutos de distância um centro de treinamento com campo de futebol em dimensões oficiais, mini campo e ainda um parque aquático.


Segundo o secretário, João Pessoa tem pontos positivos em seu favor: a localização, pois está entre as quatro capitais nordestinas sedes da Copa; e ainda seus atrativos naturais. “Nesse processo de tornar a Capital paraibana uma subsede, vamos precisar da parceria da Prefeitura de João Pessoa para avançarmos nas ações e podermos fazer com que a cidade possa participar desse grande evento”, disse ele.


Por telefone - Ainda na noite da quarta (16), o prefeito Luciano Agra, falou por telefone com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, onde reforçou que tanto a Prefeitura de João Pessoa, quanto o Governo do Estado, estão se preparando para que a Capital ganhe mais esta disputa e se torne subsede da Copa do Mundo-2014. Para juntar mais forças, o deputado federal Damião Feliciano, conversou pessoalmente com o presidente da CBF onde solicitou a inclusão da Capital.


Cooperação – No encontro também foram discutidas possibilidades de outras parcerias entre as duas gestões para a área de esportes. Uma delas prevê que os espaços públicos esportivos do Estado, a exemplo do Centro Integrado de Educação Física (antigo Dede), possam ser mais amplamente utilizados pela população em geral, e por alunos da rede municipal de ensino.


A partir do convênio, a prefeitura irá garantir nesses locais uma participação nas atividades de apoio nas áreas de esportes, saúde, educação, limpeza urbana e desenvolvimento urbano a partir de suas secretarias de governo.


“Iremos garantir todo o apoio possível para que esses centros esportivos administrados pelo Estado possam ser utilizados por um maior número de pessoas e estudantes das nossas escolas”, ressaltou o prefeito.


Outra cooperação que poderá ser firmada nos próximos meses é o apoio da PMJP para o projeto de criação de campos de várzea por parte do Estado em outros municípios paraibanos. Em João Pessoa, a prefeitura, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), já construiu 12 ‘campos de pelada’, e outros 20 devem ser construídos até o final desta gestão.


“Queremos conhecer melhor a experiência desenvolvida com sucesso em João Pessoa, conhecer detalhes do projeto, para podermos levar esses campos também a outras cidades”, ressaltou Fábio Maia.








Eleitores estreantes querem melhoras na saúde, educação e transporte.

Eleitores estreantes querem melhoras na saúde, educação e transporteEm outubro, quase 140 milhões de brasileiros devem ir às urnas escolher os prefeitos e vereadores de suas cidades. Desse total, aproximadamente 2,5 milhões, de acordo com dados atualizados em abril pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), vão votar por livre e espontânea vontade. São jovens de 16 e 17 anos que, mesmo sem obrigação, optaram por participar do processo democrático.
Polícia Militar forma primeira turma da Guarda Municipal de Campina Grande-PB.

Pela primeira vez na história, a cidade de Campina Grande vai ganhar uma tropa formada por Guardas Municipais. A primeira turma conta com 80 participantes. Os alunos do Curso para Capacitação de Profissionais da área de segurança, são homens e mulheres que foram aprovados em concurso público da Guarda Municipal realizado pela Prefeitura de Campina Grande, no ano passado.


A capacitação das duas turmas, que acontece simultaneamente, teve início no dia 31 de janeiro desse ano. As aulas teóricas e práticas são ministradas das 7 horas da manhã até às 18 horas, de segunda à sexta-feira e são realizadas na sede do 2 Batalhão de Polícia Militar, em Campina Grande. O treinamento é fruto de um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado, em 2011.


Segundo a coordenadora e instrutora do curso, Capitã Luciana, os alunos recebem todo o material fornecido pela Polícia Militar como: apostilas, canetas, uniformes, armas e munições e adquirem conhecimentos em diversas áreas da segurança como: legislação, defesa pessoal, meio ambiente, direitos humanos, armas não letais e etc. Segundo ela, a primeira turma de Guardas Municipais de Campina Grande "será composta por profissionais com conhecimentos interados aos da Polícia Militar. Eles vão reforçar a segurança pública, e nós da corporação, teremos ainda mais confiança nesse grupo, já que acompanhamos a capacitação de todos", enfatizou.


A formação segue a grade curricular determinada em nível Nacional pelo Ministério da Justiça para Guardas Municipais. São 30 disciplinas distribuídas em 640 horas/aula. Segundo o Tenente-Coronel Souza Neto, Comandante do 2 BPM, o objetivo central do curso é contribuir na construção da identidade profissional da Guarda Municipal, de suas funções e competências específicas, para criar e aperfeiçoar padrões comuns nacionais de organização, gestão e atuação, proporcionando aos integrantes conhecimentos técnicos especializados à execução da atividade. "Essa capacitação é importante porque os prédio públicos terão uma maior segurança e monitoramento, assim como logradouros, trabalho que até então, era realizado por policiais militares. Agora poderemos estender e distribuir esse efetivo militar em outras diretrizes contribuindo para uma maior segurança ao cidadão", disse.


As aulas estão em andamento e seguem até o dia 26 de maio quando, nessa data, vai haver uma grande solenidade de entrega de certificados e conclusão. De acordo com o Comandante, "o importante dessa iniciativa é a sociedade reconhecer que a Polícia Militar da Paraíba não é um órgão que trata hoje apenas da segurança pública, e sim, que por meio de parcerias contribuem para a a formação de outros agentes que diretamente trabalham para a segurança da sociedade. Estamos abertos para novos convênios que possam contribuir para o desenvolvimento da nossa região", concluiu. Os guardas municipais aguardam apenas a nomeação para atuarem nas ruas de Campina Grande. O efetivo municipal também deve contribuir no reforço policial em grandes eventos, como O Maior São João do Mundo que será realizado no próximo mês.








Brasil quer relação de igual para igual com Estados Unidos, diz Patriota.

Brasil quer relação de igual para igual com Estados Unidos, diz PatriotaO ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, afirmou ontem (17) que a visita ao Brasil do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no próximo fim de semana deve representar, sobretudo, o estabelecimento de um novo patamar nas relações entre os dois países. Ele disse que o Brasil quer uma relação de igual para igual, sem confrontação.


“O Brasil quer uma relação de igual para igual. As circunstâncias no mundo de hoje favorecem isso”, afirmou o chanceler. “O Brasil se consolidou como democracia”, acrescentou, lembrando que as fontes renováveis no Brasil são 45% da matriz e que os brasileiros estão envolvidos em vários temas de interesse global.


Patriota disse que o governo do Brasil participa de várias frentes de articulação na América Latina, na África, no Oriente Médio e nos países desenvolvidos. “Estamos em articulação com os nossos vizinhos e com o mundo em desenvolvimento, que oferecem frentes múltiplas de cooperação. Queremos multipolaridade da cooperação, não da rivalidade, do protagonismo e da confrontação”, afirmou.


Segundo o chanceler, a expectativa é que Obama sinalize favoravelmente à reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas e ao ingresso do Brasil como membro permanente. Ele reconheceu, no entanto, que apenas a sinalização não resolverá o impasse que há no órgão em decorrência da divergência interna – dos favoráveis e dos contrários à reestruturação do conselho.


“Uma manifestação dos Estados Unidos não vai afetar dramaticamente os acontecimentos, pois envolve entendimentos nas Nações Unidas, a aprovação da maioria de dois terços [dos 15 integrantes do conselho, ou seja, o apoio de dez países] e a ratificação dos cinco membros permanentes. [Mas] um discurso dos Estados Unidos é um dado significativo”, disse Patriota.


O ministro ressaltou que Obama, em 2009, já havia indicado que tinha interesse em conhecer o Brasil. Segundo ele, esta é a nona visita de um presidente norte-americano ao Brasil e ocorre na melhor fase vivida no país.


“Dos nove presidentes americanos que visitaram o Brasil, esta será a ocasião em que um presidente norte-americano encontrará o país em melhores condições econômicas, políticas e com um perfil internacional elevado, uma diplomacia muito ativa, um alcance verdadeiramente global da diplomacia”, afirmou.







Genival Matias anuncia apoio do PT do B a Wellington Brito na cidade de Cabedelo-PB.

Genival Matias anuncia apoio do PT do B a Wellington Brito na cidade de Cabedelo-PBO presidente estadual do PT do B, deputado Genival Matias, anunciou o apoio de seu partido à pré-candidatura de Wellington Brito (PSB) a prefeito de Cabedelo nas eleições 2012.


Genival esteve reunido com Brito e com o presidente municipal do PTdoB de Cabedelo, Jaêmio Carneiro, na última sexta-feira (11), quando selou a aliança com o pré-candidato socialista na cidade portuária. “O nosso partido fez uma excelente escolha, pois Brito reúne as qualidades que o povo desta cidade busca em seu futuro gestor”, pontuou o deputado.


Genival Matias também lembrou do importante apoio de Wellington a sua candidatura nas eleições de 2010, onde foi o deputado estadual mais votado em Cabedelo. “Isso só confirma a liderança do nosso companheiro na cidade”, ressaltou.


O vereador Wellington Brito agradeceu o apoio do PT do B que fortalece a sua pré-candidatura na cidade portuária. “O PTdoB é formado por pessoas que querem o bem de Cabedelo, assim como eu e o nosso trabalho colherá bons frutos”, destacou.








Santa Rita, Sapé e Mamanguape aparecem entre as cidades do país que mais demitiram em 2012.

Santa Rita, Sapé e Mamanguape aparecem entre as cidades do país que mais demitiram em 2012Das dez cidades brasileiras que registraram o melhor desempenho na geração de emprego formal de janeiro a abril deste ano, nove são capitais de seus respectivos estados, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho divulgados nesta quinta-feira (17).
TRE nega pedido de cassação de Braga, Doda e Trocolli.

SAPÉ: Presidente da Câmara Legislativa convoca gestor para definir Orçamento para 2013.

SAPÉ: Presidente da Câmara Legislativa convoca gestor para definir Orçamento para 2013
O Presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Sapé-PB, Walter Filho, afirmou em entrevista a Rádio Rural que vai convocar o Prefeito João Clemente, além dos Secretários e a toda a população que compareçam na audiência dos dias 22 e 24 de maio onde será realizada a Lei das Diretrizes Orçamentárias.


Para Walter, é de extrema importância que a população sapeense esteja informada dos investimentos e gastos pretendidos pela Prefeitura para o ano seguinte, e que a Câmara tenha que avaliar. Por essa importância, tem-se dado muita ênfase nessas audiências públicas. Segundo o Vereador, é um compromisso que a política do município deve à sociedade.


Também foi debatida uma reforma na Câmara Municipal, onde um prédio pertencente ao Poder Executivo será cedido para o Legislativo, dando mais comodidade a todos os funcionários e aos Vereadores, pois cada terá um gabinete próprio. Além disso, haverá um aumento no número de Parlamentares, de 11 para 15 representantes.








Aprovação escolar na Paraíba é a 5ª menor do país.

Aprovação escolar na Paraíba é a 5ª menor do paísA Paraíba possui o quinto menor índice de aprovação no ensino fundamental do Brasil, segundo Censo Escolar 2011, divulgado pelo Ministério da Educação. No ano passado, o Estado conseguiu aprovar 81,5% dos alunos matriculados entre os 1º e 9º anos das redes pública e privada.


O desempenho deixou o Estado na 23ª colocação do ranking nacional e só ficou acima dos apresentados pelo Rio Grande do Norte (79,7%), Bahia (79,4%), Alagoas (77,2%) e Sergipe (76%).


Apesar disso, especialistas consideraram que o resultado da Paraíba foi positivo, mas poderia ser maior se as políticas públicas fossem melhor aplicadas.


Segundo o Censo, as cinco maiores taxas de aprovação do ensino fundamental do país se concentraram nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste e as piores, apenas no Nordeste.


Em 2011, Mato Grosso ocupou o primeiro lugar no ranking nacional. A taxa do Estado foi de 95,3% e foi seguida pela Santa Catarina (94,7%), São Paulo (94,2%), Minas Gerais (90,7%) e Goiás (89,7%). Enquanto isso, os cinco menores desempenhos foram da Paraíba (81,5), Rio Grande do Norte (79,7%), Bahia (79,40%) Alagoas (77,2%) e Sergipe (76%).


A professora doutora em Educação da Universidade Federal da Paraíba, Maria do Socorro Nascimento, considerou a taxa de aprovação de 81,5% como uma cifra positiva da Paraíba. Ela explicou que o Estado possui dificuldades políticas e sociais que afetam diretamente a qualidade do ensino.


“São peculiaridades sócio políticas e culturais, nas quais as políticas públicas que visem a melhoria da educação (em todos os níveis) são, quando existentes, insuficientes e ineficazes para responder às demandas da população”, argumenta.


Para a docente, o desempenho do Nordeste não se deve à falta de políticas públicas, mas sim ao mau uso delas. “Vivemos numa sociedade na qual a exclusão social é princípio fundamental, uma vez que as oportunidades não são iguais para todos. Seria interessante, se as antigas esquerdas, hoje de alguma forma ocupando postos 'no poder', investissem em projetos educativos que atacassem a corrupção e a velha ideia do 'se dar bem agora e não se importar com o depois', não apenas no âmbito da educação, mas também em outros setores”, observou.








Funasa anuncia construção de 1.500 cisternas de placas em municípios da PB.

Funasa anuncia construção de 1.500 cisternas de placas em municípios da PBA superintendente da Funasa na Paraíba, Ana Cláudia Vital do Rêgo, anunciou a liberação de R$ 10 milhões para a construção de 1.500 cisternas de placas, dentro do programa 'Brasil sem Miséria'. As cidades contempladas são Campo de Santana (50), Campina Grande (300), Cuité (70), Nova Floresta (50), Congo (100), Alcantil (100), São José de Espinharas (140), Bom sucesso (50), Brejo do Cruz (50), Mato Grosso (50), Boa Ventura (100), Conceição (100), Diamante (100), Santana de Mangueira (140) e Serra Grande (100).


De acordo com a Funasa, os recursos só serão liberados após os municípios assinarem o termo de compromisso. Segundo Ana Cláudia, a escolha dos municípios é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social, de acordo com a demanda de cada um. "A gente faz a distribuição das cisternas de acordo com a demanda de cada município", afirmou a superintendente da Funasa.


Ela disse que o município que apresenta uma maior demanda de cisterna é Campina Grande. Só no ano passado foram liberadas 300 cisternas, num total de 1.300 destinadas para o município. "Na verdade, a demanda é muito maior. Mas como a quantidade é pouca a gente faz dentro de um critério que contemple todos os municípios", afirmou Ana Cláudia.








Pesquisador diz que não há motivo para alta no preço do milho.

Pesquisador diz que não há motivo para alta no preço do milhoA proximidade do São João e o período de seca podem fazer do milho um dos vilões do orçamento dos paraibanos. Apesar dos valores já terem subido nas feiras livres da Paraíba, um pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) considera a mudança oportunista. Segundo Walter Milton Cartaxo, os grãos vendidos nas feiras e supermercados da Paraíba não são produzidos em municípios que sofrem com a seca. O abastecimento estaria garantindo com a produção de áreas irrigadas de outros estados, o que não justificaria a alta de preços.


"Alguns produtores argumentam que a oferta está muto baixa e a demanda está muito alta, então quer aumentar o preço. É uma coisa que preocupa porque nós vivemos à mercê da produção feita fora", explicou. Para ele, os produtores de localidades não atingidas pela seca estariam se aproveitando da situação e inflacionando o preço do alimento no momento de repassá-los ao comércio. Enquanto nas feiras do Sertão o preço do quilo do feijão chega a R$ 10, nos supermercados pode ser encontrado por R$ 3, segundo o pesquisador.


Everton Bronzeado, assessor técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), também acredita que o aumento é abusivo. Segundo ele, a produção de milho na Paraíba não é destinada à venda, mas seria de subsistência, voltada para o consumo próprio dos agricultores e suas famílias.


A seca, neste caso, estaria afetando na produção e venda de legumes e hortaliças. "A perda foi praticamente total para quem plantou mais cedo nas chuvas de fevereiro e nós não temos perspectiva de chuva para os próximos dias", lamentou.


Para a comerciante Francisca de Oliveira, que trabalha há 50 anos na Feira Central de Campina Grande, não vai faltar milho no São João. "A gente está recebendo de Ibimirim, em Pernambuco, Limoeiro do Norte, Boqueirão, de algumas cidades do Brejo paraibano", explica.





POSTADO POR FOCO PB/DEMAIS FONTES DE NOTICIAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário