4 de maio de 2012

NOTICIAS DA HORA VEJAM NO FOCO PB.

Cehap é parceira em novo projeto financiado pelo Minha Casa Minha Vida.

Renda familiar mínima é de R$1,4, prazo de financiamento chega a 30 anos

  
As pessoas interessadas em realizar o sonho da casa própria têm mais uma opção em João Pessoa. A Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), em parceria com a CRE Engenharia, disponibiliza todas as informações necessárias para quem pretende financiar um apartamento através do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. São 368 unidades em construção no Bairro dos Novais, com preço a apartir de R$70 mil. A renda familiar mínima é de R$1.450,00. O prazo de financiamento chega a 30 anos.

O Residencial Jesus Misericordioso vai disponibilizar churrasqueira, academia, mini campo de areia, parques, espaço cumunitário com depósito, copa, duchas e banheiros, vias pavimentadas e drenadas, rede de esgotamento sanitário e uma vaga de estacionamento por apartamento. O condomínio será construído na Rua General Pedro Gonçalves Medeiros, no Bairro dos Novais.

De acordo com Adriana Casemiro, assistente social da Cehap, os apartamentos com área de 50,41m² terão dois quartos sendo um suíte, sala, copa e cozinha, área de serviço, banheiro social, ponto de antena coletiva, porteiro eletrônico, registros de água e energia individuais. Algumas unidades ainda são adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Os interessados no Residencial Jesus Misericordioso vão passar por uma análise de crédito (Serasa, Receita Federal, SPC, e Cadastro Nacional de Mutuários). Todos receberão orientações sobre a análise de renda familiar.

A Cehap vai aproveitar a demanda de inscritos e também realizar novas inscrições no setor de Ação Social (telefones: 3213-9479 e 3213-1335). Quem já tem inscrição na Cehap deve apresentar uma via ao órgão. A prefeitura de João Pessoa também vai disponibilizar as inscrições dos interessados em adquirir o imóvel.




TRE devolve cargo de Sérgio da Sac; vereador deve voltar à CM terça.

Com o retorno do vereador, Djanilson deverá deixar o parlamento

Sérgio da Sac volta imediatamente a Câmara
Por 4 votos a 0, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) absolveu, nesta sexta-feira (4), o vereador Sérgio da Sac (PSL) e determinou que o ex-vereador retorne de forma imediata a Câmara de Vereadores de João Pessoa.

Sérgio da Sac havia sido cassado em 1ª instância Sérgio da Sac foi cassado em junho de 2011 pelo juiz da 64ª Zona Eleitoral, Fabiano Moura de Moura acusado de distribuir material esportivo para o esporte amador no bairro do Valentina em época eleitoral.

Sérgio da Sac deverá voltar a  fazer parte do parlamentar pessoense já na próxima terça-feira (12).

Com a decisão da Justiça Eleitoral, o vereador Djanilson da Fonseca (PPS), que assumiu o mandato há pouco mais de uma semana,  deve deixar o mandato .

Djanilson assumiu  na condição de segundo suplente no lugar de Felipe Leitão (PP), que foi cassado por compra de voto nas eleições 2008.





Senador Cícero Lucena diz que está aberto ao diálogo com o Luciano Agra.

Para Cícero, o diálogo deve ser uma prática de todos que fazem política


O senador Cícero Lucena (PSDB) declarou nesta sexta-feira (4) que está aberta a uma conversa com o atual prefeito de João Pessoa Luciano Agra (PSB).

Para Cícero Lucena, o diálogo sempre é possível e deve ser uma prática de quem faz política.

“Sendo para o bem de João Pessoa, eu estou aberto ao diálogo”, afirmou o tucano durante entrevista ao Correio Debate, da 98 FM.

O ex-prefeito de João Pessoa disse que pode até ter alguma divergência com o socialista em relação à gestão que está sendo feita na Capital do Estado, mas, se for o caso de um entendimento em “favor da cidade” ele está sempre aberto ao “diálogo”.





Estela destaca importância da participação popular no Orçamento Democrático.

Estela destaca importância da participação popular no Orçamento Democrático
A pré-candidata à Prefeitura de João Pessoa, Estelizabel Bezerra (PSB), foi até a comunidade São Luís, no Bessa, na noite desta quinta-feira (3), e falou sobre a importância da participação popular nas reuniões do Orçamento Democrático (OD). “O governo socialista tem respondido às demandas da população, a partir das prioridades definidas pela população durante as reuniões do OD”, destacou.

Estela afirma, entretanto, que há, ainda, um grande número de comunidades com alto índice vulnerabilidade, devido à negligência das gestões passadas. “Levaremos um certo tempo para a conclusão de todas as demandas que reconhecemos que são legítimas, mas estamos avançando em comum acordo com a população e a capacidade orçamentária prevista anualmente”, afirmou.

Um total de 219 famílias, com uma média de oito pessoas morando em cada casa,  residem na comunidade São Luís, localizada às margens do rio Jaguaribe, próxima às comunidades São Rafael e São Miguel, no bairro. “Atualmente, existem 110 comunidades no município que apresentam uma situação mais emergencial. Dessas, 48% se localizam às margens de rio”, lembrou.

A pré-candidata do PSB aponta que a gestão realizada pelo Partido Socialista Brasileiro está interferindo positivamente nas comunidades que estão em situação de ocupação irregular, transformando-as em zona de interesse social, para que a população possa ter infraestrutura e urbanização, proporcionando uma melhor qualidade de vida.

“O fato é que o orçamento 2012 é da ordem de apenas R$ 1 bilhão e 700 mil, que se distribui, entre outros, em 18% para a área da Saúde, 28% para a Educação e apenas 10% para a infraestrutura, tendo em vista a necessidade de atender as demandas mais urgentes e antigas, as quais deixaram de ser realizadas ao longo das outras gestões”, pontuou.




Nonato ‘parafraseia’ discurso de Cássio para dar o tom da campanha em JP.

Nonato ‘parafraseia’ discurso de Cássio para dar o tom da campanha em JP SINTONIA: pré-candidato do PPS na Capital ‘parafraseia’ discurso de Cássio para dar o tom da campanha em JP

O pré-candidato a prefeitura de João Pessoa pelo PPS, Nonato Bandeira, sem querer querendo, acabou adotando o mesmo discurso do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para dar o tom da campanha eleitoral na Capital paraibana. Assim como Cássio, Nonato deixou claro que quem decide quem é ou não oposição é o povo e é esse mesmo povo quem decidirá a eleição.

“Nós como integrantes desse projeto socialista em João Pessoa nos sentimos coparticipes do avanço dessa gestão, por isso quem deve definir quem ocupa espaço de oposição é o povo, o que nós temos em mente é que não fugiremos da raia de forma nenhuma”, destacou o socialista em entrevista a reportagem do PB Agora.

Ainda ontem, em entrevista a imprensa, o senador Cássio Cunha Lima destacou que o povo é responsável pelo desfecho da eleição e não o político A ou o político B. Na ocasião, Cássio tecia comentários sobre a recente mudança do apoio do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande em prol da pré-candidatura da deputada Daniella Ribeiro, do PP. “O povo observa, vê as mudanças, tira suas próprias conclusões e é quem define as eleições”, destacou.

Nonato fez questão ainda de desmistificar qualquer tipo de racha com o PSB pelo fato de o partido possuir uma candidatura própria. “Tenho minha modéstia participação no Governo, além disso, o líder de Agra, que é do PSB, na Câmara, é um filiado do PPS e nós somos um partido da base aliada e é bom deixar claro que estamos trabalhando para ampliar esse projeto que já é vitorioso”, falou.

Também como Cássio Cunha Lima, Nonato condenou a tentativa de ‘estadualização’ das eleições municipais por parte de alguns adversários. “A eleição é municipal então o debate vai girar em torno da gestão municipal”, defendeu.

Sobre o comentário da vereadora Sandra Marrocos, que teria dito que Estelizabel é a única candidata do grupo e que o restante é oposição, Nonato minimizou e preferiu não inflamar a polêmcia. “Não ouvi o comentário de Sandra, apenas tomei conhecimento, mas é sempre bom agente vê o contexto em que isso foi dito, tenho carinho por ela que ajudou a construir esse projeto, assim como eu também dei minha modesta colaboração”, ressaltou. 





Preso adolescente considerado o terror de Mari

Um adolescente de 16 anos foi apreendido nesta quinta-feira (3), no bairro Vermelho, na cidade de Mari, no Brejo da Paraíba. O adolescente é acusado de ser autor de vários crimes, entre eles assassinatos.
adolescente
Além dele, mais dois adolescentes e o ex-presidiário Jerônimo Araújo da Silva, 29 anos, foram presos. A operação policial teve a participação do Tenente Souto, cabo J Silva, soldado Ribeiro e o capitão Kelton da Cia. de Polícia Militar de Sapé.
Contra o adolescente havia um mandado de prisão expedido pela justiça de Mari. Ele será encaminhado para o Centro Educacional do Adolescente, localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.





 POSTADO POR FOCO PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário