8 de abril de 2012

BLOG FORÇA TATICA POLICIAL

COLISÃO PARTE VEÍCULO AO MEIO E DEIXA DUAS PESSOAS MORTAS


 
Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente grave ocorrido na manhã deste domingo (8) na rodovia AL 130, que liga as cidades de Santana do Ipanema e Olho d’Água das Flores.

A colisão envolveu os veículos Honda Civic, de cor prata e placa MVD 7007, e um Gol, de cor branca e placa GOV 5463.

Segundo os primeiros levantamentos da polícia, o condutor do Honda Civic, Shiraley Soares de Queiroz, acabou atingindo a traseira do Gol, fazendo com que o mesmo se partisse ao meio.

Três pessoas estavam no Gol: o motorista, Anderson Souza Silva; seu filho Karl Anderson Ferreira Souza, de 10 anos, e outra pessoa apenas identificada por Jonas. Na colisão, o garoto Karl Anderson e Jonas acabaram morrendo no local. Anderson foi socorrido para o hospital de Santana do Ipanema.

Shiraley, motorista do Honda Civic acabou saindo sem ferimentos graves, isso porque o sistema de “AirBag” de seu veículo foi acionado, evitando maiores lesões.

Agentes da Polícia Civil estiveram no local do acidente para fazer os primeiros levantamentos e logo acionaram uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) para a remoção dos corpos.
 
 
 
 
 
 
 

MÃE É PRESA POR COMPRAR VIBRADOR PARA FILHA DE 13 ANOS


Em Divinópolis, município do interior de Minas Gerais, Sara Silva Oliveira Rios, de 42 anos foi presa na tarde de ontem por violação do artigo 224 do Código Penal. O referido artigo trata como estupro presumido quando menores de 14 anos são expostos a situações de natureza sexual, mesmo que aja consentimento por parte do menor.

Sara é mãe da menor P.S.O.R., estudante do oitavo ano do Ensino Fundamental da Escola Presidente Itamar Franco, e atleta da seleção juvenil de futebol feminino de Divinópolis. A menor havia pedido de presente de aniversário um vibrador para a mãe, que por ser adepta da sexualidade sem tabus comentou na loja com as vendedoras que era “pra embrulhar de presente, pois ela daria a filha”.

A vendedora da Sex-Shop que é professora no turno matutino, ministra aulas de Ensino Religioso para a filha de Sara, achou aquilo um absurdo e denunciou para o conselho tutelar a intenção da mãe. O Conselho Tutelar investigou o caso e flagrou a menor levando o presente para mostrar as amigas na escola.
Sara quando perguntada na delegacia se ela não se sentia responsável pela precocidade da iniciação sexual da filha, disse que a filha já possui vida sexual ativa desde os 12 anos e que o vibrador “seria apenas um plus a que toda mulher tem direito”.

Quando o delegado insistiu em questioná-la sobre a precocidade a resposta foi ainda mais assombrosa. Dr. Carlos Almeida Sobrinho perguntou: “O que você acha da sua filha aos 12 anos já ter vivido experiências sexuais com tantos homens?” Sara se resumiu a dizer: “Que bom que ela gosta do babado, né? Deus me livre ter uma filha que gosta de ‘lamber bife’. Deus me livre”.

Sara pode ser condenada a quatro anos de detenção e perder a guarda da filha. O pai preferiu não se manifestar sobre o caso. Disse apenas que não sabia sobre a vida sexual da filha e que acha estranho “uma menina que ainda brinca de bonecas pedir um presente tão estranho para a própria mãe”.






POSTADO POR FOCO PB.
 
 
 
 
 
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário