22 de março de 2012

Zezinho do Botafogo ressalta importância do Dia Internacional da Síndrome de Down



 









O vereador Zezinho Botafogo (PSB) destacou na manhã do (21/03) as homenagens referentes ao dia internacional da síndrome de down que ocorre nesta data em todo o país. O parlamentar lembrou que a data ganha maior dimensão, já que será celebrada pela primeira vez em 193 países, graças a uma moção apresentada pelo Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU).



“Temos abraçado esta causa justa no parlamento mirim, propondo ações do poder público no sentido de estabeleçam diretrizes eficazes para a educação inclusiva. Não é possível construir um país inclusivo sem inclusão escolar, porta para a cidadania de todo estudante. Alunos de escolas especiais tem que estar na escola regular” ressaltou o vereador.

Diversas ações educativas são realizadas em todo o Brasil neste dia 21 de março em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down, alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21. Atualmente, a data ganha boa notícia. Com os avanços da medicina, a expectativa de vida dos portadores da modificação genética subiu de cerca de 15 anos, em 1947, para 70. Os dados são da Santa Casa de São Paulo.

Segundo dados do IBGE, o número de casos no país supera os 300 mil. A Síndrome de Down pode atingir um entre 800 ou 1000 recém-nascidos.

Destaca-se de autoria do vereador Zezinho Botafogo a Lei nº 12.167/2011 que Dispõe sobre a semana de conscientização sobre síndrome de down e o programa municipal de orientação sobre síndrome de donw para profissionais das áreas de saúde e educação.

Hoje também é o dia municipal da síndrome de down, criado através de lei também de autoria do parlamentar. Ser portador da Síndrome de Down nunca impede das pessoas voarem longe e correr atrás de seus sonhos:

- A jovem Tahiana, de 27 anos supera mais uma barreira e vai contar sua experiência de vida na sede da ONU (Organização das Nações Unidas) nesta quarta-feira(21/03). Atualmente, ela apresenta programas de TV, transmitidos por canais comunitários no estado de São Paulo.

- O judoca carioca Breno Viola, de 31 anos é atleta do judô. Aos três anos de idade, ele já demonstrava aos pais o amor pela carreira que seguiu e que defende hoje pelo Clube de Regatas Flamengo.

- Kalil Assis, 21 anos, é sinônimo de determinação, passou no vestibular de geografia da Universidade Federal de Goiás, apesar da síndrome de down.

- A atriz mirim Joana quebrou barreiras e participou em 2006 da novela Página da Vida, da Rede Globo.
As pessoas antes ignoravam os deficientes; eles eram como invisíveis. Não é questão de o dia ser comemorado, mas o que ela representa. É a oportunidade para essas pessoas contarem um pouco mais sobre a vida delas e como vivem.

POSTADO POR FOCO PB/SITE OFICIAL DO VEREADOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário