13 de março de 2012

Sem Adriano, Corinthians volta à briga por Tevez.

Sem Adriano, o Corinthians poderia voltar à disputa para ter Carlos Tevez. Segundo publica nesta terça-feira o diário inglês Daily Mail, o clube está considerando uma nova oferta pelo atacante do Manchester City depois de ter anunciado nesta segunda-feira a rescisão do contrato do jogador brasileiro.
Para embasar a informação, o site do veículo traz declarações do diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade. Este afirma que os dirigentes da entidade "se sentarão para conversar" e "sem dúvida irão atrás de outro jogador de qualidade". Ele aponta ainda que os fãs "podem descansar tendo certeza de que o time" será fortalecido.

Embora Andrade em nenhum momento cite o nome de Tevez, o diário aponta que a possibilidade de "reviver a oferta" pelo argentino foi "regularmente discutida" no clube. A opção mais viável para os paulistas seria um empréstimo até o fim de julho, porém a ideia não agrada ao Manchester City, que já recusou negociações do tipo com outras equipes.

Ainda na gestão de Andrés Sánchez, o Corinthians oficializou uma proposta de R$ 90 milhões em julho de 2011 para tirar o atacante do City. Não houve acordo, porém, quanto à forma de pagamento até o fim da janela de transferências do verão europeu.

Tevez entrou em litígio com o técnico do time azul de Manchester, Roberto Mancini, que acusou o atleta de ter se recusado a entrar em campo em 27 de setembro, durante o segundo tempo da partida contra o Bayern de Munique, na Alemanha, pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Por causa disso, o argentino foi afastado dos treinamentos com a equipe principal. Recentemente, contudo, ele pediu desculpas e vem participando de jogos com o time reserva do City. Segundo a imprensa inglesa, o atacante poderia voltar a atuar pelo Campeonato Inglês contra o Chelsea, em 19 de março.

Ainda de acordo com o Daily Mail, o Corinthians também se entusiasma com a possibilidade de repatriar Nilmar, que teve uma passagem pelo Parque São Jorge entre 2005 e 2007. O jogador deixou de ser relacionado para os compromissos do Villarreal em janeiro, enquanto negociava com o São Paulo, mas voltou a defender o time espanhol normalmente após a transferência não dar certo.



POSTADO POR FOCO PB/DIÁRIO DAILY MAIL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário