19 de março de 2012

Ritmo acelerado mostra mudança no cenário às margens da PB-008



Com um quarto da obra executada, a construção do Centro de Convenções de João Pessoa mantém o ritmo acelerado e as edificações já despontam grandiosas às margens da PB-008, em Jacarapé. Em um mês, os 30 pilares do prédio do centro de congressos foram erguidos e toda a superestrutura (pilares e vigas) está 30% concretada. Os pilares variam entre nove e 23 metros, dando um aspecto de ladeira ao teto. O prédio do teatro está com um quarto concluído, dando ideia do tamanho e altura da edificação.

As obras do mirante e das dependências da feira de exposição, que fazem parte da primeira etapa do complexo, estão bastante adiantadas. O mirante chegou à metade da sua altura final e está no nono piso, ou seja, com mais de 25 metros de altura. Já o prédio da feira de exposição está com quase todos os arcos do teto instalados, se preparando para receber a coberta.

Os estacionamentos 1 e 2 que, juntos, representam 70% do total de vagas oferecidas no complexo, já estão concluídos, e o estacionamento 3 está com mais da metade da obra executada. Esses estacionamentos terão capacidade para mais de mil veículos, com vagas exclusivas para ônibus e pessoas com necessidades especiais.

Homenagem aos trabalhadores – Em visita recente ao Centro de Convenções, o governador Ricardo Coutinho informou que vai homenagear todos os trabalhadores envolvidos na obra com uma placa listando os seus nomes. O superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Orlando Soares, disse que já passou a demanda ao setor de arquitetura, para que a placa seja incluída no projeto do complexo.

Estrutura – O complexo do Centro de Convenções vai contar com quatro edificações: o prédio do mirante, com 55 metros de altura; a feira de exposição e eventos, com 19 mil metros quadrados; o centro de congressos, com mais de 13 mil metros quadrados de área; e o teatro, com capacidade para mais de três mil pessoas.

O espaço do centro de congressos poderá servir como auditório para 2.340 pessoas ou ser moldado em oito espaços diferentes, para eventos simultâneos. Já o prédio da feira de exposições e eventos terá 15 mil metros quadrados destinados à área livre para estandes.

O teatro, que deve ser entregue na última etapa do projeto, terá capacidade para 3.042 lugares. O complexo contará ainda com estacionamento para 1.020 carros, sendo 19 vagas exclusivas para pessoas com necessidades especiais, além de 22 para ônibus.



POSTADO POR FOCO PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário