23 de março de 2012

Presos fazem rebelião no Complexo Penitenciário do Serrotão



O 2º Batalhão da Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros mobilizaram equipes e entraram no Complexo Penitenciário do Serrotão na manhã desta sexta-feira (23), para uma operação de segurança. De acordo com o comandante do batalhão, tenente coronel Souza Neto, houve um princípio de rebelião. O confronto entre os presos teria sido causado porque integrantes de uma facção rival teriam tentado invadir um dos pavilhões. Até as 11h40, ainda não havia informações oficiais sobre presos machucados ou se houve alguma morte durante o tumulto.

De acordo com Souza Neto, a sexta-feira é dia de visitas e o tumulto teria começado antes da entrada de parentes, que foi suspensa. Os presos teriam jogado pedras pelos muros da unidade, o que motivou as equipes policiais a fazerem uma barreira e interditar a rua de acesso ao Complexo do Serrotão. Os parentes ficaram do lado de fora aguardando notícias sobre o ocorrido.

Às 9h55, o comandante informou que as equipes do Choque e do Gate fizeram um cerco ao complexo e iniciaram uma operação nos pavilhões. "Estamos entrando em cada pavilhão, revistando, fazendo a contagem e identificando os presos", declarou. O objetivo é fazer um "pente fino" para verificar se há feridos ou mortos e apreender materiais que estejam sendo usados irregularmente.

"Depois que a situação for controlada e todos os presos forem colocados de volta às celas, entregaremos o presídio em segurança à direção, que poderá retomar a administração", explicou o comandante sobre o trabalho.
 
 
POSTADO POR FOCO PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário