4 de março de 2012

Pré-candidato agenda coletiva para provar que não é político ‘Ficha Suja’

Pré-candidato diz que não é de agora que ele está sendo vítima de perseguição política


 O pré-candidato a prefeito de Cabedelo, Luceninha (PMDB), vai conceder uma entrevista coletiva no o dia 9 deste mês para rebater informações divulgadas na imprensa de que ele não poderá ser candidato nas eleições 2012.

As especulações começaram a ser levantadas porque Luceninha foi condenado em 2008 por propaganda irregular pela Justiça Eleitoral, sob a acusação de cometer abuso de poder econômico e político. Na ação, Luceninha, que à época presidia a Câmara Municipal de Cabedelo, foi acusado de utilizar carros alugados ao Poder Legislativo em favor de sua candidatura.

O peemedebista alega que está sendo vítima de perseguição política e pretende mostrar que é ‘ficha limpa’. Segundo ele, essa perseguição vem acontecendo desde o outubro do ano passado quando tentaram tirar o comando do partido dele.

Ele reconhece que chegou a ser multado pela Justiça Eleitoral, mas isso não tiraria dele o direito de disputar a eleição na ‘Cidade Portuária’.

O local e a hora da coletiva não foram informados pelo pré-candidato.



POSTADO POR FOCO PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário