2 de março de 2012

Manoel Jr. afirma apoio a Maranhão, mas não irá coordenar campanha do PMDB


O deputado federal Manoel Júnior descartou, durante entrevista coletiva, o racha no PMDB, confirmou apoio à pré-candidatura de José Maranhão a prefeito de João Pessoa nas eleições 2012, mas descartou a possibilidade de coordenar a campanha do ex-governador. "Vamos ajudar como militante, eleitor e ajudar na construção do plano de governo do PMDB", disse.


Manoel Júnior afirma apoio a Maranhão, mas nega que irá coordenar campanha em JP
O deputado federal Manoel Júnior descartou, durante entrevista coletiva, o racha no PMDB, confirmou apoio à pré-candidatura de José Maranhão a prefeito de João Pessoa nas eleições 2012, mas descartou a possibilidade de coordenar a campanha do ex-governador. "Vamos ajudar como militante, eleitor e ajudar na construção do plano de governo do PMDB", disse.

O parlamentar afirmou que a desistência de sua pré-candidatura a prefeito nas eleições deste ano em favor de Maranhão foi discutida com o vice-presidente da República, Michel Temer, e com o senador Valdir Raupp e adiantou que seu sonho de governar a cidade continua. "Continuo querendo governar essa cidade, meu sonho não acaba agora".

Indagado sobre um possível apoio do senador Cícero Lucena à candidatura de Maranhão, Manoel Júnior falou que não terá o 'atrevimento' de falar em nome do tucano, mas a partir de agora será iniciado o diálogo com os partidos. "O PMDB vai buscar aliança e dialogar com os partidos para possíveis composições".
Ele justificou a ausência do ex-governador José Maranhão que informou estar em compromisso já agendado.

Manoel Júnior ainda aproveitou a entrevista para alfinetar as administrações do governador Ricardo Coutinho e do prefeito Luciano Agra, ambos do PSB. "Nós vivemos numa ditadura da fala, na ditadura da expressão, onde impera a lei da mordaça".

coletiva

 POSTADO POR FOCO PB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário