7 de março de 2012

Cássio abre o jogo sobre eleições em JP, fala da arrancada de Cícero e diz que situação do PSB segue ‘indefinida’


Cássio abre o jogo sobre eleições em JP, fala da arrancada de Cícero e diz que situação do PSB segue ‘indefinida’ O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) resolveu abrir o jogo e falar, nesta quarta-feira (07), sobre o pleito de João Pessoa, a candidatura de Cícero Lucena (PSDB) e a relação com o PSB de Ricardo Coutinho.

Primeiramente o tucano destacou que trabalha pela manutenção da aliança com o PSB em nível estadual, no entanto, pontuou que a aliança pode não ser estendida para o âmbito municipal já que tratam de pleitos distintos.

Na atual conjuntura, Cássio ainda destacou a arrancada da pré-candidatura tucana em relação aos demais postulantes. Cássio esclareceu que o quadro do PSB é indefinido já que dois postulantes estão no páreo pela preferência popular, Nonato Bandeira (PPS) e Estelizabel Bezerra (PSB).

“No PSB estamos com um quadro praticamente indefinido, que se completa com a desistência de Agra. Existe um quadro indefinido, até lá muita conversa vai rolar como ferramenta fundamental. De certo até agora só a pré-candidatura de Cícero Lucena, o restante é indefinido”, disse.

CONVERSAS COM RICARDO COUTINHO

Cássio ainda revelou que vem conversando com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para que os pleitos municipais não interfiram na aliança estadual. “O que tenho conversado com Ricardo Coutinho é que não possamos permitir que a eleição municipal seja um entrave, pois nós sabemos que em nenhum estado tem a reprodução da aliança estadual para as eleições municipais”.

Ainda conforme Cássio, para que a aliança no âmbito estadual permaneça, a ferramenta fundamental será o diálogo. “Não há outro caminho para se construir a estrada do entendimento. Queremos preservar a aliança estadual e é natural que em casa cidade haja uma conjuntura diferente”, asseverou.

As declarações de Càssio foram veiculadas no programa Correio Debate, da 98 FM


POSTADO POR FOCO PB/PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário