5 de dezembro de 2011

Vasco vai em busca de até seis reforços para 2012

Roberto Dinamite na concentração do Vasco (Foto: Gustavo Rotstein / GLOBOESPORTE.COM)                                                                                         (Foto: Gustavo Rotstein / GLOBOESPORTE.COM).
Roberto Dinamite confia em time mais forte
Embora tenha terminado o ano de forma intensa, envolvido na disputa de dois títulos, o Vasco encontrou tempo para traçar sua meta no que diz respeito a reforços para 2012. Mesmo satisfeita com o desempenho do elenco na última temporada, a diretoria entende que será necessária a contratação de alguns nomes, principalmente para a disputa da Libertadores. Segundo o diretor executivo Rodrigo Caetano, a busca incluirá o time titular.
- Vamos trabalhar com calma, mas o objetivo é reforçar nosso elenco com cinco ou seis peças, sendo que três dessas chegando com status de titular. O mais importante é que a base será mantida e esse é o nosso grande reforço - afirmou.
O clube prefere se resguardar quanto a possíveis nomes, mas especula-se que lateral esquerda, zaga e ataque serão os principais alvos do Vasco no mercado.
O técnico Cristóvão Borges elogiou o elenco do Vasco e destacou a campanha da equipe na temporada. No entanto, admitiu que, principalmente depois dos feitos da última temporada, o elenco precisará de novidades.
- Claro que o grupo precisará de reparos e retoques. Agora, a exigência é de acordo com o nível do Vasco e nós sabemos disso. Vamos aproveitar o que fizemos de bom e nos reforçar para dar uma resposta à altura do lugar onde estamos - frisou.
Com o fim da temporada, diretoria e comissão técnica intensificarão as reuniões para traçar o planejamento em relação ao elenco que será formado em 2012. Porém, independentemente de quem sejam os integrantes, o Vasco tem a certeza de que formará um grupo ainda mais forte.
- Vamos reforçar o time e torná-lo ainda mais competitivo. Em 2012, nossa situação vai melhorar muito, em contratações e infraestrutura do clube - prometeu o presidente Roberto Dinamite.





POSTADO POR MARTINS/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário