11 de dezembro de 2011

"Privataria Tucana" vende 15 mil exemplares em menos de 48 horas.


O livro de Amaury Ribeiro Jr., "Privataria Tucana", vendeu 15 mil exemplares em menos de 48 horas e já está em sua segunda edição. Um verdadeiro recorde para o mercado editorial alternativo do Brasil, já que a editora Geração, desde de 1922, tem a marca da esquerda. O livro, que custa R$ 34, 90 no site da editora, também está em promoção na livraria Saraiva. Pelo rede, se espalham piadas e notícias ilárias sobre a reação tucana à reportagem bomba.


No livro "A Privataria Tucana", o jornalista Amaury Ribeiro Junior, traz à tona o esquema de arapongagem liderado pelo ex-governador tucano, conhecido como "Caso Fence", e denunciado pelo parlamentar petista. 

O silêncio da mídia sobre o livro tem sido motivo de idignação e piada pela rede. Entre as mais apreciadas está uma capa da Veja (abaixo) criada especialmente pelos internautas para revelar o sentimento da revista com relação lançamento do livro.


O vídeo "Reação em cadeia", satiriza a atitude da atriz Regina Duarte, uma das maiores apoiadoras dos tucanos, sobre o lançamento do livro:



O site 247 afirma que Serra tentou comprar o estoque do livro bomba. "O ex-governador José Serra telefonou ontem à noite para a loja da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, pedindo para reservar todos os 50 exemplares do livro "Privataria Tucana", do jornalista Amaury Ribeiro Júnior, que tinham acabado de chegar. O pedido foi negado, segundo uma fonte da livraria que preferiu não se identificar. Mas os livros sumiram das prateleiras da loja mesmo assim. Foram todos comprados ontem mesmo.", diz a matéria.

Serviço:
"A privataria tucana"
Autor: Amaury Ribeiro Jr.
Formato: 16 x 23 cm.
Páginas: 344
Categoria: Reportagem-denúncia
Preço: R$ 34,90















POSTADO POR GENILDO ALVES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário