31 de dezembro de 2011

Marinha corrige informações equivocadas sobre atividades em Aratu (BA).




A Marinha do Brasil esclareceu na noite de ontem (30) que não vetou o tráfego noturno de embarcações regularizadas na região da base naval de Aratu. O esclarecimento, o segundo da semana, foi enviado por mensagem a jornais que divulgaram informação equivocada de que teria sido suspenso o transporte noturno de passageiros, o que estaria acarretando transtorno a moradores da região. Segundo a nota, “não há nenhuma restrição ao tráfego noturno de embarcações destinadas ao tráfego de passageiros na área mencionada, desde que as mesmas estejam classificadas para este tipo de operação e regularizadas junto à Capitania dos Portos do Estado da Bahia.”

Restauração de casa da Base foi iniciada há mais de um ano

Outro esclarecimento da Marinha enviado esta semana a jornais, e divulgado em informe do Ministério da Defesa, corrigiu informação, também errada, segundo a Força, de que a Marinha teria reformado uma residência oficial da Base de Aratu, a Casa da Boca do Rio, especialmente para receber a Presidenta da República. Na nota, a Marinha explica que a obra começou há mais de um ano, em outubro de 2010, e não tem vínculo com a agenda presidencial.
Veja abaixo a íntegra das duas notas da Marinha do Brasil:

NOTA I – TRAVESSIA DE EMBARCAÇÕES DE PASSAGEIROS ENTRE PARIPE/MARÉ
MARINHA DO BRASIL
COMANDO DO SEGUNDO DISTRITO NAVAL
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Salvador,BA.
Em 30 de dezembro de 2011
TRAVESSIA DE EMBARCAÇÕES DE PASSAGEIROS ENTRE PARIPE/MARÉ
Com relação à matéria publicada nesse jornal, na edição de hoje, na qual foi noticiado que o tráfego noturno de embarcações foi proibido entre o Terminal de Passageiros de São Tomé de Paripe e a Ilha de Maré, o Comando do Segundo Distrito Naval esclarece que as operações naquele terminal, envolvendo embarcações autorizadas para o transporte de passageiros, ocorrem rotineiramente no período diurno, entre as 06:00 e 19:00 horas, quando há intenso movimento de passageiros, principalmente de estudantes e pessoas que trabalham em Salvador.
O Comando do 2º Distrito Naval esclarece ainda que não há nenhuma restrição ao tráfego noturno de embarcações destinadas ao tráfego de passageiros na área mencionada, desde que as mesmas estejam classificadas para este tipo de operação e regularizadas junto à Capitania dos Portos do Estado da Bahia.
Comando do Segundo Distrito Naval
Assessoria de Comunicação Social
NOTA II – REFORMA DA CASA DA BOCA DO RIO, NA BASE NAVAL DE ARATU
“Em atenção à sua solicitação, a Marinha do Brasil (MB) informa que a restauração da Casa da Boca do Rio, na Base Naval de Aratu, na Bahia, foi iniciada em outubro de 2010, não tendo, portanto, relação com a recente agenda da Presidenta da República no estado.
A decisão de reformar a residência ocorreu antes, portanto, num contexto em que foi verificada a necessidade de restauração de diversos Próprios Nacionais Residenciais (PNR) que fazem parte do 2º Distrito Naval da Marinha.
Como previsto no contrato, as obras de melhoria da casa foram concluídas este ano, no final de novembro. Antiga residência funcional da MB, a construção estava degradada, com redes de água, esgoto e energia elétrica que não mais ofereciam condições adequadas para operação e manutenção.
O projeto de restauração incluiu a substituição de materiais deteriorados e a troca de eletrodomésticos antigos por outros de baixo consumo de energia. O processo de aquisição desses equipamentos e de mobiliário iniciou-se após o encerramento das obras de engenharia civil.
Parte desses equipamentos já foi entregue pela contratada e o restante deverá ser entregue até o prazo final estabelecido em contrato, que é de 60 dias.



POSTADO POR GENILDO ALVES/Centro de Comunicação Social da Marinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário