15 de dezembro de 2011

Jornalista envolvido em acidente com Legacy é condenado no Paraná.

 

Por dois votos a um, Tribunal de Justiça condenou Joe Sharkey.
Jornalista deverá pagar multa de R$ 50 mil e se retratar por declarações.

O jornalista norte-americano Joe Sharkey foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) a pagar uma multa de R$ 50 mil e a se retratar diante do povo brasileiro. O julgamento começou em novembro, quando dois dos três desembargadores votaram a favor da condenação. O último voto, proferido nesta quinta-feira (15), julgou improcedente a ação. Sharkey poderá recorrer da decisão em até 15 dias após a sentença ser publicada.
Joe Sharkey era um dos passageiros do avião Legacy que se acidentou com um jato da Gol, em 2006. No acidente, morreram 154 pessoas. Logo após o acidente, o norte-americano escreveu uma série de textos no jornal New York Times e no seu blog pessoal, nos quais criticava a justiça brasileira, a mídia e as autoridades que investigaram o acidente.
O processo foi movido pela presidente da Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907, Rosane Gutjhar. O marido dela foi uma das vítimas. Segundo ela, a intenção inicial do processo foi pedir apenas que Sharkey se retratasse perante as declarações que escreveu. Em entrevista ao G1, em novembro, ela declarou que o dinheiro será destinado ao Hospital das Clínicas, em Curitiba.




POSTADO POR MARTINS/G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário