29 de dezembro de 2011

INSS: 1.500 vagas para nível médio. R$4.496 mensais.




INSS: 1.500 vagas para nível médio. R$4.496 mensaisQuem sonha em conquistar um emprego na área federal com estabilidade e boa remuneração deve ficar atento, pois estão abertas, até 11 de janeiro, as inscrições do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). São 1.875 vagas imediatas, das quais 1.500 são para o cargo técnico do seguro social e 375 para o de perito médico. Os vencimentos são de R$4.496,89 e R$9.070,93, respectivamente.

Os candidatos farão as provas na localidade onde pretende concorrer à vaga.

Além das oportunidades imediatas, o INSS pode vir a convocar, durante o prazo de validade de um ano, podendo dobrar, pelo menos, 50% a mais de aprovados - conforme prevê legislação. Nesse caso, mais 938 (750 técnicos e 188 peritos) profissionais poderão tomar posse.

O cargo de técnico exige o nível médio (antigo 2º grau) e o de perito graduação em Medicina e inscrição no conselho regional de classe. Às remunerações de R$4.496,89 e de R$9.070,93, respectivamente, já estão inclusos auxílio-alimentação (R$304) e as gratificações.

As inscrições são aceitas no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, até as 14 horas do último dia do prazo. As taxas são de R$51,70 (técnico) e R$61,70 (perito) e devem ser quitadas, em qualquer banco, até 11 de janeiro. Quem desejar pode se inscrever para os dois cargos, já que as provas serão feitas em turnos diferentes.

Os candidatos que não dispuserem de acesso à internet podem fazer a inscrição em um dos postos credenciados. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira (somente dias úteis), das 9h às 12h ou das 13h às 17h.

Os aprovados serão contratados pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia, e cumprirão carga de trabalho semanal de 40 horas. Os primeiros 1.050 (900 técnicos e 150 peritos) classificados serão convocados em março. As demais nomeações irão ocorrer em julho (500 técnicos e 100 peritos), outubro (125 peritos) e novembro (100 técnicos).

A critério do INSS, os aprovados dentro do número de vagas para as agências que ainda se encontram em construção poderão ser lotados provisoriamente nas unidades de abrangência, indicadas no anexo I do edital.



POSTADO POR GENILDO ALVES/Folha Dirigida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário