14 de dezembro de 2011

Injeção que pode tratar esquizofrenia.



352407 injecao 20100323124819 Injeção que pode tratar esquizofrenia
Nova injeção para tratamento da esquizofrenia

O que é esquizofrenia

A esquizofrenia é um problema psiquiátrico que leva a alucinações visuais e auditivas. Além desses sintomas pode ocorrer depressão, diminuição da capacidade de raciocínio, abstração e perda de interesse por atividades que antes eram prazerosas. Os sintomas levam o indivíduo à exclusão da sociedade.
Segundo o Ministério da Saúde (OMS), cerca de 1% da população mundial sofre dessa doença. O mecanismo que leva ao desenvolvimento dos quadros esquizofrênicos ainda não está completamente elucidado. O que se sabe é que pode estar relacionado a hereditariedade, pois há uma maior ocorrência em pessoas da mesma família. Porém, também ocorre esporadicamente, sem que se tenha algum parente acometido.
A esquizofrenia se manifesta mais frequentemente entre o fim da adolescência e o início da vida adulta.

Os tratamentos e o novo medicamento

O grande problema do tratamento atual para a esquizofrenia é a grande taxa de abandono do tratamento. Esse novo medicamento em forma de injeção, que chega ao Brasil ainda esse mês, ajudará no combate a desistência do tratamento. Isso se deve ao fato de que não será mais necessário tomar diariamente uma grande quantidade de comprimidos (coquetel), a injeção deverá ser administrada apenas uma vez ao mês.
Acredita-se que diminuindo a frequência de remédios haverá uma menor taxa de abandono ao tratamento.
Muitos pacientes cortam a medicação quando não se dão conta de que estão doentes. Isso ocorre em cerca de 50 % dos casos, normalmente um ano após o início das medicações. Essa interrupção pode agravar os sintomas da doença e aumentar a ocorrência de surtos psicóticos.

A injeção

O novo medicamento, que foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é o palmitato de paliperidona, um bom antipsicótico.
Os aspectos positivos da nova droga são, principalmente, a diminuição do abandono do tratamento por ser administrada apenas uma vez ao mês e a diminuição dos efeitos colaterais, que também são apontados como razão para que os pacientes abandonem os remédios.
Os medicamentos, sobretudo os mais antigos, podem desencadear aumento de peso, rigidez muscular, tremores e salivação. Esses efeitos levam a desistência da tomada de remédios, porém, o novo medicamento mostrou uma quantidade muito menor e menos intensa de efeitos colaterais, mas eles ainda acontecem. Entre os efeitos observados na injeção estão a insônia, aumento de peso corpóreo e dores de cabeça. Mesmo assim, é uma nova alternativa para quem sofre de esquizofrenia.
Para controlar esses efeitos indesejáveis, muitos pacientes usam outras drogas.
352407 CleanShaven10 Injeção que pode tratar esquizofrenia
Um dos sintomas da esquizofrenia é a alucinação auditiva



POSTADO POR GENILDO ALVES/MUNDO DAS TRIBOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário