15 de dezembro de 2011

Cinco cidades da Paraíba concentram 58% do PIB.



Essas cidades somam R$ 16,6 bi da riqueza produzida na Paraíba. João Pessoa lidera ranking.

IBGE e Ideme apresentaram dados da pesquisa
Apenas cinco municípios paraibanos concentram quase 58% das riquezas produzidas no Estado. Dados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios, divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual da Paraíba (Ideme), revelam que apenas João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita e Patos concentraram 57,9% do PIB do Estado, em 2009.
Juntos, essas cinco cidades somaram R$ 16,6 bilhões do PIB, enquanto que os outros 218 municípios somaram R$ 12,099 bilhões. Não houve alteração no ranking dos cinco maiores PIBs do Estado, mas um pequeno aumento na concentração das riquezas. Em 2008, estas cidades detinham 57,69% das riquezas produzidas em todo o Estado, somando R$ 14,8 bilhões.
O município com o maior PIB é a capital, que somou R$ 8,6 bilhões, tendo uma participação de 30,1% na formação do PIB do estado, que em 2009 (ano base da divulgação), gerou R$ 28,7 bilhões em riquezas. O segundo município com a maior participação no PIB estadual foi Campina Grande (R$ 3,89 bilhões), seguido de Cabedelo (R$ 2,32 bilhões), de Santa Rita (R$ 1,13 bilhão) e de Patos (R$ 615 milhões). (Veja o quadro).
A concentração das riquezas em apenas alguns municípios, segundo o economista Geraldo Lopes, do Ideme, apesar de ser algo que precisa ser modificado e precisa de políticas públicas que proporcionem um crescimento de outros municípios do estado, é algo comum em várias unidades da federação. “Esta concentração não acontece só na Paraíba, vários outros têm apenas cinco cidades com participação de 50% ou mais no PIB.
Isto se deve à forma como a nossa economia se desenvolveu no Brasil, partindo do Litoral, com a cultura da cana-de-açúcar, para o interior”, avaliou.
Na outra ponta da tabela de participação do PIB, com as menores produções de riquezas do Estado, estão Quixaba (R$ 8,2 milhões), Areia de Baraúnas (R$ 8,8 milhões), São José do Brejo do Cruz (R$ 8,94 milhões), Amparo (R$ 9,38 milhões) e Coxixola (R$ 9,45 milhões). Assim como a Paraíba, segundo o IBGE, Amapá, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Mato Grosso também têm mais de 50% do PIB concentrado em apenas cinco cidades.
Apesar de ter participação de mais de 30% no PIB do Estado, a soma das riquezas produzidas na capital paraibana representa apenas 0,3% do PIB Nacional. Desde 2007, João Pessoa mantém esta participação e é a 20ª capital no ranking do PIB do país.
Em 2009, a Paraíba registrou crescimento real de 1,6% sobre o ano anterior. O PIB atingiu R$ 28,718 bilhões ante R$ 25,696 bilhões em 2008, um aumento de R$ 3,022 bilhões em valores absolutos.

POSTADO POR FOCOPB/Jornal da Paraíb
a

Nenhum comentário:

Postar um comentário