27 de novembro de 2011

PMJP inaugura Unidade de Saúde da Família no João Paulo nesta segunda.




Uma ação que irá beneficiar cerca de quatro mil famílias será entregue à população do 


bairro


 João Paulo II na segunda-feira (26). A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) 


inaugura


 a Unidade de Saúde Integrando Vidas (USF) no bairro com objetivo de melhorar a 


qualidade


 do atendimento fornecido à comunidade.

Thais Mattos, gerente de Atenção Básica à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 


destacou que aproximadamente 16 mil pessoas serão beneficiadas com a inauguração da


 Unidade de Saúde. “A inauguração da Unidade de Saúde Integrando Vidas é fruto do 


trabalho da Secretaria de Saúde de João Pessoa em parceria das comunidades do Nova


 República, Citex, João Paulo II e Funcionários II 1ª etapa, que participaram de forma ativa


 das discussões das prioridades”, destacou Thais.

A gerente ressaltou que foram gastos aproximadamente um milhão de reais apenas com a 


construção da obra, além de mais de R$ 200 mil em equipamentos. Na unidade, serão 


oferecidas consultas médicas, de enfermagem e odontológicas. No local serão instaladas 


salas de curativo equipada e de observação com verificação de sinais vitais, bem como


 serão fornecidos exames de citologia oncótica, nebulização, atividades coletivas de


educação em saúde, atividades de promoção e prevenção da saúde, visitas domiciliares, 


marcação de consultas e exames “on-line”, vacinação, eletrocardiograma e raio X 


odontológico.

Até o final do ano, está para ser inaugurada uma nova USF no bairro do Grotão. Até o 


próximo ano, outras nove unidades de saúde da família que já se encontram em obras 


serão inauguradas em João Pessoa. “Desde de 2005 a SMS vem estruturando a rede de


 saúde com finalidade de qualificar o cuidado aos usuários, ampliando as ações da Atenção 


Básica na busca da estruturação das linhas de cuidado, dando mais possibilidades de maior


 resolutividade e o cuidado integral”, afirmou Thais.








postado por glycimar botelho/secom-pm.

Nenhum comentário:

Postar um comentário