22 de novembro de 2011

Conferência definirá política de desenvolvimento rural e sustentável da Paraíba.


O Governo do Estado criará uma política de desenvolvimento rural sustentável e solidário que contemple os setores produtivos, as forças sociais e as diversidades territoriais da Paraíba. As diretrizes de política serão debatidas durante a 2ª Conferência Estadual do Desenvolvimento Rural, que será realizada pela Secretaria Estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca nos dias 5 e 6 de dezembro.

Com o tema “Desenvolvimento rural com inclusão produtiva e social”, a conferência será aberta às 9h, no auditório do Senac, centro de João Pessoa e debaterá irrigação, bovinocultura, caprionovinocultura, piscicultura e aquicultura, atividades não-agrícolas, algodão, cana de açúcar, horticultura, orgânicos/agroecológicos e fruticultura.
Também estarão presentes nos debates temas transversais como territórios rurais, assistência técnica e extensão rural; ciência, tecnologia e inovação; reforma agrária e matriz energética.
O evento contará com participação de representantes do poder público –estadual e municipal – de agricultores, produtores rurais, empresários, assentados, quilombolas, povos e populações tradicionais, jovens, povos indígenas, pescadores, artesãos, empreendedores da economia solidária, comerciantes, industriais, professores, estudantes e organizações não governamentais.
O secretário estadual do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Marenilson Batista, afirmou que a construção dessa política, passa pela participação dos diversos segmentos e atores sociais, no estudo e aprofundamento de proposições. Segundo ele, elas devem considerar as novas realidade do setor rural e suas dinâmicas.
Ele lembrou que o debate sobre o desenvolvimento sustentável e solidário vem ganhando força na sociedade e nos conselhos estaduais, fóruns e comissões, instâncias de proposição e controle social de políticas públicas para o meio rural.
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca e suas empresas vinculadas vêm debatendo o desenvolvimento rural sustentável na perspectiva de construir uma política estadual que promova a sustentabilidade, a inclusão produtiva e social, a diversidade, a igualdade e a solidariedade na Paraíba rural, disse Marenilson.


POSTADO POR GENILDO ALVES/SECOM-PB .

Nenhum comentário:

Postar um comentário