13 de novembro de 2011

Como pedir demissão corretamente.

Planejar a sua saída da empresa, pensar em prazos, marcar uma reunião com o chefe e ser educado são fundamentais.

Chegou o momento em que o atual trabalho não representa mais uma atividade interessante, e pedir demissão  parece ser o caminho mais viável. Mas, como deixar uma empresa sem fechar as portas? Algumas dicas são válidas para quem quer sair do emprego corretamente. 309154 demissão Como pedir demissão corretamente
O primeiro passo, é ficar quieto a respeito da decisão tomada, mas tem que ficar calado mesmo. Não adianta não “contar nada para ninguém” e ficar falando para amigos e parentes pelo telefone, bem ao lado do colega de trabalho. Essa é uma atitude incorreta, pois caso a empresa faça uma contra proposta atraente, vai ficar complicada ter de explicar-se para todo mundo depois.
Em seguida, veja a magnitude do cargo ocupado, se haverá alguém que poderá substitui-lo rapidamente, ou se será exigido um treinamento para tal. Isso requer um planejamento para poder sair do trabalho. Coloque-se no lugar do chefe, e imagine o quanto ele precisa de alguém ali, no seu cargo. Portanto, se ofereça para treinar alguém.
Marque uma reunião com o chefe  e mostre a ele que o assunto é sério, que não deve ser conversado no corredor ou rapidamente na mesa dele, ele precisa entender que o que será dito é de grande importância. Ele é a peça importante de todo esse processo de decisão, pois é a partir dele que poderá haver uma contra oferta interessante ou, simplesmente, a assinatura embaixo do termo de rescisão de contrato de trabalho.
Na reunião com ele, é importante  mostrar o quanto a empresa fez e ainda faz parte da sua vida, que agora a decisão é de continuar seguindo o caminho, mas que ali foi bem especial para a formação da sua carreira. Alguns exemplos mais comuns são “Estou decidido a seguir a carreira em outro lugar, por conta de projetos especiais que tenho, mas aqui foi muito importante para minha formação, para minha vida, gostaria de sair de portas abertas” ou, em casos em que a cultura da empresa não tem a ver com o seu estilo, também é válido o argumento “Eu acredito que a cultura da empresa e das minhas experiências são um pouco diferentes, mas mesmo assim adquiri bastante experiência, foi fundamental para mim….”
A honestidade, a objetividade, a educação, a calma e a clareza são fundamentais para que a demissão possa ser pedida da melhor forma possível e a empresa possa  recebê-lo se for preciso algum dia. Assim, essas dicas são válidas, caso haja uma nova oportunidade.


POSTADO POR WASHINGTON ALENCAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário