22 de outubro de 2011

Revista POLITIKA traz nesta sexta pesquisa eleitoral em oito municípios.


Circulando com assinantes, formadores de opinião pública e nas bancas de jornal a partir do meio-dia desta sexta-feira (dia 20, amanhã), a revista POLITIKA traz em sua edição de nº 07, a 2ª rodada de pesquisa de intenção de votos sobre o pleito municipal de 2012 em oito cidades, entre elas João Pessoa e Campina Grande, os maiores colégios eleitorais do Estado.

A 1ª rodada de questionários feita pelo Instituto OP-Data, Agora, quatro meses depois, faltando exatamente um ano para o início da apuração do conteúdo das urnas eletrônicas, novamente a revista abordará este assunto polêmico às vésperas de mais um pleito eleitoral para preenchimento dos cargos de Prefeito, na Paraíba.

Foram ouvidos quase 7.000 eleitores em diversas regiões paraibanas, incluindo a Capital e o interior, com grau de segurança e confiabilidade nos resultados em torno de 95%.

Antecipando o clima de pré-campanha que já se consolida em toda parte, O FOCO PB e a REVISTA POLITIKA trará muitas surpresas, como fortes candidatos surgidos com excelente desempenho, saídos praticamente do nada (porque nem sequer pontuaram na pesquisa anterior) e outros “figurões” tidos como bons de voto e que simplesmente sumiram dos quadros e gráficos, despencando pelas tabelas.























Pesquisa aponta empate técnico entre Luciano Agra, Zé Maranhão e Cícero Lucena…

PolíticaPB com Politika
O FOCOPB, com absoluta exclusividade (quatro meses depois da primeira consulta popular realizada aqui no Estado), a segunda grande rodada de pesquisa eleitoral revelando as intenções de votos dos pessoenses. A pesquisa mostra um empate técnico entre os três principais pré-candidatos a prefeitura da Capital.

Na Capital do Estado, o prefeito Luciano Agra (PSB), que disputa a reeleição, permanece em 1º lugar, embora tenha registrado uma leve queda de 2,6% frente ao seu principal oponente, o ex-senador e ex-governador José Maranhão (PMDB), que também caiu 1,6 pontos percentuais.

O único précandidato a prefeito que obteve crescimento, nos últimos quatro meses, foi o senador Cícero Lucena (PSDB), que subiu 1,9%.

O trabalho foi feito na Capital pelo instituto OP-DATA – Pesquisa de Opinião Pública, com sede em Fortaleza/Ceará e que tem intervalo de confiança de 95%, com a margem de erro variando entre os percentuais de 3,2% e 3,9% (para mais ou para menos). Foram ouvidos na Capital 1.500 eleitores.

Daniella cresce 11,5% e aparece como a primeira colocada para prefeitura de CG

PolíticaPB com Revista Polítika
O FOCOPB, com absoluta exclusividade (quatro meses depois da primeira consulta popular realizada aqui no Estado), a segunda grande rodada de pesquisa eleitoral revelando as intenções de votos em oito dos maiores municípios paraibanos, escolhidos entre as principais cidades do Estado: João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos, Bayeux, Sousa, Cajazeiras e Cabedelo.

E as pesquisas para a sucessão municipal nas principais cidades paraibanas trazem uma surpresa em Campina Grande. A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) saiu da 3ª para a 1ª colocação, entre as duas rodadas de pesquisa, pontuando com o dobro das intenções de votos, entre junho e outubro.

Na pesquisa de junho Daniella aparecia com 12,5% das intenções de votos. Em outubro a deputado foi para 24%, um crescimento de 11,5%.
Diogo Cunha Lima (recém-filiado ao PSDB) caiu 6,7%, mas permanece em 2º lugar. Em junho o tucano obteve 24,7% das intenções de voto, caindo para 18% em outubro.

O vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) praticamente permaneceu no mesmo patamar, embora tenha caído de 2º para 3º colocado. Rômulo tinha 18% em junho e, em outubro, ele aparece nas pesquisas com 17% das intenções de voto.

Foram ouvidas 1.120 pessoas em Campina Grande. O trabalho foi feito na Capital e nos sete maiores colégios eleitorais do Estado pelo instituto OP-DATA – Pesquisa de Opinião Pública, com sede em Fortaleza/Ceará e que tem intervalo de confiança de 95%, com a margem de erro variando entre os percentuais de 3,2% e 3,9% (para mais ou para menos).



POSTADO POR EQUIPE FOCOPB/OP-DATA PESQUISAS/REVISTA POLITIKA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário