21 de outubro de 2011

RedeTV nacional aponta autoridades da PB como chefes de grupos de extermínio…


Uma matéria de quase 30 minutos na RedeTV nacional apontou como comandantes de milícias criminosas na Paraíba dois membros do alto escalão da Polícia Militar do Estado.
Durante o progarama ‘Aconteceu’, exibido na noite desta quinta-feira (19), o ex- coronel kelson Chaves e o capitão Gutemberg foram acusados de serem os chefes de um grupo de extermino, com atuação atuação na Paraíba.
Segundo a matéria, a milícia além de executar os ‘inadimplentes’ do tráfico de drogas, ainda vendem os serviços de segurança pública a empresas privadas, a exemplo de grandes supermercados da cidade.
Em horário de trabalho e fardados, policias foram flagrados de prontidão nesses locais dando segurança exclusiva.
Quem participa do programa como entrevistado é o deputado federal Luiz Couto (PT), relatora da CPI da Milícias no Brasil. Couto deu detalhes de como funciona a organização e disparou: “Eles são braços armadas de crime organizado”.
Quem também aparece nas imagens é o Coronel Euler, atual comandante da Polícia Militar da Paraíba. O oficial é irmão de Coroel Kleson, alvo das acusações.
“Como é que vai se investigar um grupo de extermínio contando com a poio da Polícia Militar, onde o comandante geral é irmão de um dos possíveis envolvidos?”, questiona uma testemunha ‘chave’ das investigações, durante a matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário