13 de outubro de 2011

PSB define Conselho Político amanhã.



As direções estadual e municipal do PSB se reúnem próxima sexta-feira com o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra para discutir a formação do Conselho Político do Partido que será instalado já na próxima semana, porém, ainda sem data definida.  O Conselho será constituído pelas legendas que estarão aliadas ao projeto de reeleição do prefeito para as próximas eleições municipais.
Conforme afirmou o presidente do diretório estadual do PSB, Edvaldo Rosas, a formação do Conselho tem como finalidade reunir todos os partidos alinhados com o projeto político socialista para que eles possam contribuir com o programa de Governo da legenda para o pleito eleitoral de 2012. “O Conselho deve servir para que os partidos que pretendem estar presente no arco de alianças com o PSB possam contribuir para a gestão do prefeito à sucessão, ou seja, como o próprio nome diz, possam aconselhar”, esclareceu.
Apesar de os diálogos com as legendas ainda estarem em andamento, Edvaldo afirmou que 13 partidos já confirmaram que irão ocupar assentos no Conselho. Segundo ele, esses partidos são o PPS, PDT, PP, PT, PSD, PSDC, PTC, PTN, PTdoB, PCB, PRP, PRB e PSL. Dessa lista, aquele que deverá enfrentar dificuldade para permanecer aliado com o PSB até as eleições é o PT que se encontra atualmente bastante dividido entre aqueles que defendem a manutenção com esta aliança, que foi estabelecida desde as eleições municipais de 2008, e aqueles que apóiam candidatura própria.
No entanto, segundo afirmou o presidente, o PT é uma aliado de "primeira hora" do PSB e que inclusive atua na administração municipal. “Com certeza o Partido dos Trabalhadores estaria presente no Conselho Político, porque é um aliado nosso desde 2008, sem falar que o partido trabalha na atual gestão municipal, então, essa questão de candidatura própria é uma coisa que só será realmente definida em junho do próximo, daqui para lá muitas coisas ainda vão acontecer”, destacou Edvaldo.
Edvaldo ressaltou que a executiva municipal do PSB ainda está mantendo conversação com partidos como PTB, PCdoB e PHS. O PTB ainda não definiu sobre que posicionamento seguir para próximas eleições municipais.
Depois de ter sofrido uma baixa no último pleito eleitoral, sem ter conseguido eleger nenhum quadro em âmbito estadual e federal, a direção do partido preferiu ocupar uma posição política neutra, isto é, sem se definir como situação ou oposição aos Governos socialistas no Estado e na Capital.


POSTADO POR GENILDO ALVES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário