4 de outubro de 2011

Mulher mata sua companheira com 12 facadas.



Mulher mata a sua amante com 12 facadas por causa de um DVD 
A jovem Renata da Silva, de 25 anos, foi assassinada por volta das 10h30min desta segunda-feira pela sua própria companheira com quem vivia há quase cinco anos. As duas já não vinham se entendendo muito bem nos últimos dias com seguidas discussões envolvendo o casal de lésbicas. Na manhã de hoje, Rita de Cássia Batista Gonçalves, de 30 anos, apanhou uma faca e desferiu 12 golpes contra a amante. O perito criminal, Raimundo Pequeno, disse que há golpes nas mãos, pois a vítima tentou se defender.
Rentato da Silva
As duas residiam no imóvel de número 454 em um vilarejo na Travessa Potengi (Bairro Seminário) no município de Crato. Vizinhos testemunharam sobre os conflitos dos últimos dias e, provavelmente, Renata teria quebrado o aparelho DVD pertencente à sua companheira. O fato motivou nova discussão a ponto de atrair uma irmã da vítima até o local. Rita de Cássia não se intimidou e até dirigiu ameaças à cunhada caso esta avisasse à polícia.
Quando a irmã de Renata se retirou, houve um novo e último conflito entre as duas. Com uma faca em punho, Rita passou a desfechar os golpes matando-a ali mesmo. No momento em que a viatura do Ronda do Quarteirão chegou ao imóvel ainda encontrou a acusada com a arma do crime na mão. Renata já se encontrava morta sobre a cama e ao lado do aparelho DVD que foi o estopim da confusão. O Tenente Rubens e os Soldados George, Xavier, Tiago Alves ,Gildásio e Miguel levaram a acusada para a delegacia onde foi autuada em flagrante e vai responder por homicídio.
postado por Elson Gomes/papagaiodonordeste.blogspot.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário