17 de outubro de 2011

Empresário do setor de reciclagem é morto a tiros em lixão na Paraíba.

Crime aconteceu na noite de domingo (16) em Cruz do Espírito Santo.
Polícia informou que ainda não tem suspeitos para o assassinato.

Um empresário do ramo da reciclagem, de 47 anos, foi morto a tiros na noite de domingo (16). O crime aconteceu no lixão da cidade de Cruz do Espírito Santo, na Zona da Mata paraibana. A polícia informou que ainda não tem suspeitos para o homicídio.
Segundo a Polícia Militar do município de Sapé, que atendeu a ocorrência, Sebastião Cirilo da Rocha Neto, de 47 anos, viajou de João Pessoa até Cruz do Espírito Santo dirigindo um caminhão caçamba, transportando materiais recicláveis. Ele estava acompanhado de um funcionário.
Segundo relato do funcionário à polícia, quando eles chegaram ao local havia um rapaz que supostamente estava catando lixo e que ele teria atirado contra o empresário. Conforme o ajudante, o suspeito agiu no momento em que ele estava em cima do caminhão despejando os materiais recicláveis. O homem disse que correu ao ouvir os disparos e se escondeu em um matagal nas proximidades.
De acordo com a Polícia Militar de Sapé, o empresário foi morto com três tiros. O corpo dele está na Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de João Pessoa, onde vai ser examinado. O caso é investigado pela Polícia Civil de Sapé, que tenta identificar o autor dos tiros. Pelas características da abordagem, a primeira hipótese é de que o crime tenha sido uma vingança ou acerto de contas, porém as suspeitas da motivação ainda não foram divulgadas.


POSTADO POR GENILDO ALVES/G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário