21 de outubro de 2011

Cícero desconversa sobre repasse de comando do PSDB a Cássio.

O senador Cícero Lucena participou hoje de manhã no Teatro do Sesi, em João Pessoa, de um seminário que discutia a destinação de resíduos sólidos. Ele foi instigado a comentar a declaração dada ontem pelo presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, que admitiu o repasse do comando do ninho tucano paraibano ao senador Cássio Cunha Lima, cuja diplomação e posse deve se dar nos próximos dias, após conseguir a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para ser diplomado.

Inicialmente, Cícero foi perguntado sobre quando seria a eleição para o diretório estadual: “Não sei, não. Meu mandato foi prorrogado. Não sei se terá eleição este ano, não”, foi a resposta do tucano.

Especificamente sobre a possibilidade de Cássio ser o novo presidente do PSDB, a resposta de Cícero foi a seguinte: “Sérgio sempre foi um companheiro muito valoroso, estivemos juntos durante todo o processo e, com certeza, a eleição daqui será discutida em um momento oportuno”.

Tema pacífico, a posse de Cássio no Senado foi abordada por Cícero de maneira mais tranquila. “O Senado, na hora que a Justiça Eleitoral diplomar Cássio e for oficializado ao Senado, o Senado imediatamente lhe dará posse”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário