20 de outubro de 2011

Avião não-tripulado dos EUA atirou contra Gaddafi, dizem militares americanos.

Militares de alta patente dos Estados Unidos confirmaram nesta quinta-feira que o comboio no qual viajava o ex-ditador Muammar Gaddafi, composto por quinze veículos, foi atacado por um avião não-tripulado dos EUA e depois foi cercado pelos revolucionários, que capturaram o ditador.
Os militares afirmaram à rede de televisão NBC que a aeronave lançou um míssil contra a caravana que transportava Gaddafi durante sua tentativa de fuga de Sirte, sua cidade natal.
Segundo os oficiais, que pediram anonimato, tanto o avião americano, um drone Predator, como uma aeronave de combate da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) dispararam contra o comboio e acertaram vários veículos.

Reprodução
Reprodução da AL jazeera
Reprodução da emissora de TV Al Jazeera, com sede no Qatar, mostra ex-ditador Muammar Gaddafi morto

De acordo com os militares, Gaddafi conseguiu escapar por uma tubulação de esgoto, onde foi capturado pelas forças do Conselho Nacional de Transição (CNT).
Mais cedo, o ministro da Defesa da França, Gérard Longuet, anunciou que aviões franceses identificaram e "pararam" o comboio no qual estava o ex-ditador antes que fosse atacado em terra por forças líbias do novo regime.
O comboio, "de várias dezenas de veículos", foi "parado quando tentava fugir de Sirte, mas não foi destruído pela intervenção francesa", explicou Longuet à imprensa.
ATENÇÃO: o vídeo a seguir contém imagens agressivas
Depois os combatentes líbios do Conselho Nacional de Transição (CNT) chegaram, destruindo os veículos dos quais "retiraram o coronel Gaddafi", acrescentou o ministro.
Segundo Longuet, um caça Mirage-2000 francês recebeu a ordem do comando conjunto da Otan "de impedir o avanço dessa coluna" e após o ataque do avião ao comboio das forças do CNT "foram destruídos os veículos, deixando mortos e feridos, entre os quais, segundo foi confirmado posteriormente, estava o coronel Gaddafi".
 
 
POSTADO POR TV FOCOPB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário