27 de setembro de 2011

Telejudiciário contabiliza 1,8 milhão de consultas.


Um total de 1,8 milhão de consultas e 85 mil certidões emitidas somente em 2011. Esses são números do telejudiciário do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ), que completa hoje 15 anos de instalação. O serviço tem como característica principal a informação processual ao cidadão e a emissão de certidões judiciais, a fim de facilitar a consulta e tornar a Justiça mais célere.
Atualmente, o prazo de entrega para uma certidão, que antes era de sete dias, foi reduzido para 48 horas, conforme informou a assessoria de imprensa do TJ. Segundo o presidente do órgão, desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, o telejudiciário aproxima a Justiça da população.
Para facilitar ainda mais o acesso do usuário que deseja consultar processos, o atendimento remoto também está sendo feito através de uma central telefônica, pelo número 3216-1581, e na internet pelo site do TJ.www.tjpb.jus.br

Os atendimentos ainda foram estendidos a 10 comarcas no interior: Bayeux, Santa Rita, Guarabira, Campina Grande, Pombal, Patos, Catolé do Rocha, Itaporanga, Sousa e Cajazeiras, além do Anexo do TJ, Fórum Cível, Fórum Criminal e Fórum Regional de Mangabeira, instalados em João Pessoa.
Fios soltos oferecem risco à população na capital.

Nas ruas da região central de João Pessoa é cada vez mais comum a presença de fios soltos ou pendurados nas calçadas. Além de oferecer risco de acidentes aos pedestres, quando o fio é condutor de corrente elétrica, o material solto também pode atrapalhar o percurso de pedestres e veículos. A assessora da Energisa informou que os técnicos da empresa fazem vistorias regulares em toda capital para verificar o estado de manutenção da rede.

postado por Genildo Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário