21 de setembro de 2011

Procuradoria rejeita pedido de Hervázio e nega arquivamento da CPI dos Outdoors.

O procurador geral da Assembleia Legislativa da Paraíba, Cecílio Ramalho, deu parecer desfavorável ao pedido feito pelo deputado Hervázio Bezerra (PSDB), líder do governo na AL, que pleiteava o arquivamento da CPI dos Outdoors.

A Procuradoria considerou o recurso de Hervázio intempestivo, ou seja, fora do prazo. Com isso, o presidente da Casa, Ricardo Marcelo (PSDB), pode dar andamento à instalação da Comissão que pretende investigar a exposição das imagens dos deputados que votaram contra a permuta dos terrenos entre o governo do Estado e o empresário Roberto Santiago.

A permuta causou a maior polêmica. Após a votação, o Fórum de Defesa do Desenvolvimento da Região Sul fez publicar fotos os deputados que votaram contra a permuta, acusando-os de votar contra o shopping de Mangabeira, que resultará da troca de terrenos.

Os deputados entraram na Justiça e conseguiram retirar os outdoors. Agora, eles querem saber quem é o responsável. Eles acusam o governo do Estado.


postado por Genildo Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário