30 de setembro de 2011

Janduhy Carneiro oficializa rompimento com RC.




Rompimento
João Pessoa (PB) - Uma verdadeira crise anunciada na base aliada estourou nesta quinta-feira (29), na Assembléia Legislativa da Paraíba. O deputado estadual Janduhy Carneiro (PPS) confirmou o rompimento com o governador Ricardo Coutinho e anunciou que daqui para frente terá uma postura de independência.

O parlamentar decidiu oficializar o novo posicionamento após a exoneração de algumas indicações suas terem sido publicadas no Diário Oficial do Estado, segundo ele, como forma de retaliação a votação contrária ao Governo na matéria sobre a terceirização da Saúde.

“Eu não vou fazer da CCJ, uma secretaria de Governo porque se fosse fazer dessa forma, eu estaria manchando a minha honra. Acima de cargos está a minha dignidade e a da nossa família”, desabafou.

O deputado ainda fez questão de informar que votará todas as matérias do Governo usando o bom senso e a razão.

“Para quem entende de uma forma diferente e pensa em retaliar não posso fazer nada. O Governo pensa que me atinge exonerando pessoas ligadas a mim, sem lembrar ele que estas mesmas pessoas trabalharam e contribuíram para sua vitória, andando de madrugada pelas ruas do Sertãom empenhados na campanha do governador”.

Para Janduhy, o Governo acabou atingindo seus próprios eleitores. “Não foram as pessoas ligadas a mim que ele exonerou, foram seus próprios eleitores que o ajudaram a hoje ser governador do Estado, mas se ele não tem o sentimento de gratidão, nós temos que ter a paciência e tolerância com essa criatura”, disse se referindo ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

Mesmo tendo estado com Ricardo Coutinho desde o início do Governo, o parlamentar confidenciou que, assim como os parlamentares da oposição, ele também não teve a oportunidade de ser recebido no Palácio pelo chefe do Executivo.

“Ricardo Coutinho é uma pessoa de difícil acesso. Até hoje, nenhum prefeito e nem eu foi recebido em Palácio. Infelizmente só tive acesso com ele uma única vez. Ele tem uma forma desrespeitosa, desleal e de incorreções e o que é que nós temos que fazer – ser tolerante. Cada um tem a sua maneira de agir, cada um tem a sua individualidade”, relatou.

Magoado com os recentes acontecimentos, Janduhy ainda insinuou que o governador não sabe agradecer. “Ele não conseguiu colocar na sua alma o sentimento de gratidão e lealdade”, disse.

CARGOS

Sobre os cargos no Governo do Estado, Janduhy mandou o recado: “Podem exonerar todos, pois a minha honra está acima disso. Indagado sobre quantos cargos o parlamentar teria perdido após a picuinha, Janduhy não soube responder.

“Não vou olhar o Diário Oficial do Estado para acompanhar isso. O fato é que todas as pessoas que votaram nele é que foram demitidas”, finalizou.

OPINIÃO DO BLOG - A informação é que outros deputados podem romper também a qualquer momento. Isso prova o que Gilvan Freire profetizou. "Governo" de um só mandato. Ou pode extinguir-se antes do tempo.

POSTADO POR GENILDO ALVES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário