14 de junho de 2011

Triste de um estado que tem um mal governo e uma péssima oposição

 
 
Postado por Genildo Alves.
 
 
Esse não é um texto pra torcedores, aliados ou simpatizantes. Se você for um deles, deixe de lê-lo. Esse é um pequeno texto pra quem gostaria, independentemente de cor partidária, ver uma Paraíba melhor, crescendo, disponibilizando oportunidades de boa vida pra todos que por ela passam e nela moram.
 
Tudo bem. Concordo plenamente que o governo Ricardo Coutinho ainda não deu as respostas que a Paraíba precisa. E que, em alguns casos, adota postura que poderia ser evitada.
 
Mas quem “colabora” para que o governo tenha ainda mais dificuldades é tão culpado quanto aqueles que o gerem aquém das expectativas.
 
A oposição na Assembleia Legislativa deu outra demonstração disso na sessão de hoje. Resolveu desaparecer para não votar, a favor ou contrariamente, aos projetos que nela se acumulam.
 
O governo colocou 18 deputados, o que não foi suficiente pra aprovação de matérias específicas. A oposição apenas Frei Anastácio (PT), que só esteve na sessão pra dizer que não havia quorum pra votação. Da garagem, do submundo da mediocridade ou de qualquer lugar do planeta, os oposicionistas, que decidiram obstruir a pauta de votação, comemoraram mais um dia de sem votação na Assembleia.
 
Não votaram projeto que garante mais R$ 5 milhões para o Empreender Paraíba.
 
Sinceramente, é triste constatar que as brigas políticas vão continuar enterrando a nossa velha e pobre Paraíba.
 
E, com ela, nossas esperanças de sairmos do buraco negro que nossa classe política escolheu viver.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário