7 de junho de 2011

Professora que virou heroína da classe por criticar situação da educação do Brasil estará em Bayeux


A professora do Rio Grande do Norte, Amanda Gurgel, que virou heroína da causa da classe em todo Brasil por criticar a situação da educação no país, em um vídeo postado no You Tube, onde participa de audiência pública na Assembleia Legislativa do RN, estará na próxima quinta-feira (09), às 15h, no Auditório da Escola Estadual Irineu Pinto, na cidade de Bayeux,  em um debate promovido pelo SINTRAMB e CSP Conlutas.
Em seu depoimento, a professora fez um resumo preciso sobre o quadro da educação no Brasil apresentando seu contracheque de R$ 930 reais. Ela disparou: "Como as pessoas até agora, inclusive a secretária Bethania Ramalho, apresentaram números, e números são irrefutáveis, eu também vou fazê-lo. Apresento um número de três algarismos apenas, que é o do meu salário, de R$ 930".
Já em outro trecho do depoimento, Amanda Gurgel diz que "os deputados deveriam estar todos constrangidos com a educação no estado do Rio Grande do Norte e no Brasil. Não aguentamos mais a fala de vocês pedindo para ter calma. Entra governo, sai governo, e nada muda. Precisamos que algo seja feito pelo estado e pelo Brasil. O que nós queremos agora é objetividade".
Segundo Antônio Radical, do SINTRAMB, a articulação para participação de Amanda no debate foi feita durante o final de semana quando esteve presente em evento da Central Sindical Popular, em São Paulo.
“Convidamos não só o magistério, mas a sociedade em geral para este debate da próxima quinta-feira (09) onde vamos discutir sobre a educação pública de qualidade”, afirmou.


Por Tiago Nunes com Bayeux em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário