7 de junho de 2011

Pai fica famoso por usar fantasias ao se despedir do filho


 Dale Price se fantasia todos os dias na hora de se despedir do filho Rain, de 15 anos | Foto: Reprodução Internet


Pai fica famoso por usar fantasias ao se despedir do filho na hora de ir à escola


Salt Lake City (EUA) - O adolescente Rain Price tem de lidar com um 'pequeno' constrangimento todos os dias. Quando pega o ônibus para ir à escola, na porta de casa, seu pai resolve vestir uma fantasia e acenar, com uma despedida fora do comum. Princesa Lea, Pequena Sereia e Chapeuzinho Vermelho já foram alguns dos personagens incorporados pelo excêntrico Dale Price, da cidade de Fork, Salt Lake City, nos Estados Unidos, conta o jornal local Daily Herald.

A história - que ficou famosa e já virou notícia em inúmeros jornais do mundo - começou quando Dale e sua esposa, Rochele, acharam que seria divertido se fantasiar e "dar um tchau" para o filho de 15 anos, enquanto ele embarcava no ônibus do colégio em seu primeiro dia do ano letivo.
Foto: Reprodução
A história ficou conhecida e já virou notícia em inúmeros jornais do mundo | Foto: Reprodução Internet


"No dia seguinte, ouvi meu filho pedindo à minha esposa: 'mãe, não deixe que o meu pai vá lá de novo'. Isso se tornou um desafio para mim", contou Dale, se divertindo com a história.

Nos próximos 179 dias letivos, o americano se despediu do filho vestindo as mais diversas fantasias, de Elvis Presley, passando por noiva, até Batgirl. O pai chegou, um dia, a colocar um vaso sanitário na porta de casa, onde sentou e fingiu estar fazendo as necessidades enquanto lia o jornal e o filho pegava o ônibus.

Rain diz que apesar da vergonha inicial, hoje já se acostumou com o jeito incomum de despedida do pai. "Nos últimos meses isso chegou a se tornar uma diversão mesmo", contou ao jornal local. "Às vezes, o próprio motorista do ônibus diz: 'aproveite o show!'. A maioria dos que pegam o mesmo ônibus que eu aprendeu a realmente aproveitar antes que pudesse", contou.

Da redação por Tiago Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário