14 de junho de 2011

Governo recorre de decisão, mas garante nomear concursados da Civil até setembro

 Postado por Genildo Alves.
 
O governo Ricardo Coutinho (PSB) tinha até a última quarta-feira para nomear todos os 424 aprovados no concurso da Polícia Civil, conforme estabelecia decisão judicial. Não o fez e ainda recorreu da sentença. Em contrapartida, pra evitar desgaste ainda maior junto aos concursados, que enfrenta via crucis desde o governo passado, anunciou hoje que está elaborando uma tabela pra garantir a nomeação de todos os concursados entres os meses de julho e setembro.
 
“O desejo do Governo é contratar todos os concursados que foram aprovados e classificados, mas isso só poderá ocorrer quando o Estado conseguir equilibrar sua receita”, comentou a secretária interina de Administração e procuradora-geral do Estado, Livânia Farias, ao informar que o restante dos 424 concluintes do curso preparatório que ainda não foram convocados serão nomeados em duas etapas, uma em julho e outra em agosto, de acordo com a disponibilidade de receita do Estado.
 
Para os concursados, muitos deles pais de família, cada mês é uma eternidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário