31 de maio de 2011

Marcos Mion e TV Record são acusados de homofobia, diz jornal


De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, o apresentador Marcos Mion e a TV Record estão sendo processados por homofobia. Grupos do movimento gay reclamaram dos comentários feitos por ele sobre a drag queen Nany People durante o programa Legendários.
Mion disse que ela "tem surpresinha" e perguntou "o que ela faz com o pacote" na hora do banho. O apresentador disse à coluna que o caso está sob os cuidados do departamento jurídico da Record e que a emissora afirma que houve "exercício da liberdade de expressão" e que "não feriu ninguém".

por Genildo Alves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário