26 de maio de 2011

‘Kit Contra a Homofobia’ será discutido pela Câmara de JP em sessão especial

Na manhã da quarta-feira (25), durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o vereador Benílton Lucena (PT) encaminhou à mesa diretora um requerimento solicitando uma sessão especial, com data a ser agendada, para discutir o “kit” do governo federal que trata sobre educação e orientação contra a homofobia.

O ‘Kit Contra a Homofobia’ é como ficou conhecido o material didático do projeto ‘Escola Sem Homofobia’, da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, do Ministério da Educação e Cultura (MEC).

O material inclui dois vídeos e um guia de orientação para os professores, ao se constatar que as escolas brasileiras são ambientes hostis para os homossexuais. O kit não é de acesso direto aos alunos e, ao contrário do que se vem polemizando, será disponibilizado por meio dos professores para alunos do ensino médio, com idades de 15 a 17 anos.

Os alunos assistirão aos documentários em sala de aula e farão atividades que visam combater a homofobia e o bullying contra homossexuais. A previsão inicial seria que cerca de seis mil escolas recebam o kit educativo desenvolvido pelo Ministério da Educação.

A vereadora Sandra Marrocos (PSB) requereu a criação de uma comissão para discutir o ‘Plano Municipal para o Movimento LGBT’ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Na mesma sessão, Sandra ainda solicitou ao governo do estado a reforma do Teatro Cilaio Ribeiro localizado no centro da cidade.

Na sessão, os seguintes vereadores também encaminharam requerimentos tratando, em sua grande maioria, sobre obras de infraestrutura para cidade: Durval Ferreira (PP) e Zezinho Botafogo (PSB), 11 cada um; Felipe Leitão (PRP), seis; Tavinho Santos (PTB), Raíssa Lacerda (DEM), Raoni Mendes (PDT) e Sérgio da Sac (PRP), três cada; e Fernado Milanez (PMDB), um.



Paraíba On Line

Nenhum comentário:

Postar um comentário