25 de maio de 2011

Governo e prefeitura de JP apresentam propostas do PAC da Mobilidade Urbana

 
Foto: Secom/PB

O Governo do Estado e a prefeitura de João Pessoa apresentaram na manhã desta quarta-feira (25), no Ministério das Cidades, os projetos inscritos dentro do PAC da Mobilidade da Grandes cidades. A apresentação da proposta foi feita pelo superintendente da STTrans, Nilton Pereira, e pelo secretário executivo do PAC na Paraíba, Ricardo Barbosa, e contou com a participação do governador Ricardo Coutinho e do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra. 

Os projetos representam um investimento de R$ 295 milhões, que pretendem melhorar a mobilidade urbana nos municípios de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita e Cabedelo. Caberá ao Governo do Estado transformar em Veículo Leve sobre Trilho (VLT) a linha férrea que liga Santa Rita a Cabedelo recuperando o trecho de 28 km de ciclovias ao longo do percurso. O projeto prevê ainda a criação de estacionamentos ao longo dos terminais de passageiros. O valor do projeto é de R$ 128,8 milhões. 

A Prefeitura de João Pessoa ficará responsável pela criação de faixas exclusivas para ônibus articulados, com alargamento dos principais corredores de João Pessoa e inclusão de linhas exclusivas de Bus Rapide Transit (BRT) nas avenidas Epitácio Pessoa, Cruz das Armas e Pedro II, além de um terminal de integração de transportes urbanos nas proximidades do Terminal Rodoviário, no Varadouro, onde os ônibus convergiriam para uma estação de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). O projeto no valor de R$ 166, 5 milhões contempla, ainda, a construção de um viaduto sobre a BR-230 no Ernesto Geisel ligando o bairro ao corredor da 2 de Fevereiro, no Cristo Redentor. Dois outros viadutos menores ligariam Intermares e Cabedelo com objetivo de ligar as áreas separadas pela BR-230. 

A coordenadora do PAC da Mobilidade, Sônia Gomede, informou que a seleção das propostas encaminhadas pelos governos e municípios foi adiada para o final do mês de agosto. Sônia registrou que a proposta da Paraíba tem muita consistência técnica e foi bem avaliada pela equipe técnica. 

O governador Ricardo Coutinho afirmou que os projetos da Paraíba foram bem articulados, sem disputa entre prefeitura e o Estado, o que é essencial para resolver problemas históricos no transporte e no trânsito de João Pessoa. “A proposta avança com a substituição dos trens velhos pelo VLT e integrá-los com o transporte urbano, que ganhará ônibus integrados com vias exclusivas e terminais de integração. Num benefício de mais de 927 mil passageiros que usam diariamente ônibus”. 


 
Foto: Secom/PB

O prefeito Luciano Agra ressaltou que os projetos possibilitarão resolver problemas do transporte público da Capital com propostas que integram o sistema de ônibus de João Pessoa e da região metropolitana com o sistema ferroviário. “Estamos confiantes que esses recursos cheguem à Paraíba para que possamos construir o futuro de João Pessoa e das cidades da região metropolitana. Teremos na Capital uma verdadeira revolução dos transportes”. 

Agra acrescentou que, enquanto isso, a prefeitura está preparando a cidade com recursos próprios com o alargamento e preparação de vias de acordo com o plano apresentado ao Ministério das Cidades. Para o secretário executivo do PAC, as propostas do Governo do Estado e da prefeitura se integram, o que facilita bastante a seleção dos projetos até o mês de agosto. 

Nilton Pereira destacou que os projetos encaminhados ao Ministério das Cidades priorizarão o transporte público em detrimento do privado, oferecendo um deslocamento ágil e compatível com a renda das populações beneficiadas. Em sua explanação ele detalhou as intervenções na Avenida Cruz das Armas, que beneficiará diretamente 93,7 mil pessoas que utilizam o transporte urbano por dia. 

A Avenida Cruz das Armas será duplicada numa faixa de 1,2 Km e ganhará linhas especiais para BRT, um terminal de integração, canteiro central e plataforma com piso elevado. A prefeitura estará asfaltando e alargando as vias paralelas como alternativa para os automóveis circularem. O corredor das avenidas Pedro II, 2 de Fevereiro e Epitácio Pessoa também passarão por mudanças semelhantes à Cruz das Amas melhorando o fluxo dos ônibus nesses que são os principais corredores da Capital.



Fonte: Paraíba On Line

Nenhum comentário:

Postar um comentário