11 de abril de 2011

Maranhão rejeita presidência da EMBRATUR e ‘novela’ da nomeação deve se arrastar até maio

A coluna política do Jornal O GLOBO jogou um balde de água fria na perspectiva de nomeação do ex-governador José Maranhão (PMDB). O colunista Ilimar Franco revelou que José Maranhão rejeitou a presidente da EMBRATUR.

Ainda de acordo com a coluna, as nomeações do segundo escalão só devem ocorrer no mês de maio. O motivo? A viagem da presidente Dilma Rousseff à China.

Nervos de aço

● As nomeações para o segundo escalão do governo federal que não foram resolvidas até agora vão ficar para maio. O adiamento deve-se à viagem da presidente Dilma para a China e à Semana Santa. Na lista está Orlando Pessutti (PMDB).

Embratur na mesa

● O governo ofereceu ao ex-governador José Maranhão (PMDB) a presidência da Embratur, mas ele não aceitou. Agora o PMDB diz que o cargo é seu. O atual presidente, Mário Moysés (PT), deve ir para a Autoridade Pública Olímpica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário