6 de abril de 2011

Jovem de 16 anos é morta em crime homofóbico em Goiás, diz delegado


O corpo da adolescente Adriele Camacho de Almeida, 16 anos, foi encontrado por policiais militares e civis em uma fazenda em Itarumã (GO), na tarde da última terça-feira (5). Ela estava desaparecida desde 13 de março, quando foi vista pela última vez com o ex-namorado, um rapaz de 17 anos, suspeito do crime. O pai dele, um agricultor de 36 anos, está preso por também ser suspeito do homicídio.
Segundo o delegado Samer Agi, responsável pelo inquérito policial, a menina foi morta com um golpe de faca no pescoço e no peito. "A vítima teve um breve relacionamento com um menino de 17, que foi internado em uma cela específica para adolescente infrator. Acontece que a vítima se apaixonou pela irmã do suspeito, de 16 anos, com quem passou a namorar. O relacionamento homossexual durou cerca de um ano, contrariando a família do rapaz. Trata-se de um crime homofóbico."

Fonte:  g1.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário