8 de abril de 2011

Estudantes reivindicam medidas de segurança no trânsito da avenida Brasília


 
Pneus queimados interrompendo a passagem dos carros, faixas de protesto e gritos pedindo justiça. Foi dessa forma que estudantes da Escola Normal interditaram nesta sexta-feira (8) um trecho da avenida Brasília, no bairro do Catolé, em Campina Grande, reivindicando medidas de segurança para coibir os acidentes de trânsito no local.

Nos últimos três meses, dois graves acidentes aconteceram naquela via, inclusive vitimando fatalmente um motociclista que foi atingido por um caminhão na sexta-feira passada.

- Uma criança foi atropelada há três meses nessa faixa aqui – relatou a estudante Rose Marrie, em entrevista à TV Paraíba, referindo-se à faixa de pedestre localizada na frente da escola, no sentido centro/shopping.

A comunidade do bairro e os estudantes querem a implantação de lombadas ou semáforos para que os veículos reduzam a velocidade e as pessoas possam atravessar a rua tranquilas, fazendo uso da faixa de pedestre.


Durante o protesto, um carro avançou a barreira formada pelos manifestantes e quase atingiu uma aluna.
O superintendente de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande, Salomão Augusto, esteve presente no local.

- A STTP fará duas lombadas, em medida de prevenção, para proteger a escola e toda a avenida Brasília – garantiu Salomão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário