4 de abril de 2011

Diretório estadual do PTN é destituído por nova diretoria nacional


Agora é oficial. Com a posse definitiva do Presidente da Nacional do PTN Enéas Camargo Neves, o então presidente José Masci de Abreu deixa a presidência e entrega o cargo depois de uma longa batalha travada na justiça.

Na Paraíba, o presidente estadual da legenda, Fábio Agra Medeiros, secretário executivo de recursos hídricos do Estado, foi destituído do posto, a informação é do novo secretário nacional do PTN, José Damião Damasceno, que deve vir à Paraíba este mês, para definir os novos rumos do Partido.

Damasceno afirmou que haverá mudanças em quase todos os diretórios e que antes de decidir algo junto à nacional, vai querer se reunir com os deputados do partido, bem como as executivas municipais para traçar os novos rumos do PTN no Estado.

Entenda o Caso

Em 2010 O juiz da 4ª Vara Cível de Brasília declarou válida a assunção de Enéas Camargo Neves ao cargo de presidente do Partido Trabalhista Nacional - PTN, que desde a morte do antigo presidente Dorival Masci de Abreu, em 2004, sofre embates judiciais para definir quem deve presidi-lo. Em ação anulatória movida por Jorge Sanfins Esch, o magistrado reconheceu a ilegitimidade de José Masci de Abreu para permanecer na presidência, ocupada segundo a sentença, de forma fraudulenta e eivada de má fé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário